Abrir menu principal

Desciclopédia β

Rosto

Face
Naruto102.jpg
Quando enrugar, use botox
Tipos: Vários, mas sempre o mesmo ar de macaco.
Função: Guardar expressões, de preferência fingidas.
Anatomia: Caveira, músculos e dentadura.
Função: Guardar expressões, de preferência fingidas: Isso é de grande importância, não se deve esquecer.
Cravos e espinhas.


Cquote1.png Você quis dizer: Lata Cquote2.png
Google sobre Rosto
Cquote1.png Você quis dizer: Fuça Cquote2.png
Google sobre Rosto
Cquote1.png Eu sou o rosto. Cquote2.png
Fresco Homem educado dizendo que é "o cara".
Cquote1.png Eu vejo a face de todos, ou seja, eu vejo all-face. Cquote2.png
Engraçadão anônimo sobre face

Rosto é como é chamada a cara dos humanos, porque cara não combina com essa belezinha, certo cara? Nenhum outro animal tem rosto, apenas e simplesmente cara. Claro que face também é só pra quem é gente... Mesmo que não tiver nenhuma educação, andar cagando, cuspir pra tudo que é lado, ainda assim o ser humano tem o direito de ter rosto, face, e não cara, isto rposto, vamos aos pormenores.

Índice

Face a faceEditar

 
Para emboiolar qualquer rosto, não precisa maquiá-lo, basta aproximar dele um violino.

Face a face, não poderia ser bunda a bunda, embora existam seres que olham antes para a segunda parte citada. Mesmo todas as pessoas tendo direito de ter rosto, muitos primatas humanos preferem dizer cara (mesmo para o cara), lata, fuça quando não acham coisas mais ofensivas para se referir ao rosto uns dos outros. Quem tem cara são os outros animais, isso está estabelecido, mas há pessoas que não se convencem disso, nem mesmo o cara se diz o rosto, ficaria estranho como nas frases iniciais lá em cima, mas não se atreva a limar a frase, seu cara rosto de nádegas... Nádegas porque deve combinar mais com rosto.

 
Rosto de nádegas ou cara de bunda.

O rosto começou lá quando a macacada quis ter os cabelos apenas a partir da testa, para poder se beijar sem nada atrapalhando, isso quase todos, menos os saguis, miquinhos e tals que tinham sempre suas intenções malandras escritas na cara e preferiram ter pelos nela, e não apenas barba, mas isso no caso deles não adiantou muito, embora alguns se enganem com aqueles olhinhos brilhantes. Antes disso o rosto já existia, claro, ninguém era obrigado e passar por fantasma sem cabeça, fosse a de baixo ou a de cima. O rosto já existia, mas não era tão evidente.Mesmo com os contras, a macacada toda curtiu a nova face mais à mostra, principalmente os humanos, fossem bonitos ou canhão, não importava, pois a novidade maior era dar risada da... do rosto uns dos outros, zoando o nariz, a boca, o queixo, conforme fosse mais marcante, ou ridiculamente marcante. Os vesgos se sentiram menos estranhos, pois antes eram eles apenas os zoados, já que mais os olhos apareciam.

Uma coisa que deu errado foi que ao invés de diminuir as porradas na cara (só dessa vez), como pensou a natureza ao concordar com a mudança na face de vários símios, foi que aumentaram os socos, chutes e tapas nessa região, pelo mesmo motivo acima citado, acharam divertido, mas como depois todos viam a cara roxa ou amassada, com o passar do tempo quiseram em concordância mútua, evitar isso, mas isso apenas dentro do próprio clã, se fosse tribo inimiga, lá se ia a mão na fuça.

 
Os humanos ainda não se habituaram a mostrar a cara sem vergonha.

Outra grande bobagem, é a tal da vergonha na cara (agora foi cara sem querer), coisa que até hoje não se sabe pra que serve, alguns dizem que tem a ver com a dignidade, mas não é bem assim, pois muitos não tem vergonha e não tem dignidade, mas fazem ar de que têm, outros por muito pouca coisa, voltam seu lindo rostinho para o chão... snif... Tá bom, sem veadagem, mas nem isso pode-se sempre notar de cara, alguns precisam falar ou gesticular para que se torne evidente.

Anatomia da lataEditar

 
Rosto de uma pessoa dividida entre ser sarada ou magra.

Para ter um rosto só tem que pela obrigação ser humano, se não é uma bela de uma cara mesmo e não tem jeito, mas nem por isso as exigências são muitas, alguns ossos, músculos, artérias a tals. Ossos mesmo que estiver com a cara, quer dizer o rosto quebrado por algum agressor, não importa, mas tente evitar essas coisas desagradáveis que estragam a beleza da face. Alguns, mudam o rosto não por ele ter sido amassado, mas apenas porque não gostavam dele antes, ou não gostavam de um certo ponto, mas nem todos admitem, preferem antes, mentir que assim nasceram, quando todos sabem que recém-nascido mais parece a bunda de um hipopótamo e todos são assim ao nascer, sem exceção.

