Abrir menu principal

Desciclopédia β

Santa Esmeralda

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Santa Esmeralda
[[Imagem:{{{imagem}}}|200px]]
{{{legenda}}}
Origem Madruga e amigos
País hispânico/latina/mexicana/acreana
Período 1970-1975(Sants Esmeralda), 1975-1985 (Santa Esmeralda nova fase, 1985-1990 (Madruga e Girafales)
Gênero(s) folk/rock/reggae/blues/sertanejo
Gravadora(s) Uma casa muito engraçada
Integrante(s) Seu Madruga (Voz e violão) e Girafales (Contrabaixo e bateção de pé)
Ex-integrante(s) Mãe Dinah( Macumba e guitarra), Touro (Chifres e bateria), Maurício de Souza (Criação de capas e tambor), Bandido (Marketing e violino), Chapolin Colorado (Astúcia e Teclado), Ruinvaldo (Ruindade e Bandolin)
Site oficial {{{site}}}


HistóriaEditar

 
Santa Esmeralda nas paradas de sucesso
 
Capa do LP 1970

Santa Esmeralda é uma banda hispânico/latina/baiana/acreana de folk/rock/reggae/blues fundado em 1970.

Sua formação original era: Seu Madruga, Mãe Dinah, Chapolin Colorado, Maurício de Souza, Touro, Bandido, e Ruinvaldo.

A banda durou 5 anos com Madruga, depois a banda acabou e Seu Madruga fez com prof. Girafales e Chapolin Colorado a nova fase da banda. Em 1985 Chapolin saiu e Madruga e Girafales continuaram com a dupla, mas só lançariam mais 2 CDs 5 anos depois.

 
O prato favorito da banda

HitsEditar

Santa Esmeralda:

  • Glória(em homenagem à vizinha do Seu Madruga)
  • Uma casa muito engraçada (Regravada de The Animals)
  • Don't let me be Miss Underworld (regravada de The Animals)

Hits da Nova fase:

  • Que bonita a sua roupa
  • Lá vêm o Chaves
  • Tema do Seu Madruga
  • Somos cafonas sim (participação especial: Velha Carcomida)
  • Tema da Chiquinha
  • Tema do Quico
  • Glória(regravado)

DiscografiaEditar

Santa Esmeralda:

  • Legal - 1970
  • Santa Esmeralda - 1971
  • New Orleans - 1973
  • Jou, Jou, Jou Esse Madruga é muito Doidão! - 1975
  • Sant Esmeralda (nova fase):
  • Que bonita a sua roupa - 1977
  • Vila - 1978
  • Que legal, que legal, o peidão do meu titio - 1980
  • Pessoal - 1981
  • Só não te dou outra porque! - 1983

Madruga e Girafales:

  • Discoteca do Madruguinha - 1990
  • Discoteca do Linguiça - 1990