Abrir menu principal

Desciclopédia β

República Socialista da Croácia


●Socijalistička Republika Hrvatska
●Socialismo no Pano de Pique-Nique
●Croácia do Tito

Bandeira da RS da Croacia.png Brasão da República Socialista da Croácia (1943-1991).png
Bandeira Brasão
SFRY Croatia.png
Croácia tentando fugir da Iugoslávia
Capital Zagreb
Língua língua croata
Tipo de Governo Totalitarismo comunista
Chefão Tito
Moeda Dinar
População Número desconhecido



República Socialista da Croácia foi um pedaço desunido unido forçosamente da Iugoslávia, chamada assim só de enfeite porque de socialista não tinha nada e muito menos de república pois parecia um reino medieval.

HistóriaEditar

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, os croatas ficaram num limbo nos balcãs sem território, por isso que Ivan Ribar chamou aquela meia dúzia de croatas para fazerem parte da Iugoslávia onde os sérvios foram maioria, então toda votação no parlamento beneficiava o interesse sérvio em transformar a Croácia numa imensa plantação de melancias.

Com a Ruptura Tito-Stalin de 1948, começou a decadência da Iugoslávia, e da Croácia Socialista junto que tentava aderir ao capitalismo disfarçadamente. Nessa época tinha tanto cachorro vira-lata nas cidades croatas que a cidade de Zagreb foi escolhida para as filmagens do filme 101 Dalmatas sem problema algum.

Os sérvios transformaram a Croácia numa imensa Casa da Mãe Joana, o Conselho de Segurança da ONU até entendeu e não culpou os sérvios, afinal, quem mandou os croatas fazerem confundir seu território como um grande local de piquenique.

A crise atingiu a Croácia Socialista em cheio em 1990, quando o governo socialista repleto de sérvios, vendeu de maneira unilateral todos tabuleiros de xadrez da Croácia para pagar as dívidas de Slobodan Milošević com as prostitutas tchecas que havia importado para acalmar as tensões no Kosovo. O pessoal de Kosovo até se acalmou (tanto que continuam na Sérvia até hoje), mas os croatas indignados juntaram-se à Eslovênia e criaram um país com uma seleção de futebol própria.

PopulaçãoEditar

A República Socialista da Croácia era um Pseudo-Estado composto de várias etnias e quase ninguém do povo croata, apesar dos croatas (que vivem todos na Bósnia) não gostarem de admitir isso. Na Ístria viviam só italianos banidos, a Dalmácia era o lar de albaneses, já a cidade de Zagreb e toda Eslavônia só tinha húngaros e bósnios. O pouco que restava eram dominados por sérvios, e não foi com a independência da Croácia que alguma coisa mudou...