Abrir menu principal

Desciclopédia β

Remo (esporte)

Remo é apenas mais um esporte náutico imbecil que ninguém assiste e ninguém se interessa, uma versão para playboys e almofadinhas da canoa polinésia onde um grupo de playboys precisam se sentar numa piroga (ou algo cilindricamente similar), pegar em dois remos bem grossos, e começar a usá-los para espancar a água e fazer a piroga (ou algo cilindricamente similar) navegar numa lagoa de merda. O esporte exige níveis muito elevados de força muscular e de resistência à fadiga, o que explica porque nunca houve em Tangamandápio um campeão de remo, e também explica porque os campeões de remo geralmente também são campeões no campeonato de punheta.

HistóriaEditar

 
Remador demonstrando prazer ao praticar o esporte.

A prática do remo é uma das atividades mais antigas da humanidade, mas como esporte foi inventado na Polinésia, quando para navegar de ilha em ilha os aborígenes locais inventaram uma competição que não consistia em apenas bater punheta (como antigamente) mas pegar em remos e usar aqueles pulsos fortes para manobrar remos e navegar barquinhos.

Posteriormente um grupo de mauricinhos europeus roubou aquele esporte para si, para praticarem em lagos monótonos e treinarem a força de seus pulsos sem serem julgados pela sociedade (como eram julgados quando treinavam o pulso assistindo o Cine Privê), e assim desenvolveram o remo como esporte olímpico.

Durante a Segunda Guerra Mundial, devido a um programa secreto de Hitler, o remo passou a ser praticado apenas por alemães (e posteriormente russos) bombados de 2 metros de altura e 1 metro de braço. Percebendo que isso tirava a graça de um esporte que já era sem graça, a federação internacional de remo (se é que um órgão imbecil desses realmente existe) então foi forçada a criar uma categoria peso leve, para possibilitar que pessoas normais sem anormalidades físicas ou genéticas praticassem o desporto, não que alguém se interessasse.

Tipos de barcosEditar

Palamenta dupla

Skiff (1 remador) - A modalidade mais interessante, onde remadores competem individualmente com dois remos, precisando assim demonstrar habilidade de ambidestria, todos devem simular o movimento de punheta alternadamente com as duas mãos enquanto remam. Vence aquele que fizer a melhor punheta, assim chegando em primeiro.
Double scull (2 remadores) - Idêntico à categoria acima, mas dessa vez com dois competidores em cada barco. O remador passivo fica na frente e o ativo fica atrás. Em dupla assim a excitação é sempre maior, e os movimentos de punheta costumam ser mais agressivos, gerando grandes corridas.
Quadri scull (4 remadores) - Uma grande suruba com qiatro remadores ambidentros, nesta modalidade não dá para saber exatamente quem é ativo e passivo, e a grande dificuldade é a sincronia entre os 4 remadores da mesma equipe.

Palamenta simples

Dois sem timoneiro - Categoria para remadores punheteiros que não são ambidentros, eles decidem se preferem passar o dia treinando só a mão esquerda ou só a mão direita durante seus treinos de punheta, pois na competição só pegarão em 1 remo. Novamente, a dupla deve ser formado por um passivo (que fica na frente sendo encoxado) e um ativo (que fica atrás encoxando).
Dois com timoneiro - Mesmo coisa da categoria, mas dessa vez com a presença adicional de um voyeur (chamado de timoneiro) que fica gemendo de tesão enquanto assiste a dupla de remadores masturbar remos com uma só mão cada.
Quatro sem timoneiro - Uma grande suruba com quatro remadores, dois destros e dois canhotos, sendo um passivo na ponta, um ativo atrás e dois flex no meio.
Quatro com timoneiro - O mesmo da categoria acima, mas com a adição do maldito voyeur (chamado de timoneiro) que só serve para deixar o barco mais pesado e ficar gemendo de tesão aos berros enquanto os remadores ralam.
Oito com timoneiro - A suruba suprema do remo envolvendo 8 punheteiros e um voyeur (chamado de timoneiro) num mesmo barco, é sem dúvida a modalidade mais aguardada em todas competições de remo.
v d e h