Abrir menu principal

Desciclopédia β

Raio globular

(Redirecionado de Raio-bola)
Chuteira DIUF!.jpg Este artigo é relacionado à física.

Considere as forças de atrito desprezíveis.


Cometinha.jpg Este é mais um artigo com pretensão pseudo-científica, portanto, seu autor é um desocupado mentiroso que não diz coisa com coisa.


Raios globulares são formações esféricas luminosas brilhantes, causados por descargas de privadas elétricas (também conhecido como Genki-Dama). Esse fenômeno é causado por obesidade estática dos raios, que, quando comem demasiadamente, viram bolinhas redondas, ou seja, um o.

Como se formamEditar

Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Raio globular.

O fenômeno do raio globular ocorre em locais onde os pólos negativos e positivos costumam se empanturrar de comida, causando uma energização rolha-de-poço.

 
Um raio bola vindo em sua direção

Quando esses polos se ionizam, o campo eletromagnético de tais polos se expande absurdamente, fundindo os polos e criando uma grande bolinha de energia. Essa bola de energia se desprende da atmosfera e vai procurar algum lugar onde tenha um McDonalds. A partir desse momento, o cinto dessas bolas arrebenta, causando um estufamento. Esse estufamento faz a bola esfomeada se transformar em um raio globular, ou raio-bola, como é conhecido em algumas regiões.

OcorrênciasEditar

Raios globulares são comumente vistos no céu e são confundidos com OVNIs, fantasmas ou grandes espermatozóides, pois alguns raios globulares possuem um rabinho. As cores dos raios globulares variam do amarelo-claro ao amarelo-escuro.

 
É um espírito? Um raio bola? Não, é apenas um espermatozóide

A primeira ocorrência registrada de um raio globular aconteceu há 999999999999 anos atrás, quando um homem primitivo viu um desses no espaço e teve uma grande ideia - inventar a roda. Milhares de anos depois, um italiano avistou um desses no céu, e teve a brilhante ideia de inventar a pizza. Muitos anos depois, já nos tempos atuais, um presidente barbudo avistou um desses e teve a ideia de colocar seu dedo mínimo nele, onde perdeu o dedo, comprovando que esses raios possuem grande poder de ataque. Alguns raios globulares são antisociais, e não gostam que lhe toquem. Encostar em um desses raios nervosinhos pode causar uma bela queimadura ou descarregar um grande choque elétrico. Mas se o raio-bola for calminho, ele vai deixar você brincar com ele.

Ver tambémEditar