Abrir menu principal

Desciclopédia β

Santa Bárbara de Goiás

Santa Bárbara de Goiás, dizem as más línguas que é um município de Goiás, eu não acredito muito, aquilo ali mais me parece um milharal cheio de espantalhos.

Índice

HistóriaEditar

 
Povo de Santa Bárbara de Goiás no horário de almoço.

Os primórdios dessa currutela datam do século XIX, quando os bandeirantes, cabra-machos que exploravam o Inferno atrás de índias seminuas, se perderam para sempre quando encontraram o mato onde hoje está Santa Bárbara de Goiás. Aceitando o destino cruel, aqueles bravos homens iniciaram a construção de pequenos casebres por ali.

Em 1889 aquele conjunto insignificante de miseráveis ganha mais notoriedade com a construção da "estrada real" que ligava Rio de Janeiro à Macchu Picchu passando por Santa Bárbara de Goiás. Isso trouxe grandes avanços ao primitivo acampamento que evoluiu para um vilarejo de 7 pessoas.

Em 1927 alguma pessoa de senso de humor trouxe ao vilarejo uma estátua de pau oco de Santa Bárbara onde deixou num barraco que ele denominou como igreja. Como se sabe, o povo do interior é muito fiel ao catolicismo e só por causa dessa estátua, Santa Bárbara de Goiás crescia a cada domingo, quando caipiras brotavam na igreja para deixarem seu dízimo.

Atualmente é mais um desses insignificantes, inúteis, imprestáveis e irrelevantes municípios do interior que ninguém se importa. Conhecido por suas ruas feias, casas feias, mulheres feias, comida feia, trabalhos feios e fezes de cavalo espalhadas pelas ruas da cidade.

EconomiaEditar

A economia de Santa Bárbara de Goiás depende completamente do comércio de leite em saquinho. Abriga também a única fábrica de manteiga desnatada do mundo.

A GO-060 que liga Santa Bárbara à civilização a 42 km em Goiânia, também movimenta a economia por estar repleta de postos de gasolinas, bocas de fumo e puteiros.

Pela falta de escolas por perto, a prefeitura disponibiliza um ônibus que vai lotado para a "capita", o ônibus é para os estudantes, mas caroneiros insistem em não deixar os estudantes sentarem e dormem em seus assentos.

PopulaçãoEditar

Cidade formada por 6000 habitantes descontando-se os vira-latas, galinhas e pulgas. A população nunca saiu desse número, porque para cada criança que nasce alguém tem que fugir da cidade.

CulináriaEditar

Além do tradicional pão de queijo e bolo de fubá, a culinária de Santa Bárbara de Goiás é muito conhecida pelos sanduíches de lombinho de porco com queijo minas e as rodelas de cenoura no café da manhã.

TecnologiaEditar

Internet via radio lá é novidade. Lá pega YouTube! Que beleza!