Abrir menu principal

Desciclopédia β

Rayne

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.

Cquote1.png Você quis dizer: Rain Cquote2.png
Google sobre Rayne

Rayne na Playboy. Que peitões, hein?

Agent BloodRayne the Dhampir é uma vampirona hentai que protagoniza a série de jogos sangrentos BloodRayne. Diga-se de passagem, ela é o único motivo plausível que pode levar alguém a se interessar pela franquia, já que é um jogo pior que o outro. A personagem tem duas cosplayers oficiais, Kristanna Loken e Natassia Malthe, que interpretaram-na nas vergonhosas adaptações cinematográficas dirigidas por Uwe Boll.

BiografiaEditar

Antes de tornar-se a fodona que dilacera todo mundo nos jogos, Rayne sofreu muito bullying no meio vampirístico. Isso porque sua linhagem não é pura, ja que sua mãe era humana. Seu nascimento é fruto de um estupro ocorrido na Romênia do século XVIII, quando o rei dos vampiros Kagan bebeu o sangue adulterado de um alcoólatra e ficou doidão, abusando sexualmente da primeira mortal azarada que encontrou pela frente.

Rayne nasceu em 1915 em um vilarejo humano, e quando os vampiros souberam que Kagan havia emprenhado uma mortal, se rebelaram contra o ocorrido e mataram todo mundo que pudesse ter qualquer ligação com o acontecimento. Assim, a mãe de Rayne acabou sendo morta na chacina, mas sua filha sobreviveu. Afinal, tendo como pai o vampiro mais poderoso da Terra, seria no mínimo imbecil que morresse de maneira tosca por seres inferiores a ele.

Mesmo sendo metade vampiresca, Rayne cresce com muito ódio de seus parentes chupadores de sangue, e jura vingança contra eles por terem assassinado sua família humana. Mas para acabar definitivamente com toda a raça dos vampiros, ela precisa eliminar o chefão deles, que é seu próprio pai. Para auxiliá-la em sua missão, ela une forças com Van Helsing e sua gangue de caçadores, saindo em uma longa viagem por toda a Europa em busca de Kagan e seus subordinados. Resumindo, Rayne está para BloodRayne assim como Dante está para Devil May Cry.

PoderesEditar

Rayne é tipo aqueles vampiros posers da saga Crepúsculo, e recusa-se a beber sangue humano por negar suas origens vampíricas. Mesmo assim, não há como negar seu parentesco com Kagan, já que ela tem os sentidos hiper-aguçados e poderes sobrenaturais impossíveis de serem desenvolvidos por seres humanos. Sem contar que ela é uma baita gostosona, podendo tirar proveito disso para seduzir os inimigos e ocasionar hemorragias nasais.

v d e h