Abrir menu principal

Desciclopédia β

Riacho da Iara

O Riacho da Iara é uma parte do Reino das Águas Claras onde se encontra a sereia do Sitio da Dona Benta. Não há outra sereia porque a Iara mostra a língua(hábito que aprendeu com a Emília), pra todas que apareceram por lá. Não passa disso, mas segundo consta, sereias detestam desaforos por menores que sejam, assim Iara é a Ariel do Sitio... Corrigindo, a Ariel é quem é a Iara do reino do Triton.

AparênciaEditar

 
Iara ao ver mais um que quer tentar comer seu rabo.

Coma a Iara ameaça matar com um canto espavorido quem poluir as águas, elas sobrevivem limpas até hoje, por isso fazem parte do Reino das Águas Claras. Há nele cascatas e pedras e, sempre numa delas a Iara está cantando e/ou se embelezando pois em geral, não tem nada melhor pra fazer. Ela gosta de escolher uma rocha lisinha para bem abrigar o seu rabo cobiçado, então se senta e começa a cantoria, ou então pentear seus cabelos.

Quem pensa que a cantoria é mais perigosa, se engana, na verdade isso é um disfarce para distrair do perigo verdadeiro, que é quando ela se penteia. Ela tem um pente de ouro que foi extraído de uma gruta enfeitiçada e foi feito por ela mesma e ainda lavado por uma poção feita por um jacaré pior do que a Cuca. cada passada que ela dá em suas madeixas, pode provocar no mínimo uma ventania forte. E ela sabe pra onde direcionar essa mandinga.

Iara sai muito pouco de seu riacho, deve ter um motivo muito bom, senão nada feito. Ela tem que se certificar de que nenhum infeliz irá estragar algo por ali, nem sujar o rio. Assim fica no rio, numa das cascatas, ou numa rocha. Ela dorme sob as água porque, embora seja parte humana, ela consegue respirar embaixo d'água, assim como o namorado escamoso da Narizinho. Ainda bem que ela respira sob a água, pois detesta dormir na superfície. Uma vez dormiu no quarto da Narizinho apenas porque tinham uma grande treta pra resolver, daquelas que em geral foi ou a Cuca, ou um bandido vindo de fora, ou até o Pedrinho quem provocou. Nesses casos, nem a Iara consegue ficar sossegada.

A Iara não é egoísta como parece, ela tem o cantinho dela, mas deixa sim, que muitos sapinhos e rãs vivam próximos ao riacho, bem como muitos peixinhos e caracóis. O que ela teme mesmo são comedores de peixe, sempre tem alguém querendo comer-lhe o rabo. Nessas horas ela manda seus golpes, quando não é o canto é o pente maldito. Quem tenta sempre se fu... de alguma forma, a Iara não deixa barato, as únicas perturbações que ela tolera são algumas ondulações que um sapo mais gordinho possa provocar em suas águas, bem como ela também tolera os netos da Dona Benta e é até amiga da Narizinho, trocando ideias e dicas de beleza, mas quando a Narizinho se vestiu de sereia, a Iara mostrou a língua como faz com sereias intrusas.

Ver também, se quiserEditar