Abrir menu principal

Desciclopédia β

Presidente Nereu

Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Nereu é presidente de quem? Só se ele for presidente de Lost! Cquote2.png

Presidente Nereu é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina, que homenageia um certo presidente do Brasil corrupto que existia aqui em Santa Catarina.

A sua história

 
O único presidente catarinense, não era "Nereuense" e não fez p**** nenhuma no pouco tempo que ficou.

A segunda metade da década de 1920 marca o início da História de Presidente FDP, o Nereu. Os primeiros moradores foram caçadores oriundos de São Pedro de Alcântara, caçando entre os bichos: onças, veados e até viados. Nesta mesma época, José da Costa Miranda demarcou a colônia agrícola de Edelberto Brasilides de Oliveira e, em 1928, após muito quebra-pau na camara dos deputados, Antônio Fernando Joenck fixou-se na região, sendo considerado oficialmente o primeiro morador, ou não.

Na década de 1930, mais de 10 famílias de imigrantes italianos e alemães formavam a comunidade, que pertencia a Brusque em busca de um lugar para morar sem que sejam pertubados com impostos e outros tributos, o que fez com que esses imigrantes se ferrassem no final.

A colônia teve diversos nomes: Vila D’Alva, Gaspar, Brusque Nova, Santa Rita, Boa Esperança e Naufrágio, este último para lembrar o naufrágio de um barco com imigrantes que afundou no Rio Itajaí-Mirim – felizmente todos se salvaram. Mais tarde foi criado o distrito de Nilo Peçanha, pertencente a Vidal Ramos.

Mas logo o nome mudou novamente, dessa vez para Itaquá, que em tupi-guarani significa “local pedregoso”. Quando o município foi criado, em 30 de dezembro de 1961, finalmente recebeu o nome atual – uma homenagem a Nereu Ramos, o único Presidente da República nascido em Santa Catarina, apesar dele ser um péssimo presidente e corrupto, como os demais presidentes aqui no Brasil.

A sua economia

O município vive basicamente da agropecuária, com destaque para o cultivo de fumo, feijão, cebola e milho, além também da maconha, muita maconha para vendas internas em morros e nas partes escuras na cidade. Há criação de gado de corte e de leite, e de suínos, maltratando aqueles bichinhos coitados. A primeira atividade econômica foi a exploração da madeira-de-lei, mas as grandes madeireiras abandonaram a região depois de devastar as matas, sendo forçados a procurar um outro local cheio de árvores para poder devastar mais no que foi feito em Presidente Nereu.