Seleção Galesa de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

País de Gales
Gales Escudo.png
Lema:
Local: Cardiff
Confederação: UEFA
MELHOR Resultado: País de Gales 11-0 Irlanda em Wrexham (03/03/1888)
PIOR Resultado: Escócia 9-0 País de Gales em Glasgow (23/03/1878)
Fornecedor: {{{Fornecedor}}}
Apelido: Os Cagões Dragões
Ídolos: Gareth Bale, Ryan Giggs, Ian Rush, John Charles, Ivor Allchurch e Simon Church Mark Hughes
Mascote: Um dragãozinho sem fogo
Hino: Terra dos Meus Pais
Títulos: {{{Títulos}}}


Cquote1.svg Você quis dizer: Gareth Bale mais 10 Cquote2.svg
Google sobre Seleção Galesa de Futebol
Cquote1.svg Tem eu também! Cquote2.svg
Aaron Ramsey, se achando bom jogador, sobre a afirmação acima
Cquote1.svg E isso existe? Cquote2.svg
Idiota desinformado que não conhece o Reino Unido sobre Seleção Galesa de Futebol
Cquote1.svg Isso é uma vergonha! Cquote2.svg
Bóris Casoy sobre a quantidade de Copas com a presença do País de Gales
Cquote1.svg É tão ruim que minha presença não foi o suficiente Cquote2.svg
Ryan Giggs sobre participar de Copa do Mundo e Euro

A Seleção Galesa de Futebol nada mais é que uma entidade futebolística formadora de jogadores perna de pau e não é conhecida porque falhou como vários times anteriores: quase não participou de Copas do Mundo, só a de '58. Os maiores ídolos dessa seleção até hoje foram John Charles, Ivor Allchurch, Ian Rush, Mark Hughes (mesmo só tendo marcado 16 gols pela seleção), Ryan Giggs e agora, Gareth Bale. Entre os perebas que já passaram ou passam por essa seleção estão Jonathan Williams, Darcy Blake, etc.

Saudoso antigo escudo da seleção, bem mais bonito do que o novo que é tão cru que parece marca de carro.

HistóriaEditar

 
Rubinho triste ao saber o resultado do 1º jogo.

É uma das seleções mais velhas do mundo, fundada apenas em 1876 (sim, já existia futebol na época) e também por inveja das irmãs inglesa e escocesa. Na época faltaram jogadores para a primeira da seleção então, os fundadores construiram uma máquina do tempo para recrutar o Tabajara e assim jogar contra os homens de saia. E assim aconteceu o vexame: 4-0 para a Escócia naquele 26 de Março com tempo horrível em Glasgow (até hoje a seleção afirma que beberam o wisque oferecido pelos escoceses, motivo do fiasco do time na partida). Em 1956, a seleção oferece algumas bombas e caças para a seleção israelense e assim participaram da única Copa do Mundo em 1958.

Na copa de 1958 , fizeram uma atuação meia-boca e nas quartas acabaram sendo eliminados pelo Brasil , com o único gol de Pelé , foi desse jogo que saiu a expressão de Professor Girafales.

  GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL , DE PELÉ  
Professor Girafales

Eliminatórias Euro 2012Editar

Os jogadores do time ainda nem sabiam limpar o próprio rabo direito na época e Bale praticamente jogava sozinho, resultado: não conseguiram a classificação para a eurocopa. Já começou perdendo de 1-0 pra Montenegro, depois derrota em casa pra Bulgária por 1-0 em casa depois um outra de 4-1 pra Suíça, seguido de uma derrota de 2-0 no duelo britânico com a Inglaterra. Finalmente venceu a primeira no 2-1 sobre Montenegro, aí perdeu de novo pra Inglaterra de 1-0 e com Earnshaw perdendo um gol feito e entrando pro Zoação Esporte Clube do Esporte Interativo, depois venceu a Suíça por 2-0 mas a essa altura já não adiantava mais nada e pra fechar ganhou da Bulgária em Sófia com um gol solitário de Bale, fechando o Grupo G em penúltimo com 9 pontos.

