Abrir menu principal

Desciclopédia β

República Socialista Soviética Turcomena


●Түркменистан Совет Социалистик Республикасы
●Туркменская Советская Социалистическая Республика
●RSS Turcomena

Bandeira da República Socialista Soviética Turcomena (1921-1991).png Brasao da RSS Turcomena.png
Bandeira Brasão
Lema: Komünizm sulh, kebab sulh
Hino: Saparmyrat Nyýazov Song
SovietUnionTurkmenistan.png
Quem se importa com esse pedaço de nada no meio do nada?
Capital Aşgabat
Língua turcomeno russo
Tipo de Governo República Socialista Soviética de Tribos Nômades
Chefe da tribo Saparmurat Niyazov
Moeda Манат
População 6 gatos pingados em 1991



República Socialista Soviética Turcomena (língua turcomena: Түркменистан Совет Социалистик Республикасы; língua russa: Туркменская Советская Социалистическая Республика - grandes diferença) foi um pequeno curral de turcomenos durante a existência da União Soviética que acabou virando Turcomenistão.

HistóriaEditar

 
Dois turcomenos posam para foto.

Tudo começou em 1869 quando o Império Russo colocou em prática seu plano de dominação mundial e começaram pelo mais fácil, conquistar o Turcomenistão, só para esquentar. Os turcomenos tentaram resistir bravamente a invasão russa na cidade de Türkmenbaşy, um estratégico ponto de venda de sardinhas no Mar Cáspio, equipados com suas avançadas armas de paus e pedras foram derrotados em 7 minutos e 43 segundos.

Em 1881 (12 anos depois) o forte turcomeno de Geok Tepe foi capturado pelos russos (12 anos foi o tempo do exército vermelho conseguir achar esse lugar).

Anexado pelos russos, foi construída uma estrada de ferro ligando as três únicas cidades do Turcomenistão: Türkmenbaşy, Ashgabat e Tashkent. Isso valeu pelos próximos 5 mil anos de escravidão dos turcomenos para os russos como agradecimento.

Durante a era da União Soviética, a RSS Turcomena não passou de um deserto para fazer número no mapa e ajudar a fazer a União Soviética parecer mais imponente.

Em 1991 quando a URSS agonizava, o líder turcomeno Saparmyrat Nyýazow decidiu vender sua coleção de 150 cabras e se tornar presidente da então República Saparmyratiana do Turcomenistão.

EconomiaEditar