Abrir menu principal

Desciclopédia β

Rampage

Virtualgame.jpg Rampage é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um narrador grita FORTEBOOMBA!!!!.

PhotoJacksonMichaelThriller1.JPG Este artigo só pode ser coisa de MONSTROS!

Estrague este artigo que eles vão avançar e te comer! Nos dois sentidos!
Para não despertar a fúria deles, melhore este artigo, tá?

AGORA CORRE!!!


Virtualgame.jpg Rampage é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um narrador grita FORTEBOOMBA!!!!.

Rampa Age
Rampage-world-tour-n64.jpg
A capa do jogo. World Tour, o passeio mais chato pelo mundo.
Gênero ação/
Desenvolvedor Pipeworks Software
Publicador Midway Games
Plataforma de origem Master System
Primeiro lançamento Rampage (1986)
Último lançamento Rampage: Total Destruction (2006)

Cquote1.png Você quis dizer: Destruição sem fim. Cquote2.png
Google sobre Rampage
Cquote1.png Adoro! Cquote2.png
Pivetinho do fliperama sobre Rampage
Cquote1.png Puta que pariu! Que jogo chato! Cquote2.png
Jogador de GTA sobre Rampage
Cquote1.png Não aguento mais jogar isso! Cquote2.png
Uma pessoa normal sobre as 666 fases de Rampage

Rampage é uma série daquele tipo de jogo que começa legal e vai ficando cada vez mais chato, quanto mais você avança. Provavelmente, as pessoas que jogaram Rampage até o fim, foram internadas em hospicios. O que torna o jogo tão chato, você pergunta. Experimenta destruir a mesma cidade 666 vezes, o tempo todo subindo em prédios, amassando pessoas, chutando carros do exército, e da polícia... Enfim, você entendeu. Mesmo jogando no arcade, tenha certeza que jogou suas fichinhas fora! Nem a professora no jogo para salvar! Mas se você é muito desesperado, você vai gostar dela. No jogo você encontra três personagens (se usar trapaças, você acha mais): Donkey Kong após cherar 5 kilos de Crack, o filho rejeitado do Godzilla e Ralf, o lobo azul.

Índice

Acontecimentos em cada faseEditar

 
Cidade número 24 ...Ou seria a cidade número 42?

Os acontecimentos são sempre os mesmos, portanto, se eu contar um, conto todos. É igual jogar Duck Hunt, você sempre sabe o que te espera. Provavelmente, você vai se deparar com uma casa (se for uma cidade menos conhecida), ou prédio (se for uma cidade grande e relevante, daquelas que já aconteceu um monte de desgraças) ou Museu (se for uma cidade grande, porém sem desgraças no histórico). Seu objetivo é destruir tudo, mas você pode usar tanques de guerra ou aviões para destruir, mas por um tempo limitado, para diminuir mais ainda a graça do jogo. Fatos engraçados também acontecem em Rampage, quando você chuta as pessoas, elas viram geléia e logo depois desaparem misteriosamente, fans dizem que existe uma fábrica de geléia em alguma parte do jogo, provavelmente em algum bônus ainda não descoberto.

Na época do Merda Master SystemEditar

 
Os gráficos do primeiro jogo eram uma MARAVILHA!!!

Nessa época, ainda era repetitivo e chato, mas a diferença é que mostrava a história dos monstros, George (atualmente o Donkey Kong drogado), Lizzie (filhote do Godzilla), e Ralf (ou Ralph se você for viado fresco, o lobo azul). O jogo era um pouco mais difícil, além de ter que olhar para aqueles gráficos horrosos, o jogo possuia 768 fases, quase impossível de zerar, só se você for muito virgem sem o que fazer, desocupado.

Rampage na era dos jogos modernosEditar

 
Revoltados com a falta de sucesso dos dois primeiros, criam o Rampage 2. Universal Tour, o passeio mais chato pelo universo. Destruiram tantos lugares no mundo que foram mandados para o universo. Eu tenho medo do que poderia vir depois disso!

Pelo jogo ter sido um tremendo sucesso em vendas (pois quem não gosta de ficar destruindo tudo o que tiver em seu caminho), o jogo então começou a passar para ports grandes de games, como a Nintendo 64, o PlayStation e para o Sega Saturn. Iniciando com o Rampage World Tour, onde agora não era mais destruir os Estados Unidos apenas, como podes também destruir a Argentina, o Brasil (para o nosso desgosto), a europa inteira, a ásia... tudo mesmo, apesar de aqui ao contrário da versão arcade, tem apenas uma meras 130 fases, ao invés de 768 fases. Como na versão arcade, elas são sempre as mesmas cenas e prédios para se destruir como os de sempre, mas agora com gráficos muito mais bonitos e detalhado, mais colorido, com alguns cenários de fundos novos e um monstro secreto, obtido se engolir uma toxina, onde você vira um dragão voador com potencia dobrada de destruião na certa. E depois desses 130 dias na Terra, você vai para a Lua, numa fase final, onde pelo menos por lá finalmente a fase foi completamente mudado (ou não). Já em Rampage 2: Universal Tour, foi acrecentado 4 novos monstros, porém apenas 3 é que poderão ser jogados inicialmente, enquanto os personagens principais terão que ser destravados, pois eles foram capturados pela nasa e aprisionados em continentes diferentes, onde terás que em 25 dias por continente (exatas 25 fases) ter que pecorrer em tudo até encontrar e libertar um monstro por vez que estárá no final do dia naquele continente, além de um quarto monstro para ser libertado que para piorar, ele será protegidos por uns bandos de marcianos que queriam de principio ir destruir o planeta terra, mas que no final quem destruiu ela, foram os próprios monstros que moravam nela, além de destruirem também os planetas em que esses alienigenas moram. Os números totais de fases existentes ficaram semelhante ao do seu primeiro jogo, mas pelo menos com um pouco mais diversificado em cenários e inimigos como já haviamos citado.

