Radiohead

264939.jpg ATENÇÃO:
Simplesmente estamos cagando e andando para quem não gostar do conteúdo deste artigo e, por conseguinte, das opiniões e sugestões dos mesmos. We just couldn't care less.
Esse artigo tem a bênção do deus Hypnos!

Isso significa que ele fala sobre algo que dá muito sono. Vandalize e você será colocado para dormir eternamente.

06-hypnos.jpg
Radiohead
Origens estilísticas: Pink Floyd,Douglas Adams,Dadaísmo
Contexto cultural: Azerbaijão, Hell
Instrumentos típicos: antidepressivos, ausencia de beleza exterior
Popularidade: Emo, Indie, Indiepop
Formas derivadas: Indie, Emo, Muse, Calypso

Cquote1.svg Você quis dizer: Rei de Orrede Cquote2.svg
Google sobre Radiohead
Cquote1.svg Você quis dizer: Muse Cquote2.svg
Google sobre Radiohead
Cquote1.svg Você quis dizer: Dadaísmo Cquote2.svg
Google sobre Radiohead
Cquote1.svg O som deles é pesado! Cquote2.svg
Pedro Bial sobre Radiohead
Cquote1.svg Thom Yorke tinha um caso com o Morrissey, e dava pra ele porque podia, mas agora o lance dele é com Peter Muprhy, vocalista da dinossáurica, e igualmente extinta banda Bauhaus...E continua dando para um ícone gótico PORQUE ELE PODE. Cquote2.svg
Chrissie Hynde sobre Thom Yorke
Cquote1.svg Eu nunca vi tanto cachorro-quente de milho em toda a minha vida! Cquote2.svg
Stan Ridgway confundindo Radiohead com Korn por culpa de Creep
Cquote1.svg Eu me sinto gótico por dentro... s2 Cquote2.svg
Thom Yorke sobre seu caso com Peter Murphy
Cquote1.svg Pop e comercial Cquote2.svg
Muse sobre Radiohead
Cquote1.svg Eu sou monovo! Cquote2.svg
Adam Duritz confundindo Thom Yorke com o seu psicólogo
Cquote1.svg Toca Raul! Cquote2.svg
paga-pau que não sabe nada no show do Radiohead
Cquote1.svg Agora você ouve Reidio-Redi! Cquote2.svg
Locutor de rádio com uma péssima pronúncia em inglês sobre Radiohead
Cquote1.svg Ai, eles esnobaram a miley, aff! Cquote2.svg
Guria Retardada sobre Radiohead
Cquote1.svg Eles são mercenários! Cquote2.svg
Fã de Nine Inch Nails sobre Radiohead
Cquote1.svg Esses jovens da pesada, cansados de altas confusões mentais do barulho, vão embarcar numa aventura experimental que é pura depressão Diversão! Cquote2.svg
Narrador da Sessão da Tarde sobre Radiohead
Cquote1.svg Putz, cheguei atrasado pro velório!! Cquote2.svg
Padre sobre Radiohead
Cquote1.svg É muito chato, mas pago pau. Cquote2.svg
Indie sobre Radiohead
Cquote1.svg ixi, chamem uma ambulância que esse moço feio tá tendo um derrame Cquote2.svg
Carla Perez sobre Thom Yorke
Cquote1.svg Só tem gente feia nessa banda, meu amor Cquote2.svg
Clodovil Hernandes sobre Radiohead
Cquote1.svg Vocês trairam o movimento da boa estética, véio! Cquote2.svg
Dado Dolabella sobre Radiohead
Cquote1.svg Puta que pariu, eu ainda não morri, seus filhos da puta, por que vocês tão tocando música de enterro, caralho? Cquote2.svg
Dercy Gonçalves sobre Radiohead
Cquote1.svg Parece Dadaísmo! Cquote2.svg
Guria retardada sobre Radiohead
Cquote1.svg 5 reau pra fazê caridade Cquote2.svg
Velhinho que Comeu e Não Pagou sobre Download do álbum In Rainbows
Cquote1.svg Thom Yorke é lindo! Cquote2.svg
Jonny Greenwood sobre Thom Yorke
Cquote1.svg Toca a música do supermercado! Cquote2.svg
Anna Julia sobre pedir Fake Plastic Trees
Cquote1.svg Na União Soviética, Dadaísmo parece VOCÊ!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Radiohead
Cquote1.svg Eles imitaram o Radiohead! Cquote2.svg
Capitão Óbvio sobre Coldplay
Cquote1.svg Ah sim, fica perto de Feira de Santana! Cquote2.svg
Jô Soares sobre falando pro Bira sobre o Radiohead
Cquote1.svg De Graça? É MENTIRAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!! Cquote2.svg
Sr. Donizildo sobre download do álbum In Rainbows
Cquote1.svg Credo, a música deste elevador é muito sem graça! Cquote2.svg
Ser Humano normal sobre Sail to the Moon
Cquote1.svg ki fOfuxXxU Cquote2.svg
poser sobre o cabelo de jonny greenwood

