Abrir menu principal

Desciclopédia β

República Socialista Soviética da Geórgia


●საქართველოს საბჭოთა სოციალისტური რესპუბლიკა
●Грузинская Советская Социалистическая Республика
●República Socialista Soviética Mãe-do-Glorioso-Stalin da Geórgia

Bandeira da República Socialista Soviética da Geórgia (1936-1991).png Brasao da RSS Georgia.png
Bandeira Brasão
Lema: პროლეტარებო ყველა ქვეყნისა, შეერთდით!
Hino: Georgia on my Mind - cantada por Stalin
Georgia map.jpg
Geórgia (em verde-claro)
Capital Siflis
Língua georgiano russo
Tipo de Governo República Socialista Soviética de Difícil Leitura
General Josef Stalin
Moeda მანეთი рубль
População 5 milhões de Stalins



Cquote1.png Oh Georgia... Georgia... Cquote2.png
Ray Charles sobre República Socialista Soviética da Geórgia
Cquote1.png Até hoje nos causam problemas... Cquote2.png
Rússia sobre Geórgia

República Socialista Soviética da Geórgia foi uma terra de ninguém com nome indecifrável que durante 70 anos foi um domínio da União Soviética, até se tornar Abecásia Geórgia.

HistóriaEditar

 
Um cartão postal da República Socialista Soviética da Geórgia que com certeza virou ilustração de cartela de LSD de algum jovem rebelde georgiano

A RSS da Geórgia surgiu em 1921, quando os bolcheviques estavam por todo lado dando hadouken no Império Russo, e qualquer região ao redor servia de quintal para eles. Com o fim do império, o povo tupi-guarani georgiano tentou a independência dois anos antes, mas acabou não resistindo ao domínio soviético. Após uma guerra que durou 18 minutos, o território foi conquistado, os governantes locais foram enviados ao Quirguistão e a região se tornou uma república socialista da URSS.

Em 1922 a Geórgia foi anexada à República Socialista Federativa Soviética Transcaucasiana juntamente com Armênia e Azerbaijão, mas após catorze anos de conflitos que renderiam o roteiro típico de um filme de Clint Eastwood, a RSFS se desfez e cada um ficou no seu canto.

A Geórgia se tornou república de (pouco) destaque na URSS porque era a terra-mãe do Tio Mario e por isso ganhou hino com letra diferente dos outros, que eram a mesma coisa, e também a bandeira e o brasão de armas mais fashions, o que deixou os povos vizinhos ainda mais irritados com os geórgios.

Em 1941, o Miguxo de Berlim, em sua aventura pela terra de Oz, enviou 5 exércitos para a União Soviética com o objetivo de conquistar os poços de petróleo geórgios pegos emprestados com o Irã, contudo Stalinho usou seu capacete anti-telepático, bloqueando a invasão dos emos nazistas.

Durante os anos soviéticos a Geórgia serviu para ter inveja dos turcos e atrair a atenção por causa dos múltiplos conflitos que havia naquelas bandas.

Em 1991 a URSS faliu, e o território georgiano se tornou independente, recebendo o nome de საქართველო. Em 2008, a Geórgia foi invadida pela Rússia tornando-se a 84ª subdivisão desse país.

GeografiaEditar

A RSS Georgiana fazia fronteira com o Mar Negão e a Rússia. Em virtude disso, por causa de uns territórios minúsculos, esse dois países trocam gentilezas até hoje, como tanques, tiros e mortes, coisa que deixa a Comunidade dos Estados Independentes muito feliz.

EconomiaEditar

A economia da RSS da Geórgia era uma das mais desenvolvidas da URSS, porque o Tio Stalin queria. Mas depois que ele bateu com as dez o lugar virou só mais um curral que os russos e os armênios empurravam um pro outro, até que o império comunista acabou e a Rússia invadiu de vez e all your base are belong to us.

Repúblicas Socialistas Soviéticas da União Soviética
  Camaradas eslavos:   RSS da Bielorrússia -   RSS da Moldávia -   RSFS da Rússia -   RSS da Ucrânia

Istões sem terroristas:   RSS Cazaque -   RSS Quirguiz -   RSS Tadjique -   RSS Turcomena -   RSS Uzbeque

Europeus asiáticos:   RSS da Armênia -   RSS do Azerbaijão -   RSS da Geórgia

Galera de cima:   RSS da Estônia -   RSS da Letônia -   RSS da Lituânia

Repúblicas de curta existência:   RSS da Galícia (1920) -   RSS da Abecásia (1921-1931) -   RSFS Transcaucasiana (1922-1936) -   RSS Carelo-Finlandesa (1940-1956)