Abrir menu principal

Desciclopédia β

Run to the Hills

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg
Capa do cd, observe que mesmo sendo o Diabo, Eddie não correu pras colinas.

Cquote1.png Experimente também: Correr pras montanhas Cquote2.png
Sugestão do Google para Run to the Hills
Cquote1.png Corram pras colinas! Cquote2.png
Qualquer um sobre acontecimentos drásticos
Cquote1.png Corram pras colinas! Cquote2.png
Qualquer um sobre Flamewar
Cquote1.png Correr o CARALHO, ninguém vai me fazer correr pra essa PORRA de colina! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Correr para as colinas
Cquote1.png Run to the Hills! Cquote2.png
Iron Maiden sobre Homens Brancos que chegaram pra conquistar
Cquote1.png Na União Soviética, as montanhas correm pra VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Run to the Hills


Run to the Hills é uma das músicas mais conhecidas da banda-deus Iron Maiden, já que você não sabe inglês e muito menos interpretar texto, vamos explicar o que vem por trás da letra pra você, seu burro.

Índice

Explicando a letraEditar

A banda Iron Maiden em um momento de suas vidas supostamente criou uma Máquina do Tempo e viajou para o ano 1500. Sem o que fazer, decidiram ir pro Brasil beber uma caipirinha e pegar umas indiazinhas. Chegando aqui eles passaram meses na maior vida mansa, bebendo caipirinhas, bebendo água de coco, comendo bananas e é claro, indias também, todas elas peladas na praia mostrando o que tinha que mostrar. Quando de repende visualizaram dezenas de navios chegando pelo horizonte, eram os portugueses filhos da puta, eles chegaram atirando em todo mundo e pegando as indias pra fazer não se sabe o que, então foi o momento que eles gritaram e deram origem a uma das frases mais famosas, eles gritaram: RUN TO THE HILLS!.

Pedro Álvares Cabral que o diga.


  • O fundo poético retrata o desejo do ser interior da vontade humana-naturalista de buscar a liberdade e de protestar contra os maus atos cometidos por homens dominado pelo lado contra-positivista de seu eu em relação à busca de prazer-materialista.

Letra (retirada de fonte não confiável)Editar

 
Local para onde você deve correr
 
Índio que lutou bravamente contra os homens brancos invasores

RUN TO THE HILLS

White man came across the sea,
He brought us pain and misery
He killed our tribes, he killed our creed,
He took our game for his own need

We fought him hard, we fought him well,
Out on the plains we gave him hell
But many came, too much to Cree,
Oh will we ever be set free?

Riding through dustclouds and barren wastes,
Galloping hard on the plains
Chasing the redskins back to their holes,
Fighting them at their own game
Murder for freedom, a stab in the back.
Women and children and cowards attack

Run to the hills, run for your lives.
Run to the hills, run for your lives.

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Soldier blue in the barren wastes,
Hunting and killing for game
Raping the women and wasting the men,
The only good Indians are tame
Selling them whiskey and taking their gold,
Enslaving the young and destroying the old

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

Run to the hills, run for your lives
Run to the hills, run for your lives!

TraduçãoEditar

 
Índio que correu pras colinas juntamente com seu macaquinho

Corram Para As Colinas

O homem branco
Veio pelo mar
Nos trouxe espelhos
E dst
Comeu nossas filhas
Matou nossos cachorros
E cagaram de porta aberta
Por própria necessidade

Nós limpamos tudo duramente
Nós os tratamos bem
Saindo das planícies
Nós demos o conforto a eles
Mas muitos vieram
Demais para crer
Oh, será que algum dia
Estaremos usaremos um tênis Nike?

Cavalgando pelo mato sujo de
Merda e desertos secos
Galopando bravamente
Pelas planícies
Fugindo dos peles-vermelhas tarados
Eles querem nossos buracos
Infringindo-os ate virar carne
Assassine pela liberdade,
Uma encoxada pelas nas costas
Mulheres, crianças
Eles comeram todos

 
Os portugueses filhos da puta chegando ao Brasil

Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas

Pilula azul
Eles estavam secos, áridos
Caçando
E atrás de nossa carne
Estuprando as mulheres
E arruinando os homens
Os únicos índios bons
Estão domados (sado-masoquismo)
Vendendo o corpo
E levando no couro
Escravizando os mais jovens
E sodomando os velhos

Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas
Corram para as colinas
Corram por suas vidas

...concebido em liberdade
E dedicado à não felação
De que todos os homens
Tem sua vez...
Agora é minha vez.

Veja TambémEditar