Abrir menu principal

Desciclopédia β

República Socialista Soviética da Letônia


●Латвийская Советская Социалистическая Республика
●República Socialista Soviética Comunista e Vermelha da Letônia
●Letônia Russa

RSS da Letônia.png Brasao da RSS Letã.png
Bandeira Brasão
Narva location.jpg
Mapa da RSS da Lituânia
Capital Riga
Língua letão russo
Tipo de Governo Governo-fantoche soviético
Carinha que estava ali O Fantasma de Lenin
Moeda Pубель
População Desconhecida



Cquote1.png Letônia... Lituânia... Estônia... É tudo a mesma coisa! Apenas ownem! Cquote2.png
Stalin sobre invasão soviética no báltico em 1940

República Socialista Soviética da Letônia foi como era reconhecida a Letônia do Lado Vermelho da Força entre 1940 e 1991.

HistóriaEditar

 
Alguns russos passeando na RSS da Letônia.

A RSS da Letônia surgiu com a invasão soviética em 1940, e na medida que avançavam rumo a Berlim conquistavam e transformavam territórios em vastas plantações de quiabos. A Letônia foi um desses territórios.

A Letônia era um país jovem, criado em 1918 só para levar porrada de todo mundo nas guerras mundiais. A Alemanha Nazi conquistou a RSS da Letônia em 1941 pois era caminho na sua campanha para tomar Leningrado, mas os russos foram mais espertos e um ano antes haviam deportado todos letões para a Sibéria onde passaram a trabalhar nas indústrias de vodka locais, plano este que preveniu que os alemães em 1941 tivessem alguém para saquear e estuprar ao passar na Letônia, fazendo com eles chegassem enfraquecidos e desmotivados em Leningrado.

Em 1945 a RSS da Letônia é retomada pelos soviéticos a medida que os nazistas recuavam, e o general comunista CATS entrou triunfalmente em Riga em 25 de março daquele ano.

Sob domínio soviético, foi iniciado o programa comunista de sovietização da Letônia, onde deportava os agricultores letões para plantar berinjelas em Vladivostok, na medida que recheava a Letônia de russos para trabalharem nas fábricas de saca-rolhas que lá abriam. Os letões começaram a virar minoria em seu próprio país, até sumirem completamente do mundo em 1980 após serem transformados em russos (nos livros de história soviéticos, que diziam que o gentílico da RSS da Letônia era "russo"), hoje em dia letões só são encontrados no Acre.

Em 1991 a União Soviética entra em falência, e a RSS da Letônia é penhorada, comprada por uma meia-dúzia de letões (não confunda como "leitões") e assim surge a República da Letônia que você conhece hoje (ou não).

Devido aos traumas do período histórico soviético, qualquer menção à "RSS da Letônia" foi apagada dos livros de geografia e história do país, tanto que é muito comum ver narrativas entre 1918 e 1940, depois dizer que a Letônia foi tragada para outra dimensão e trazida de volta em 1991.

PolíticaEditar

A RSS da Letônia era liderada por um governo-fantoche de uns presidentes tão relevantes que hoje em dia ninguém mais lembra o nome deles (se nem dos presidentes letões pós-república soviética alguém conhece direito...).

Foi a partir de 1980 que a Letônia conquistou maior autonomia política, o que não quis dizer muito pois, onde fica a Letônia para alguém querer estabelecer relações diplomáticas?

Repúblicas Socialistas Soviéticas da União Soviética
  Camaradas eslavos:   RSS da Bielorrússia -   RSS da Moldávia -   RSFS da Rússia -   RSS da Ucrânia

Istões sem terroristas:   RSS Cazaque -   RSS Quirguiz -   RSS Tadjique -   RSS Turcomena -   RSS Uzbeque

Europeus asiáticos:   RSS da Armênia -   RSS do Azerbaijão -   RSS da Geórgia

Galera de cima:   RSS da Estônia -   RSS da Letônia -   RSS da Lituânia

Repúblicas de curta existência:   RSS da Galícia (1920) -   RSS da Abecásia (1921-1931) -   RSFS Transcaucasiana (1922-1936) -   RSS Carelo-Finlandesa (1940-1956)