Antidepressivos também causam efeitos colaterais.

História

Radiohead, do Inglês "Radio-cabeça" é uma banda precursora do estilo Rock Alternativo (e quem sabe dizer que droga é essa, afinal?!), surgiu da descendência de seres vindos da Terra Média, parentes de Smeagol, que foram exilados para a Inglaterra. Revoltados com a falta do estoque de antidepressivos do hospício em que residiam, Thom Yorke e seus companheiros, decidiram idealizar uma banda para arrecadar dinheiro para comprarem seus próprios e essenciais rémedios antidepressivos.

 
Thom Yorke tentando parecer Kurt Cobain... Idêntico, não?!

Nos primeiros anos a banda não conseguiu nenhuma esmola tocando em praças e Pubs da Inglaterra, mas após partirem rumo aos Estados Unidos fizeram sucesso, tocando a música "Craap" repetidas vezes. Então Ingleses como Tony Blair, que adoram pagar-pau dos Americanos, passaram a escutar Radiohead também, mais por ter confundido com Nirvana - que realmente era produto Estadunidense - do que por qualquer outro motivo em especial.

Esse sucesso poderia vir a ser atribuído à capacidade da banda. O que é absolutamente ridículo, já que, em vez de produzirem, sempre iniciavam choradeiras grupais regadas a leite em estúdio, discutindo suas "relações ruins" com os colegas de escola, suas "relações ruins" com os colegas de rua, suas "relações ruins" com os pais, suas "ralações ruins" com suas namoradas(ops, namorados), suas "relações ruins" com a própria banda, "relações ruins" consigo mesmo e relações ruins com coisas que nem sequer existem, mas que, se existissem, provavelmente teriam as tais relações ruins. Sendo assim, pediram a ajuda de uma velha Amiga.

Trajetória

 
Thom Yorke fazendo seu trabalho de aula do primário.

Estourada a música "Craap", do álbum Pablo Honey (na tradução, "Doce Pablo". Em homenagem a um antigo amor platônico de Yorke), a banda conseguiu dinheiro finalmente para o seu próprio estoque de antidepressivos, aos quais adiquiriram resistência tempos depois. Continuavam cada vez mais deprimidos.

Dessa forma decidiram, só de sacanagem, contaminar todo o mundo com suas ondas deprimentes através da música, mas não sem antes lançar a música "Pop Is Dead", que logo recebeu o Grammy de música mais escrota em língua estrangeira (músicas brasileiras e indianas não contam).

Lançaram então o Album, The Bends, com faixas com mensagens subliminares, destaque para a Música do Supermercado Fake Plastic Trees. Que causou um estrago no mundo da música, de repente tornando moda fazer música com letra neuro-depressiva experimental, sendo copiado por bandas como Muse, Dadaísmo, Loser Manos, Travis, Simple Plan, Calypso e outras.

