Abrir menu principal

Desciclopédia β

São José do Vale do Rio Preto

Bandeira rj.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.

Cquote1.png Você quis dizer: Mato Cquote2.png
Google sobre São José do Vale do Rio Preto

Cquote1.png São José do Vale do Rio Afrodecendente! Cquote2.png
Politicamente correto sobre São José do Vale do Rio Preto

Cquote1.png Que merda é essa? Cquote2.png
Você sobre São José do Vale do Rio Preto

São José do Vale do Rio Preto é uma vila cidade flamenguista fluminense. Graças aos seus caipiras plantadores de chuchu fundadores ela obtem o título de fim de mundo município com o maior nome da nossa mal amada pátria.

Índice

Características greográficasEditar

Embora seu nome seja gigantesco, isso não equivale ao seu território. Os visitantes reclamam de não conseguir se localizar nessa mata cidade, já que ora estão em Petrópolis, ora em Teresópolis, mas nunca em seu verdadeiro destino. São José do Vale do Rio Preto consegue ser mais abandonada que sua prima paulista distante, São José do Rio Preto. Tendo apenas:

 
Rua principal de São José.
  • Um rio desprezivelmente poluido pela cidade vizinha;
  • Mato;
  • Poucas estradas de lama (de onde nenhum meio de transporte escapa);
  • Maconheiros por todo o redor
  • Mato;
  • Mais mato.


Organização do núcleo urbanoEditar

São José do Vale do Rio Preto conta como duas únicas áreas "urbanas":

- A Praça da Igreja Matriz onde se reúnem os fanáticos religiosos (trancados na igreja) e seus filhos metidos a playboys e patricinhas (embora sejam típicos caipiras).

- A Estação, onde se agrupam os pinguços da cidade.

-

Nativos típicosEditar

Os caipiras habtantes desse pedaço de nada lugar são todos parentes e se dividem em quatro grupos:

- Os favelados que moram no morro;

- Os póbri que moram na beira do rio.

- Os rico que trabalham na prefeitura nos cargos em comissão, de 4 em 4 anos.

- Os fudido que trabalham na prefeitura nos cargos efetivos a vida toda, recebendo um dos piores salários do Estado do Rio de Janeiro.

Essas criaturas esquecidas pessoas tem como suas principais atividades diárias fofocar a vida de seus familiares (ou seja, da cidade toda) e plantar, vender e comer chuchu.Incrivelmente a minguada população tem belas mulheres e homens feiosos, que tem o irritante sotaque, trocando o "nho" por "im". Por exemplo: O meninim foi di bicicreta caça nim de passarim. (Tradução: O menininho foi de bicicleta caçar ninho de passarinho).

Outro aspecto peculiar dos vale-rio fudidospretanos é o modo como se referem às pessoas. Exemplo disto é: "Poxa, você não sabe quem é? É filha 'di' Mário Jorge, subrin 'di' José Carlos,não lembra ?"

Também ficam escrevendo o nome da cidade diferente para chamar atenção. por exemplo:"saum joseh". (tradução: "são josé").

Outro aspecto deste povo é o amor e orgulho de seus habitantes mais endinheirados e de caráter altamente duvidosos, que frequentam diariamente as páginas das colunas policiais de todo o país, mas que por terem muita grana, são os "queridinhos da Vila Jagatá cidade".

Curiosidades sobre São José do Vale do Rio Preto já cansei de escrever esse nomeEditar

 
Musa do carnaval 2010 de São José.
  • A maior parte dos automóveis da região são caminhões de chuchu, galinha ou caqui. O resto são carroças;
  • A cidade conta apenas com uma rua de mão dupla;
  • O time de futebol de maior expressão da cidade é uma equipe virtual chamada Riopretano, que joga na II Divisão do Campeonato Nacional de Hattrick (www.hattrick.org), seguida de longe... bem longe!!! perto pelo Vascoboll12, Craques do Futuro, D.Mengão, Imbatível.F.C, A.R.A e Canela Seca F.C, que são grandes bostas times.
  • Essa mesma rua é a única que possui calçadas, as mesmas tem 10 centímetros do lado direito e 7 do lado esquerdo;
  • São José do Vale do Rio Preto elege dois ladrões prefeitos (Folhão e Faraco) desde sua fundação alternando-os para roubar dirigir a prefeitura desde 1987;
  • A Unidos de Santa Fé que é a única escola de samba da cidade e anualmente desfila na Estação para seus cidadãos;
  • A maior parte das madrinhas de bateria dessa "escola de samba" era, na verdade, um travesti;


  • A música "Águas de Março" de Tom Jobim, foi escrita num momento de tédio quando o dito músico de fossa-nova bossa-nova atolou por São José do Vale do Rio Preto num dia de chuva;
  • A música de Tom Jobim dizia tudo sobre a cidade, é pau, é pedra é o fim do caminho;
  • O maior ponto turístico de São José é a Escola Municipal Bianor Martins Esteves, pois é uma grande ponto de pesca, por haver uma grande quantidade de piranhas, mas tome cuidado para não engasgar, elas tem muitas espinhas;

São JoseEditar