Os rostos são diversos, mas sempre é a mesma coisa a ser identificada: Um tipo de macaquinho, mongo igual aos outros, ou até mais, porém metido a sabidão e fodão, isso está impresso em seu rosto, e quase escrivinhei "cara" novamente. Rosto se não for bem usado, mesmo sendo a primeira coisa que se comunica abertamente, pode causar problemas, se estiver com aquele ar de criaturinha debochada, ou com raiva, isso afronta os demais, se piscar um olhinho só pode ser chamado de mentiroso, ou acharem que quer dar pra alguém, quando não é nada disso. Por um óculos escuros no rosto, mais precisamente nos olhos, é um gesto simples, mas apenas isso já dá impressões, uma delas é a de que a pessoa é um assaltante ou algo assim.

Mesmo não tendo diferença, no que evidencia a ser uma bela de uma cara de primata, ou seja, macaco, todos ligam e muito para as identidades, ligam mais do que o necessário, por exemplo, ninguém gosta de ter certas características, nem preciso citar. Pra eu não deixar o artigo muito pequeno incompleto, lá vão alguns tipos de face.

Partes do rostoEditar

  • Maçã do rosto: Essa parte serve e sempre serviu para ser mordida, nem pense em chamar pelo seu nome vulgar: osso malar, porque maça do rosto sim é o termo certo, essa maça foi a que o Adão mordeu primeiro na Eva, depois é que ele comeu a fruta de baixo, foi daí que surgiu o beijo no rosto, porque tudo começa (e às vezes termina) com um beijo no rosto, mesmo que acabe pegando mais na bochecha, isso começou com um beijo mais pra cima, pra baixo é depois, como se sabe.
 
Para você não reclamar mais de ter um nariz que parace um caralho pepino, ou de palhaço, pense que é melhor do que ter nariz de cachorro.
  • Nariz: Dando início ao sistema olfativo, o nariz humano não é tão grande quanto o bico de um tucano, mas pode ser metido onde o dono do nariz quiser, desde que assuma as consequências e, se for grandão e lembrar o de um tucano pode assim despertar fetiche em algumas gurias doidas, mas cuidado com o que cheirar muito de pertinho, de qualquer forma: Fede pra daná, mas é gostoso.
  • Orelha: Estou fazendo um esforço sobre-humano para não escrever oreia, mas não estranhe, eu não sou analfabeto, é apenas uma forma de me expressar, e também não é excesso de tapa na pantera oreia. Ela serve para por brincos, embora eu não use a minha para isso, é ela também serve para abrigar o ouvido, e seja cvomo for a tua orelha, de abano, do tamanho da de um elefante, é sempre melhor ouvir do que ser surdo, e também é bom ter orelhas.
  • Boca, serve para falar palavrões, arrotar, fazer boquete (pra quem aprecia fazer) e comer em última escala, pois podemos muito bem viver de luz, assim como as plantinhas não tiram apenas força dos nutrientes do solo, mas também fazem fotossíntese, assim sendo nós que somos bem mais complexos que as plantas, não precisamos usar a boca pra enfiar tudo que é alimento denso, basta abrirmos o ânus o terceiro olho que é a glândula pineal e nos saciarmos, isso está comprovado, deixando então a boca para entoar lindas canções.
  • Queixo, serve para proteger o restante mais frágil do rosto de levar porradas porque o queixo é mais difícil de quebrar, também faz o cérebro voltar ao normal mais rápido. Quando alguém está triste, ele serve para se apoiar na palma da mão enquanto o, ou os, cotovelo(s) se apoiam em alguma superfície, que podem inclusive ser os joelhos. Mas ninguém diz que alguém tem dor de queixo, só de cotovelo. Por que? Porque o queixo chega mesmo a ser mais resistente do que o cotovelo.
  • Bochecha, fica embaixo da maçã do rosto, na bunda é que não seria, embora os glúteos também sejam uma espécie de bochecha, mas nesse caso o buraco não é mais embaixo. Elas servem para encher com a maior quantidade de líquido possível a mandar um jato onde a pessoa desejar, mas na maioria das vezes é desperdiçado sendo apenas jogado em ralos, ou no solo. O beijo no rosto é dado errôneamente nas bochechas, mas como já mencinado o beijo no rosto certo deve ir na maçã do rosto e também já explicado porquê.
  • Testa, serve para abrigar o importantíssimo terceiro olho, e já disse que nesse caso do rosto, o buraco não é mais embaixo. Alguns acham que serve para dar testadas e até derrubar portas, ao invés de mandar o pé, mas nem todos possuem essa testa tão imbecil poderosa, assim elas serve para abrigar as sombrancelhas e para não deixar os primatas com cara de cachorro ou algum outro quadrúpede.

TiposEditar

Ver também de pertinhoEditar