E já no terceiro jogo de Rampage, colocaram muito mais cenários, bem mais inimigos para se combater, bem mais monstros e muito mais bonus level. Isso mesmo, agora poderás destrur a terra com 6 monstros iniciais e mais 3 que estão aprisionados, mas que desta vez, os três monstros principais são jogaveis logo de principio. Entretanto, as suas fases tiveram uma drastica redução, tendo miseras 60 cidades para destruir, mais umas 20 fases bonus para matar seu tempo jogando isto, o que decepcionou muitos fãs nessa terceira série, pois não adianta ter uma grande variedade de monstros se não tem uma grande variedade de cidades para se destruir. daí que, devido á fatores nos quais um jogo pode fritar seu cérebro (ou não), agora perca tempo num rampage em 3d, com exatos 30 personagens mas sem nenhum lugar legal para destruir, como shernobyl ou marrocos. enfim, se for jogar os jogos modernos de rampage sem suas 780 fases e com um aperitivo de prédios diferentes (enfim!) saiba que este jogo não é construtivo ((ou não)ao menos que seja tão chato quanto minecraft).

História dos personagensEditar

  • George: George era um cientista fracassado, com pééééééssima reputação e parente do Dr. Maki Gero, antes de virar um macaco, ele estava desenvolvendo uma vitamina para liberar todo o potencial físico do ser humano, ele a chamava de Mega-vitamina (porque será). Ele, como fracassado, não possuia cobaias, então testou nele mesmo. Resultado? Virou um macaco gigante drogado, personagem de um jogo repetitivo e chato.
  • Lizzie: Estudante do colegial, e patricinha. Decidiu passar as suas férias se esfregando no namorado em um lago nadando em um lago. Infelizmente, o lago tinha recebido uma grande quantidade de material radioativo. Entrou como humana, e saiu como um dragão (literalmente!) furioso e sem controle, a menina nunca mais teve amor próprio.
  • Ralf: Um empresário, grande homem de negocios e também um grande idiota. Era dono de uma fábrica de salsichas, como estava insatisfeito com as vendas de seu produto, ele usou um material exotico e raro, para tornar as salsinhas dele um produto único. Sem perceber, a formula que usou era perigosa e ao demonstrar o novo produto, feito com esta formula, ele se tornou um enorme e perigoso lobo, destruindo sua fábrica e se tornando o monstro mais poderoso do jogo.

Inimigos mortais ou não tão mortais assimEditar

 
Então, você ainda achas o que tudo o que está escrito por aqui eram só mentiras?
  • Policiais: Ficam atirando em você o tempo todo, só param se você matar, isto é, se você não morrer nas mãos deles antes.
  • Helicóptero: Dificilmente você quebra um desses, só se ficar concentrado olhando para cima. Portanto, se ver um, corra, corra destruindo tudo, ou você nunca sairá da fase!
  • Tanque de guerra: Você pode pega-lo e apontar para onde quiser, é uma grande ajuda quando você não consegue destruir tudo por conta própria.
  • Carro da polícia: Não serve para absolutamente nada além de fazer barulho, como os da vida real só precisa chutar para destruir.
  • Militares: São os que mais te matam, além do Robô-Fi-da-Uta.
  • Carinha com mochila a jato de usa lança-chamas: São piores do que os militares, essa desgraça voa!
  • Avião from space: Criados pela NASA. O meio mais rápido para destruir uma cidade, e também o meio de destruição que você pode usar por menos tempo.
  • Robô-Fi-da-Uta: Muito dificil passar dele se você não tiver experiência no jogo, ele te mata em Perfect!, ou seja, você morre sem nem sabe o que te acertou, você também pode tentar destruir a cidade com ele lá, mas é uma missão impossível.
  • Jatos do C... Se considerou um tanque de guerra ou um robô gigante como problema, imagine então 3 jatos voando a todo vapor e te atingindo com um maldito míssel que te remove a metade da sua vida. O pior nisso tudo é que esses jatos não podem ser destruidos, eles voam umas 3 vezes em sua volta. Onde na terceira vez, eles te lançam esses mísseis onde praticamente acabam contigo definitivamente. E não adianta está no topo de um prédio ou tenta fugir deles, pois quando eles surgem e te soltam esses mísseis, já era.
  • velho chapado que aparece fumando um charutão cubano quando tu destrói uma fábrica de gosma roxa radioativa Ele aparece com a cabeça normal mas com um corpo gigante de banha mole saltitante.Ele aparece até numa fase no inferno onde tem um monte de diabo por tudo quanto é lado se você nunca destruiu um robô filho da puta daqueles mais fortes então te fode!Porque é impossivel fugir dele.
v d e h