Abrir menu principal

Desciclopédia β

Pedregulho do Atlântico
Rock n' Roll All
Rockall
Bandeira
Brasão
Bandeira Brasão
Lema: Let there be rock
Hino nacional: Rock n' Roll Damnation

Localização de Rockall

Capital Quadrante 5
Cidade mais populosa Quadrante 8
Religião oficial Satanismo
Governo Regra do 'Eu vi primeiro'
 - Conde Justin Alexander von Smitherson IV
Heróis Nacionais Nemo
Área  
 - Total 111m² km² 
 - Água (%) 99,000008
Analfabetismo
População 1,5 
PIB per Capita 666 
IDH 072 
Moeda Pedregulhos
Fuso horário Não tem relógios em Rockall
Clima Frio pra cacete
Website governamental Rockall, a porcaria mais isolada que você possa imaginar


Rockall é uma gloriosa e honrada ilha do Oceano Atlântico, considerada um dos territórios mais isolados, inúteis e imprestáveis do mundo. Atualmente vive apenas da venda de sal, porque o petróleo acabou.

Índice

HistóriaEditar

 
O palácio de Rockall está em construção.

A rocha foi descoberta por vikings anglo-saxões, batizaram a ilha com o nome de seu estilo musical favorito, o rock, mas devido a sua distância absurda, além da dificuldade extrema em se achar, foi esquecida pelos tempos. Com o tempo se tornou uma zona especial da coroa, ou seja, o Reino Unido estava nem aí para o destino daquela pedra. Rockall não serve para absolutamente nada para algum país. É impossível construir uma prisão nela, a ilha não serve de depósito de lixo e não há como realizar testes atômicos.

Depois que uma das caravelas de Pedro Álvares Cabral bateu e afundou em Rockall em uma noite, o Reino Unido usou lâmpadas de natal alimentadas por energia solar para evitar que tragédia semelhante acontecesse.

Na época antiga, assim que a Irlanda se tornou um país católico, para sacanear seus rivais britânicos, conquistou Rockall, em situações normais, o governo britânico acharia aquilo um alívio, mas por causa da rivalidade, se viu obrigado a proclamar guerra à Irlanda no que ficou conhecido como a Grande Guerra Civil Rockalliana, ninguém saiu vitorioso, o Reino Unido e Irlanda se tocaram que aquela pedra não valia nada.

Em 1948 a Islândia, em busca de novas emoções, algo que falta em sua terra, decidiu conquistar Rockall, só que dessa vez o Reino Unido não revidou e achou foi bom.

Somente em 1985 a Dinamarca, que também não tinha uma marinha muito emocionante resolveu brigar por Rockall com a Islândia e iniciou a Guerra das Canoas pela ilha. Depois de treinarem suas marinhas, os dois países notaram que aquela rocha não valia nada e foram embora.

Em 1997, o Greenpeace decidiu habitar Rockall já que eram expulsos de qualquer outro lugar em que se instalavam. Os ativistas não aguentaram nem dois meses naquele local horrível.

Atualmente nenhum país com um mínimo de honra e vergonha nunca e jamais quis se responsabilizar por Rockall. Um barão (Conde von Smith) proclamou-se dono da ilha e está em processo de modernização do território, para em futuro que considera próximo poder ingressar na OTAN.

Em 2012 Rockall foi indicado pela Inglaterra para entrar no Eixo Cartesiano do Mal. O motivo foi que Rockall é uma rocha inútil no meio da água e ninguém dá a mínima pra aquilo ali, então seria o lugar perfeito para que Satã viesse ao mundo sem ser notado por fanáticos-religiosos chatos. O país ainda está em votação no Congresso do Mal.

Guerra da Hora de DormirEditar

Após a instalação da família real de Rockall (os von Smith) no Quadrante 8, foi estipulado o toque de recolher às 9 horas para as crianças. Isso gerou uma revolta popular pelo lado opositor (os filhos de 6 anos do rei) ao governo monárquico de Conde von Smith. Numa batalha épica chamada de "Nana-Nenê", os opositores caíram no mar após escorregarem em uma poça e morreram afogados. A rainha tentou salvar os plebeus e ficou presa metade dentro metade fora da água (não se sabe se ficou com a cabeça dentro ou fora). Com essa guerra, Conde von Smith resolveu aumentar o horário para as 10 horas (o que não adianta nada, por que ele é o único que realmente mora naquele pedra).

GeografiaEditar

Rockall é formada por uma rocha lascada no meio do oceano, ela surgiu de uma erupção vulcânica de um vulcão submarino e durante a Idade da Pedra foi lascada.

 
Imagem do Quadrante 4 durante a temporada de turistas em Rockall.

PolíticaEditar

A coroa britânica baixou decreto que foi aprovado na ONU dizendo que toda rocha isolada que seja de impossível sustentação de vida humana possa ser abandonada para o primeiro otário que quiser ser dono privado da ilha. Ela foi achada pelo Conde von Smith, que se apossou dela, tornando-se o monarca supremo de Rockall, governando sobre sua esposa e seus dois filhos.

EconomiaEditar

Incrivelmente, aconteceu a cagada de se descobrir petróleo em Rockall, até cogitou entrar para a OPEP com o argumento de que 93% das reservas de seu subsolo são compostas de petróleo. O pedido foi negado, pois estas reservas vão se esgotar ano que vem.

ReligiãoEditar

Rockall adotou como religião oficial o satanismo, para tentar recussitar os mortos da Batalha da Hora de Dormir. Por enquanto, não aconteceu porra nenhuma. Mesmo assim, o Conde de Rockall trocou a bandeira por uma que imita a da URSS, só que com um pentagrama.

VerEditar