Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sede

Tubarão.jpg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.


Cquote1.png Água? O que é isso? Cquote2.png
Nordestino sobre Água
Cquote1.png Na União Soviética, a água bebe VOCÊ Cquote2.png
Reversal Russa sobre Sede

Antídoto para sede.

A Sede, é uma doença que pode ser fatal ao organismo se não tratada. Por enquanto, não existe cura permanente, mas a doença pode ser “curada” temporariamente ingerindo-se água, ou, se você for americano, Coca-Cola . Sede também pode se referir ao desejo excessivo de realizar alguma coisa no ato, como a sede de punheta (a mais comum entre os homens).

História da sedeEditar

Até onde se sabe, a sede existe desde que os seres vivos existem, sendo assim a doença mais antiga ainda existente. Ela nasceu na Grécia antiga, e como ainda não descobriram um modo de trata-la, muitos gregos acabaram morrendo, e é por isso que os gregos viraram escravos dos romanos. A primeira pessoa à descobrir a água foi Tales de Mileto, que ficou tão impressionado, que achou que ela era o princípio de todo o universo. Logo depois, os russos começaram a sentir sede, e já que a água era fraca demais para eles, os russos criaram a vodca. Atualmente, a sede está em todo mundo, porém, por enquanto, a maioria tem água para suprir a doença.

PandemiaEditar

A sede, como citado anteriormente, já atingiu todo o mundo. Os continentes com crise de sede são a África, o Oriente Médio, e a América do Sul, principalmente no Nordeste do Brasil. O principal antídoto para sede, a água, ainda está em abundância em países ricos, mas presume-se que estará em falta em alguns anos, e isso vai gerar a Terceira Guerra Mundial, onde os nazistas vão ressuscitar Hitler , e a Reversal Russa vai se tornar realidade no mundo todo.

 
Reserva de água