Abrir menu principal

Desciclopédia β

Satélites de Urano

Urano possui 27 satélites, até que é muito, mas é menos que Júpiter e Saturno, e quem se interessa por Urano? E por seus satélites... ninguém nunca irá lá mesmo para conferir. Quem garante que esses 27 satélites não foram inventados só para que meia-dúzia de astrônomos da NASA não tivessem seu orçamento de milhões de dólares cortados por ausência de resultados?

Índice

História das descobertasEditar

 
Cartaz turístico promocional da NASA demonstrando como seria passar um verão em Titânia onde o Sol permanece eternamente no horizonte.

O primeiro desocupado sem nada de melhor para fazer da vida que descobriu alguma Lua em Urano foi William Herschel em 11 de janeiro de 1787. Nessa ocasião ele descobriu... descobriu a lua... er... tanto faz qual lua ele descobriu.

Quase 1 século mais tarde, em 1851, William Lassell descobriu dois novos satélites que deu o nome de Ariel e Umbriel por ser fã de Pequena Sereia.

Só em 1948, Gerard Kuiper enquanto estava num McDonald's, após uma intoxicação alimentar, teve seu espírito teletransportado para os confins do sistema solar onde conseguiu observar os demais cinco grandes satélites de Urano.

Posteriormente a nave Voyager 2 da Missão Star Trek descobriu mais 10 satélites em Urano. Essa Voyager 2 se mostrou tão ineficiente que mesmo tendo passado pertinho de Urano não conseguiu detectar os outros 12 satélites descobertos em 2003 pelo Telescópio Espacial Hubble, conhecido como Grande Irmão do espaço.

NomenclaturaEditar

John Herschel foi o maluco que teve a ideia para os nomes dos dois primeiros satélites de Urano. Como já tinha os nomes da mitologia grega já estava exaustivamente utilizados, existindo até asteroide com o nome da tia da concunhada da vizinha do Hércules. Como a ideia de chamar os satélites de "Urano I" e "Urano II" parecia meio idiota, Herschel teve uma ideia mais idiota ainda, nomeá-los de Titânia e Oberon, justificando que adotaria para os satélites de Urano nomes de personagens das historinhas de Alexander Pope e William Shakespeare, apesar deles não terem nada a ver com o Urano da mitologia.

Posteriormente, quando dezenas de satélites novos foram sendo descobertos, a União Astronômica Internacional oficializou que os satélites de Urano deveriam se chamar apenas de personagens das fanfic hentai shakespereana, especialmente The Tempest, O Cafetão de Veneza ou A Pequena Sereia.

GruposEditar

  • Satélites interiores - Pequenos flocos de gelo criados dentro dos Aneis de Urano. Interessam muito aos astrônomos devido à possibilidade de transformá-los em raspadinhas gigantes de diversos sabores.
  • Satélites principais - Urano possui 5 grandes satélites. Todos mais sem vida e sem graça que a Lua da Terra.
  • Satélites irregulares - Grupo de 9 cometas distantes que estavam vagando felizes pelo sistema solar até serem acidentalmente capturados por Urano.

SatélitesEditar