Abrir menu principal

Desciclopédia β

Riacho Fundo

Cquote1.png No Riacho Fundo bem pra lá pro fim de mundo... Cquote2.png
Chitãozinho & Xororó sobre Riacho Fundo
Cquote1.png Se quem nasce no rio é piranha quem nasce no riacho é o que? Cquote2.png
Algum idiota tentando fazer uma piada sobre Riacho Fundo
Cquote1.png To Night to Know Cquote2.png
Sassá, habitante padrão sobre Riacho Fundo


Riacho Fundo é o nome de um esgoto a céu aberto bem fundo (Riacho Fundo) no estado brasileiro do Goiás, porque brasiliense metido do jeito que é não considera Samambaia Riacho Fundo parte do Distrito Federal.

Índice

HistóriaEditar

 
Padre Quevedo fala sobre a existência do Riacho Fundo.

Riacho Fundo nada mais é que uma grande inovação arquitetônica. Riacho Fundo é uma cidade. Entretanto, o projeto não deu certo e não teve como voltar atrás. Riacho Fundo hoje é o maior esgoto marírimo do mundo. Provavelmente não há mais vida naquele lugar, ou não.

Graças aos invasores de Brasília que vieram do Nordeste de toda parte do Brasil, houve a criação dessa favela cidade. Os antigos moradores do Acampamento da Telebrasília (que ficava próximo ao Paranoá) foram despejados na Granja Riacho Fundo para se virarem naquela mata, formando assim a primeira quadra da cidade no dia 13 de janeiro de 1993. Como o governo não conseguiu arrancar todos aqueles pobres de lá, acabou-se transformado aquele imenso esgoto e assentamento na XVII Região Administrativa do Distrito Federal – RA XVII.

Com o surgimento de várias gangues, um acontecimento normal para a cultura social no Brasil, houve muitas perdas de jovens, até restarem apenas duas gangues, e cada uma ficava de um lado diferente do "corguinho" (palavra local para "riacho", o esgoto da cidade), então por brigas territoriais, tal qual de cachorros, a cidade foi dividida em duas, criando-se o Riacho Fundo II, que contia apenas os pobres mortos de fome, daí seu lugar como secundário.

EducaçãoEditar

A população do Riacho Fundo só estuda as até o primário. Isso acontece porque com a chegada da puberdade e após a descoberta sexual, o índice de evasão escolar beira os 100%, pois nessa época, os alunos matam aulas em suas respectivas escolas para ir namorar, conversar e brigar na porta das outras escolas, mas como todos fazem a mesma coisa, eles acabam namorando, conversando e brigando com os alunos da sua própria escola que também mataram aula para ir namorar, conversar e brigar na porta de outras escolas. Por esse motivo, as escolas também são conhecidas apenas pelas cores de seus portões (pois no primário apenas aprendemos as cores e olhe lá...), tais como:

  • A escola verde - Cujo nome científico é "Escola Classe do Riacho Fundo I"
  • A escola vermelha - Cujo nome científico é "Centro de Ensino de 1º Grau nº 02 "
  • A escola azul - Cujo nome científico é "Centro de Ensino de 1º grau nº 1"
  • A escola laranja - Cujo nome científico é "Centro de Ensino Telebrasília de 1º grau"
  • A escola rosa-choque-grená-escarlate - Cujo nome científico é "Escola Classe Kanegae"
  • A escola cor-de-burro-quando-foge - Cujo nome científico é "Escola Classe Riacho Fundo Rural"

Vide referencia na página da administração: [1]

TransporteEditar

O transporte público em Riacho Fundo é um caos! Todo ônibus que vai ou vem do é lotado! Todos habitantes sabem os horários dos ônibus: um às 6 da manhã e o outro só às 6 da tarde.

Veja TambémEditar