Abrir menu principal

Desciclopédia β

S/2003 J 15

S/2003 J 15 antes de ser engolida pelo Buraco de verme.

S/2003 J 15 é uma lua de Júpiter conhecida não só pelo fato de ter um nome chato típico de algum ramo da ciência, mas também por ter sido "supostamente" (ou seja, é mentira) trazida para a órbita de Júpiter quando um grupo de extraterrestre evangélicos estavam fazendo peregrinação para a Via Láctea e precisavam de um imóvel muito barato para instalarem sua primeira capela.

Os cientistas descobriram e botaram a boca na botija (ui!), espantando os ETs do sistema solar.

S/2003 J 15 é uma das poucas luas que aparecem nessa foto. Olhe ali! Ela está no meio! Não está vendo? Mas que droga, não?

Índice

DescobrimentoEditar

Um grupo de nerds que se dizem astrônomos (no fundo todos são astrônomos, é só saber desenhar o globo terrestre...) estava monitorando o céu procurando a estrela T Pyxidis da constelação de Pisces.

Quando notaram que a estrela se movia alguns centímetros minúsculos, quase idiotas, eles repetiram a mesma coisa que os estudantes faziam quando descobriam que estavam observando algo inútil: acharam que era um satélite, deram um nome sem nexo para ele (no caso, S/2003 J 15) e deixaram toda a burocracia para os astrônomos.

EtimologiaEditar

O motivo para o nome foi uma espécie de brincadeira, uma batalha naval diferente onde se dizia número de 1 a 40 e que se dizia por exemplo, a inicial do planeta. S/2003 J 15 teria derrubado um navio inteiro, e os cientistas estavam perdendo para os astrônomos nessa batalha naval forçada deles.

Fora esse jogo doido, não tem mais nenhum motivo pelo código de barras dado para esse e mais outros satélites naturais.

CaracterísticasEditar

Antigamente, a lua que foi trazida de um sistema solar muito distante, teria sido usada por extraterrestres evangélicos que queriam fazer peregrinação e cobrar dízimo de todas as raças da Via Láctea.

Como os cientistas eram dedos-duros e não gostaram dos alienígenas religiosos, fizeram tudo o que um bom ateu faria: jogar uma bomba nuclear na lua e destruir tudo de vez.

De fato, S/2003 J 15 foi destruída e ficou menor do que realmente era. As únicas características restantes são as pedras e a cor cinzas.

Ver tambémEditar