Abrir menu principal

Desciclopédia β

Rogério Cardoso

Death--.jpg Rogério Cardoso já morreu!

Perdeu no jogo da vida...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Rogério Cardoso é um ator e segundo algumas teorias conspiratórias, é um humorista brasileiro famoso. Como a maioria das pessoas diria, ele só está na lista de comediantes oficializados porque ele fez um personagem na escolinha do Professor Raimundo que ninguém se lembra, mas que se chamava Rolando Lero...

Rogério Cardoso
Rogério Cardoso.jpg
E aí gatinha?
Nascimento 1937
Brazil
Nacionalidade Netuniano
NewBouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Rogério Cardoso.
"Agora me beija seu lazarento!"
Rogério após saber que Darth Vader é pai de Luck Skywalker.

Cquote1.png AAAAHH! Até parece que você sabe o nome do personagem dele! Cquote2.png
Você sobre o personagem do humorista

Ok, é para isso que a Wikipédia é boa de vez em quando, lembrar de coisas inúteis. O importante é você entender que ele fez apenas isso na vida: foi um cara que chamava-se Rolando.

PrincípioEditar

No princípio, não havia nada, então a tartaruga gigante criadora do cosmos apareceu e cagou um ovo, fazendo assim o Big Bang. Depois de milhares de naos de enrolação, só com gases flutuando no meio do nada, em um planeta minúsculo chamado Terra nasce Rogério Cardoso. Rogério era para ser apenas mais um número nesse mundão de 6 bilhões de pessoas que usam CPF como uma maneira do governo estar sempre vigiando eles.

Porém, ele se rebelou contra a sociedade e contou a primeira piada infame que quase derrubou a ditadura militar do Brasil e que fez os militares se enfezarem com eles.

"Qual a diferença entre a mãe de um militar e uma galinha?"

O restante, fica a cargo de vocês, já que antes de terminar a piada, ele foi acertado por um dardo calmante que fez ele desmaiar e acordar no PROJAC onde receberia sua punição.

CarreiraEditar

A carreira começou quando ele acordou no calabouço de Roberto Marinho e o mesmo pediu para que ele fizesse uma peça de humor que matasse os 500 presos revolucionários que o governo tinha colocado lá. Em troca, Rogério ganharia o título de "lenda" da comédia global sem precisar fazer porra nenhuma.

Aí ele fez a primeira peça dele e os presos, que viveram em uma época em que faze ruma piada significaria ser morto, acabaram estourando suas tripas e... Morrendo. Rogério levou um pé na bunda da Globo e jogaram ele para a Record, onde ele faria uns programas sem graça entre 1970 e 1980.

Entre estes estava a Praça da Alegria, uma espécie de cavaleira do apocalipse para o humor brasileiro, pois estaria jogando a praga da Sitcom no Brasil.

Sem falar que daria mais tarde a origem a Praça é Nossa.

MorteEditar

Após anos e anos como servo das piadas, do humor e do povo ignorante brasileiro, Rogério estava livre. Bem, está livre agora que está morto mesmo. Outros 50 comediantes substituíram ele para suprir sua falta na TV brasileira. Se não sabe quem era Rogério Cardoso, você tem sérios problemas!