Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ronda Rousey

ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Japonesa fazendo nada.jpg

Ronda Jean Rousey
Imagem de Ronda Jean Rousey
Informações
Ring name(s) Rowdy
Altura1,73 m
Peso61 kg
Nascimento1 de fevereiro de 1988
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
ResidênciaCalifórnia
Treinado porRoddy Piper

Ronda Rosa é uma lutadora gostosa que até tentou seguir uma carreira séria como atleta, mas por ser bonita demais e lembrar uma top model, aos poucos foi perdendo o respeito que conquistou profissionalmente e atualmente faz parte das Divas da WWE, sendo apenas mais uma musa inspiradora dos punheteiros. Como migrou do judô para o wrestling, acabou tendo que aprender a fingir orgasmos, então agora além de esportista ela também é considerada atriz.

Índice

JuventudeEditar

Filha caçula da ex-judoca AnnMaria De Mars, Ronda Rousey começou a praticar judô por livre e espontânea pressão de sua mãe. Acabou ingressando profissionalmente no esporte por mero nepotismo, mas como todas as judocas famosas antes dela eram basicamente inexistentes japonesas nanicas de musculatura atrofiada, Rousey chamou atenção por ser uma loira alta dos olhos azuis e a mídia começou a pagar pau para ela até conseguir convencer o público de que realmente tinha algum talento.

Seu pai trabalhava como Papai Noel de shopping, e um belo dia quis dar uma de bonzão e foi tentar andar em um trenó de verdade. Essa gracinha fez com que ele sofresse um acidente, quebrasse as costas e ficasse paraplégico, então o cara resolveu se matar, porque se antes ele já tinha baixa autoestima ao se comparar com sua esposa medalhista olímpica, imagina agora todo fodido.

CarreiraEditar

JudôEditar

Começou a treinar com sua mãe aos onze anos de idade, chegando a quebrar o pulso dela como vingança por tentar lhe obrigar a seguir seus passos como lutadora. Por ter superado a matriarca, classificou-se para participar dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004, tornando-se a judoca mais jovem até então a conseguir tal feito, com dezessete anos. Mas foi só isso mesmo, porque ela não ganhou porra nenhuma no campeonato. Quatro anos depois, desta vez nos Jogos Olímpicos de Pequim, Ronda Rousey ganhou medalha de bronze e virou a primeira judoca americana medalhista olímpica desde 1992, quando a luta passou a ser reconhecida como uma modalidade oficial. Depois disso, ganhou mais uma cacetada de prêmios em outras competições de judô, mas ninguém se importa.

MMAEditar

Logo após ganhar sua primeira e única medalha olímpica, Rousey decidiu se aposentar do judô, pois sabia que uma merda não cai duas vezes no mesmo vaso sanitário. Porém, ela começou s sentir falta da violência gratuita que rolava nos tatames, então decidiu aderir ao MMA em 2010 para continuar descendo livremente a porrada em outras vadias. Dois anos depois, começou a participar do UFC, maior campeonato de rinha humana do mundo, desbancando a veterana Gina Carano como a lutadora de vale-tudo mais gostosa que já existiu.

WrestlingEditar

A beleza de Rousey rendeu a ela convites da WWE para fazer participações esporádicas lutando contra suas Divas. Por já ser uma lutadora de renome fora do wrestling, suas aparições atraíram uma nova leva de fãs otários desavisados acreditando que aquilo não era tudo armado. O sucesso fez com que ela fosse contratada oficialmente, e atualmente é uma das campeãs femininas daquela marmelada.

CinemaEditar

Não satisfeita em desbancar Gina Carano no MMA, Rousey decidiu infernizar a vida da rival mesmo após sua aposentadoria das lutas. Assim como Carano, ela possui uma carreira paralela como atriz de Hollywood, aparecendo como figurante em vários filmes desde 2014. Há boatos de que interpretará Sonya Blade em uma nova adaptação cinematográfica de Mortal Kombat, e como filmes baseados em jogos costumam ser uns lixos, é bem provável que isso seja verdade.