Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ricardo Quaresma

Ricardo Andrade Quaresma Bernardo (Lisboa, 26 de setembro de 1983), é um futebolista de Portugal. É conhecido como "O Cigano" não apenas pela sua origem, mas também pelas bruxarias que faz com a bola, como cruzamentos de letra e chutes de trivela. Atualmente está semi-aposentado e defende o Beşiktaş.

Ricardo Quaresma
Ricardoquaresmafrance.jpg
Quaresma mostrando como se marca um francês
Apelidos O Cigano
Nascimento 26 de setembro de 1983
Lisboa
Nacionalidade Bandeira de Portugal Portugal
Altura 1,75
Posição Meia
Direito (não usa o esquerdo nem pra subir no ônibus)
Clubes Ixxxportin', Barceloser, Vinho do Porto, Chel$$ki e Beijitas
Estilo de Jogo Levar a bola até a linha de fundo e cruzar de letra ou bater de trivela.
Gols Quase sempre de fora da área, muitas vezes de trivela
Vícios Não passar a bola


Índice

CarreiraEditar

 
O ídolo de infância do Quaresma

Começou jogando pelo Ixxportin'de Portugal. Fominha desde garoto, queria sempre pegar a bola e driblar o time adversário inteiro, o que é impossível em teoria, mas como ele era muito liso e os defensores portugueses são muito burros/ruins, ele quase sempre conseguia. Na época tornou-se amigo de Cristiano Ronaldo, quando este ainda era pobre e feio, e portanto, bem mais humilde.

Os dois estavam praticamente no mesmo nível e eram considerados os maiores prospectos de Portugal, mas foi Quaresma que foi vendido pra fora primeiro por ser mais velho e aparentar ser mais habilidoso. Foi comprado a meio milhão de euros pelo Barcelona, que pretendia montar um time dos sonhos juntando o cigano a outro bruxo. Porém, o plano foi por água abaixo. Além de ser fominha, Quaresma vivia metendo o "loko" no clube espanhol: não treinava, brigava com seus companheiros, xingava todo mundo e ainda por cima cometeu o maior erro que um jogador jovem pode cometer: chamou o técnico de "cusão". Queimado demais, o português acabou virando esquenta-banco e assistia de camarote as magias que o bruxo fazia em campo. Acabou sendo mandado embora em menos de um ano.

Após 4 anos no Porto humilhando lampiões, Quaresma recebeu nova chance na Inter de Milão. Mais velho, ele resolver abraçar de vez essa oportunidade e passou a jogar sério, evitando fazer aquelas viadagens com a bola que o deixaram famoso. O problema é que sem essas viadagens ele não servia pra porra nenhuma e logo virou reserva, sendo carregado por Sneijder e companhia na Liga dos Campeões.

Depois de um empréstimo fracassado para o Chelsea, Quaresma acabou indo parar no futebol turco, onde finalmente se acertou e voltar a jogar o bom futebol de antes, tornando-se um dos craques do torneio (nada mal para um campeonato que tem como craques grandes jogadores como Deivid e André Santos). Ele até tentou voltar pro Porto durante um tempo, mas não conseguiu e retornou rapidamente pra Turquia, onde vive até hoje gastando o pouco de futebol de ex-jogador em atividade que ainda lhe resta.

Seleção PortugaysaEditar

Desde cedo um dos talentos mais promissores do futebol português, Quaresma fez parte do esquadrão de seu país nas categorias sub 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, no time de juniores e no selecionado dos café-com-leite. Já como profissional, Ricardo fez parte da equipe da Euro 2008, marcando esse belo gol contra a República Tcheca. Apesar de ser muito amado pelos portugueses, o cigano passou um bom tempo sem defender as cores de seu país por causa de sua má fase e do seu temperamento explosivo. Até que depois de muito tempo o treinador Fernando Santos resolveu dar-lhe outra chance e Quaresma tornou-se um dos principais nomes da conquista da Euro 2016, o único título relevante que Portugal ganhou até hoje. Foi convocado para a Copa do Mundo de 2018 e marcou um belo gol contra o Irã, realizando o sonho de todos os fãs de Super Campeões de verem um gol de trivela numa Copa do Mundo

Estilo de jogoEditar

Quaresma é aquele cara da sua pelada que joga pra caralho, mas adora fazer uma graça. Vive sempre querendo inventar um drible novo, pedalar pra cima do zagueiro, chutar do meio da rua pra pegar o goleiro de surpresa, entre outras invenções. Por não saber usar o pé esquerdo e não ficar que nem o Messi cortando o tempo pro lado da perna forte como se fosse um autista (ah não, pera, ele realmente é autista) ele aprendeu a cruzar de letra e até hoje acerta mais lançamentos de letra do que normais. Embora seja muito aplaudido por causa da suas viadagens firulas, seu estilo de jogo já lhe causou muitos problemas ao longo da carreira. Quando chegou na Inter, Mourinho deixou bem claro que ou Quaresma parava de frescura e começava a jogar sério ou ia mofar no banco (o que não adiantou de nada, pois ele acabou mofando no banco de todo jeito).

Vida pessoalEditar

Quaresma sempre enfrentou muitos problemas por ser cigano. Além de viver mudando todo lugar toda hora nos tempos de garoto, quando cresceu teve que lidar com o preconceito. Uma vez seus companheiros de equipe lhe pregaram uma peça ao venderem seu apartamento sem ele saber e obrigarem o pobre português a ter que arrumar outra casa para morar. Até hoje, ele sofre com esse tipo de coisa. É comum que a torcida de um time adversário comece a cantar "Djobi, Djoba", quando Quaresma pega na bola.

Quaresma é famoso também pelas suas tatuagens. Ele tem ao todo cerca de 150 tattoos espalhadas pelo corpo, com destaque para duas lágrimas no canto do olho que passaram a ser copiadas por dezenas de trappers.

Além de jogador, Quaresma também é desenvolvedor de jogos e ajudar a criar os dribles do FIFA e do PES.

Ver tambémEditar