Seleção Antiguana de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Antígua e Barbuda
Antígua escudo.png
Lema: À procura de um milagre
Local: Saint John's
Confederação: CONCACAF
MELHOR Resultado: 10-0 contra as Ilhas Virgens Americanas (11 de Outubro, 2011)
PIOR Resultado: Derrota de 11-1 pra Trinidad e Tobago (10 de Novembro, 1972)
Fornecedor: Barba Negra
Apelido: The Benna Boys
Ídolos: Peter Byers, Derrick Edwards
Mascote: Alces
Hino:
Títulos: Taça Perdidos no Oceano


Cquote1.svg Não posso descrever minha emoção ao narrar um jogo da Antígua e Barbuda Cquote2.svg
Tiago Leifert sobre Seleção Antiguana

Seleção caribenha da América Central formada pelos homens mais antigos e barbudos do mundo inteiro. Nunca se destacou em nada, o melhor resultado foi um 4° lugar na Copa do Caribe (um torneio mais inútil do que feriado em domingo) em 1998, perdendo pra Jamaica de Bob Marley por apenas 1-0. Nunca participou nem de Copa do Mundo nem de Copa Ouro da CONCACAF.

HistóriaEditar

 
Peter Byers, grande jogador antiguano sendo encouchado.

Conta-se que Fidel Castro, com sua barba de bode, governava a sua pacata ilha de Antígua e Barbuda, que ele escolheu para que todos os barbudos do mundo pudessem viver em paz sem virarem motivo de chacota. Eis que um dia Fidel, passando pela bela e deserta praia da ilha, viu o esquilo da Era do Gelo chutando nozes. Então ele teve a ideia de criar um esporte onde se chutavam nozes, latinhas e outros lixos (a pobreza da ilha era muita). Desde então, na ausência de mulheres, os velhinhos e barbudos do local se divertem chutando merda enquanto não vem outro furacão lá pras bandas do Caribe.

Eliminatórias da Copa do Mundo 2014Editar

Depois de passar tranquilamente pela segunda fase ficando em primeiro lugar num grupo cheio de seleções fortes: Haiti, Coração Curaçao e Ilhas Virgens Americanas, foi humilhada na terceira fase quando pegou seleções mais casca-grossa: Jamaica, Guatemala e o todo-poderoso Estados Unidos, ficou afundada na lanterna do grupo com apenas 1 ponto conquistado num 0-0 suado com a Jamaica (12/06/2012), destaque também num jogo contra os EUA (12/10/2012) no qual estava segurando um 1-1 cagadíssimo mas aos 44' do segundo tempo Eddie Johnson acabou com a festa antiguana. Como não tem campo decente no país, Antígua jogou em "casa" em estádios de outros países do Caribe.

 
Seleção antiguana tentando segurar a trolha pressão dos Estados Unidos.

EscalaçãoEditar