Sem perder tempo lançaram o álbum OK Computer, aclamado pela crítica, que somente após cheirar a quarta carreirinha de gatinhos, parece audível. Neste álbum é importante destacar a faixa "Fitter Happier" em que Thom Yorke canta com o microfone enfiado na gargante em (mais) uma tentativa de suicídio, dos ouvintes.

Depois do sucesso consagrado, Thom Yorke frequentemente fica assustado com sua propria imagem na TV, e decide fazer álbuns que uma pessoa em estado normal não conseguiria ouvir. Como o Kid A, que não vendeu Porra Nenhuma, bem como o Amnesiac, o Hail to the Thief e o In Rainbows agora. Disco este que, aliás, já nasceu com a fama de ser um dos mais miguxos e nerd da história, a começar pelo nome...

Discografia

O Radiohead possui uma discografia diversificada que vai do emo (idiotismo chorão) até o período mais I-Doser e sacana (inteligência racker capaz de arrancar dinheiro de fãs viciados).

  • Pablo Honey de 1993 (Doce Pablo, na versão nacional), momento mais declaradamente emo/barulhento da banda.
  • The Bends de 1995 (As Banda, na versão nacional), famosa disputa com as bandinhas britpops chatas da época.
  • OK Computer de 1997 (O Que Compiuter!?, tradução caipira internacional), nesse acidente musical, o desentendimento com o mundo informatizado gera fama e dinheiro para a banda.
  • Kid A de 19XX (Garoto nota A), começa com a música do nascimento de um bebê e termina... já terminou ?
  • Amnesiac de... não importa, faça como qualquer ser humano normal e esqueça que essa época existiu. O nome é justamente o efeito que o Radiohead espera dos fãs, tenham uma amnésia sobre tal álbum.
  • Hail To The Teeth de 2003 (Saudação aos Dentes, na versão nacional), simples repeteco de tudo que a banda já fez. Que reflete um episódio de Yorke indo ao dentista e escutando "escovando repetidamente, chega-se a perfeição bucal"... Ignorou "escovando" e "bucal" e num outro processo criativo duvidoso, transferiu a mensagem para a... é... sua... "arte", como diz...
  • In Rainbows de 2007 (Em-Rabou, na versão "pode-pagar-pelo-download-de-baixa-qualidade" internacional) Onde alguém, não necessariamente de dentro do grupo, deixa de ser Newbie e decide mostrar meios de o Radiohead meter a mão no bolso de fãs tolos, viciados em suas sonoridade esquisita. O álbum foi patrocinado pelas Casas Bahia, com seu antigo slogan "quer pagar quanto?", e o álbum foi tão tosco que acabou sendo zoado por todo mundo, como pelo ultradepressivo Trentão do Nine Inch Nails que xingou mas fez a mesma merda. O Velhinho que Comeu e Não Pagou também fez o download do álbum e pagou "5 reau pra fazê caridade".

Sucesso?

Mesmo com toda pagapauzisse imposta pela gravadora aos fãs da Banda, até hoje quando alguém ouve uma música do radiohead diz: "Parece Dadaísmo"

Curiosidade

  • Thom Yorke participou de vários filmes de terror e não precisou de usar máscaras ou efeitos especiais.

Resumo da Obra

O Radiohead começou fazendo muito sucesso dentre as pessoas mentalmente mortas, os zumbis. Teve uma trajetória descendente desde seu primeiro álbum, tanto que o último você nem precisa pagar oficialmente, pois a banda viu que ninguém compraria e apelou para a empurroterapia goela a baixo. Com a queda progressiva, nem os zumbis agora escutam Radiohead e estão migrando para algo mais psicótico como, por exemplo, Dadaísmo.

  Conheça também a versão oposta de Radiohead no Mundo do Contra:

 

Pessoas que ouvem Radiohead

Ligações externas