Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ray Bulgarin

St Basils Cathedral-500px.jpg РУССКАЯ ВОДКА

Estin artigovski é russki!

Ele não gosta muito de ucranianos.

Smirnoff.gif
Loser 2.JPG Ray Bulgarin já morreu!

E ninguém chorou no velório!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Esse é o filho da puta do Ray Bulgarin.

Cquote1.png Eu vou matar você e seu mestre viado! Cquote2.png
Ray Bulgarin sobre Luis Lopez
Cquote1.png MORRE, MORRE, MORRE DIABO! Cquote2.png
Ray Bulgarin sobre policiais corruptos da NOOSE

Ray Bulgarin (em russo: Рэй Булгарин) é um personagem gay e chato do jogo Grande Tarado Armado de Quatro, que aparece como um antagonista figurante em Grand Theft Auto IV e como o antagonista principal (leia se:chefão) de Grand Theft Auto: The Ballad of Gay Tony.

HistóriaEditar

Bulgarin nasceu em 1958 e tem uma irmã que provavelmente Niko já comeu chamada Galina Bulgarin. Quando ele era criança, o seu treinador o fez tomar noku doping para competir nas olimpíadas, mas como não tinha muito talento, foi expulso do time de atletismo russo. Depois disso, Ele foi para Liberty City e começou sua vida como um criminoso internacional não-sucedido. Aos 31 anos, Bulgarin foi preso por tentar fugir em um navio inteiro cheio de escravas sexuais da Albânia, mas acabou sendo deportado para a Rússia.

No jogoEditar

Bulgarin passou mais tempo na Rússia, onde conseguiu roubar um diamante qualquer sem ser percebido e voltou para Liberty City em um navio com o seu diamante, mas acabou parando perto da Itália e culpou o motorista incompetente pelas suas perdas. Ray ficou putasso, pois não conseguiu achar de volta seu diamante e passou a traficar pessoas na Itália para comer pizza com vodka, onde sua vida se resumia disso, até que Dimitri Rascalov o chama dizendo que achou Niko em Liberty City e os dois armam uma cilada, mas pelos seus puxa-sacos serem incompetentes, Bulgarin não é visto no jogo principal até a missão onde Niko, Packie, Luis e Tony fazem uma troca-troca entre Gracie Ancelotti e alguns pedaços de diamantes.

Bulgarin foi mais visto no jogo The Ballad of Gay Tony, quando ele está interessado em comprar o time pereba de hóquei Liberty City Rampage do ricaço Marki Ashvilli, e a boate Maisonette 9 de Gay Tony. Ele gosta de escutar música rock com seu escravo sexual e puxa-saco guarda-costas Timur. Ele também tem máquinas de árcade (ou fliperamas) apesar de não jogar em nenhuma delas, máquinas de esportes e uma guitarra de 50 mil reais, competindo até mesmo com o Gordinho do Outfit. Como Bulgarin era uma merda em atirar, ele contratou Luis Lopez para matar o dirigente de uma equipe de hóquei. Depois disso, Bulgarin descobre que Tony e Luis tinham alguns diamantes, onde Bulgarin compara com o dele e começa a ficar com nojinho de Luis, onde Bulgarin colocou a cabeça de um cozinheiro amigo de Tony em uma caixa de bolo de aniversário em um telhado cheio de snipers, preparando mais uma cilada que dá em porra nenhuma.

Bulgarin tenta armar mais uma cilada para recuperar seu precioso diamante, mas só que para Niko e Luis, onde Bulgarin falhou novamente (já pode pedir música). Como Niko e Luis escaparam e seus diamantes se perderam para sempre, Bulgarin resolve desistir do seu plano de achar seu diamante, descobre em uma televisão sobre a Copa do Mundo de 2018 ser na Rússia e quer voltar novamente para seu país de origem para pegar mais dinheiro emprestado ilegalmente e emfim pegar os primeiros ingressos, Luis Lopez estraga seu plano e o persegue em seu avião de luxo, onde Luis acaba mandando Bulgarin para o colinho do capeta, que antes de virar presunto, tenta fazer cosplay de terrorista qualquer usando uma granada, mas se lembrou que não era do Oriente Médio e acabou falhando até nisso.

Ver tambémEditar