Abrir menu principal

Desciclopédia β

Rosário (Maranhão)

Rosário é uma pequena porção de terra, localizada bem no meio do sertão do Maranhão. Atualmente, Rosário possui cerca de 30.000 habitantes, sendo que todos eles são velhos com mais de 100 anos, que ficam o dia inteiro jogando bingo na pracinha. Os velhos mais ousados, que não ligam para o forte reumatismo, se divertem de maneiras mais ousadas, como por exemplo, andar de bicicleta.

Índice

HistóriaEditar

 
Área nobre de Rosário, que apenas é habitada pelos ricaços da região (ou seja, os que tem mais de dois reais guardados dentro de uma lata de biscoitos).

Nos primórdios, Rosário era apenas uma corrutela perdida no meio do nada.

Como Rosário possuía uma terra boa para plantar mandioca, e ficava próxima de um riacho, alguns caipiras que chegaram lá não tiveram dúvidas, e tomaram posse do terreno através da grilagem. Obviamente, para sobreviver na região, esses caipiras iniciaram algumas plantações, além de construírem alguns barracos de madeira. Esse foi o começo de toda a povoação de Rosário.

Como não poderia deixar de ser, após Rosário ter sido bem desenvolvida pelos caipiras, estes resolveram construir uma igrejinha no centro, afinal, eles também precisavam de algum local para dormir aos domingos e para tomar vinho.

Apesar de não ser lá grande coisa, essa igrejinha, por incrível que pareça, conseguiu atrair CUriosos para Rosário. Pode parecer inacreditável, mas esses CUriosos acharam Rosário interessante, e resolveram fixar moradia por lá mesmo.

Alguns anos mais tarde, percebendo que sua cidade estava mais isolada do que emo durante um dos seus costumeiros ataques, os moradores de Rosário resolveram catar alguns materiais recicláveis no ferro-velho para construir uma estradinha mixuruca de ferro, que ligaria Rosário à São Luís. Depois de muitos anos de trabalho, essa gambiarra acabou dando certo, e Rosário não ficou mais tão isolada.

Atualmente, a única coisa que presta em Rosário é essa estradinha de ferro mesmo. Aliás, é essa estradinha que sustenta todo mundo da cidade, pois é utilizando ela que os moradores levam alimentos e bebidas para a sua cidade.

EconomiaEditar

Gira completamente em torno da estradinha de ferro. Mesmo estando toda enferrujada e quase se esfarelando devido a muitissíssima idade, é utilizando essa estradinha que os moradores conseguem importar alimentos de São Luís - Tudo comprado fiado, é claro, pois os moradores de Rosário não tem dinheiro nem para pagar a risada do Chaves.

EducaçãoEditar

Inexistente. Todos os jovens de Rosário aprendem apenas duas coisas na vida, que são: Como fazer filhos e como segurar numa enxada.

TransportesEditar

O único transporte que presta em Rosário é o trem fantasma que viaja de Rosário até São Luís. Fora isso, se os moradores não quiserem andar a pé, eles tem que se sentar em uma carroça e pagar para algum coitado puxá-lo - Bem no estilo daqueles transportes chineses.

TurismoEditar

Os únicos doidos que visitam Rosário são alguns CUriosos vindos de São Luís, que sempre quiseram conhecer uma currutela.