Eliminatórias Copa do Mundo 2014Editar

A seleção na época ainda era bem zuada e dependia muito de Bale, então a classificação pra copa do mundo no Brasil era bem improvável, e não deu outra, foi uma campanha vergonhosa com os galeses. Já começou perdendo pra Bélgica de 2-0 em casa, depois tomou um histórico 6-1 da Sérvia em Novi Sad com Bale e tudo (que fez o gol de falta) jogo em que Gales jogou de preto (sabe o que isso significa? Nada), finalmente na terceira rodada venceu a primeira no clássico contra a Escócia de virada por 2-1, com Bale fazendo os dois gols pra variar e ainda teve um gol anulado duvidoso de Fletcher e o pênalti duvidoso no gol de empate de Bale (pelo jeito os bandeirinhas e o árbitro Florian Meyer foram comprados), mas voltou a perder de novo pra Croácia por 2-0 em Osijek e o povo já começou a pedir a cabeça do técnico Chris Coleman. No quinto jogo, debaixo de neve, venceu a Escócia de virada por 2-1 em Glasgow, nesse jogo Bale não viu a cor da bola e foi substituído no segundo tempo. No jogo com a Croácia em Cardiff Bale abriu o placar de pênalti e tudo caminhava para uma vitória importante, mas pra você ver o azar desse time mesmo com uma defesaça de Boaz Myhill no segundo tempo, ele levou um perusaço num chute de Lovren e 10 minutos depois o brasileiro Eduardo virou o jogo para os croatas, foi o último jogo de Bale na competição. No jogo seguinte, Bale ficou no banco e o time conseguiu perder para a Macedônia por 2-1 e a chance de se classificar que já era quase impossível foi por água abaixo, e ainda tomou outra enfiada da Sérvia de 3-0 em Cardiff e os jogadores já estavam querendo vaselina. No penúltimo jogo conseguiu cagadamente se vingar da Macedônia com uma vitória de 1-0 com gol de Simon Church (que ainda perdeu um pênalti) e no último jogo da vergonhosa campanha conseguiu o milagre de empatar em 1-1 com a Bélgica em Bruxelas, mesmo sem Bale que estava ocupado no Real Madrid e não ia jogar no time que só 'tava cumprindo tabela. E assim terminou Gales em penúltimo lugar no Grupo A, apenas a frente dos macedônios, com 10 pontos, mas mesmo assim o treinador Chris Coleman ficou no time.

Eliminatórias Euro 2016Editar

Depois da campanha pífia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, onde só somou míseros 10 pontos, mantiveram Chris' Coleman no cargo e apostaram no trabalho dele para as Eliminatórias da Euro 2016 (MMXVI), não se sabe se ele fez ritual de macumba ou magia negra mas em 2014 a seleção teve um surto repentino de qualidade e aquele bando de maricas aprendeu a jogar bola. Começou a competição de foram duvidosa vencendo Andorra de virada por 2-1 fora de casa com dois gols de Bale (que estava com um cabelo horrível) e após o gol da virada de falta alguns torcedores alucinados invadiram o campo para comemorar e depois aparece Bale pedindo calma aqueles vândalos. Quem viu pensou que, vencendo uma seleção merda como Andorra no sufoco, a história iria se repetir, mas no jogo seguinte conseguiu um 0-0 com a Bósnia (os jogadores estavam tão acostumados com humilhações que comemoraram um empate!), depois venceram o Chipre (Freguês da Bélgica) por 2-1 e seguraram um 0-0 com a Bélgica em Bruxelas e comemoraram como se fosse um título. No quinto jogo, meteu 3-0 em Israel em Haifa com Bale jogando muito e marcando 2 gols, depois venceu a Bélgica com um gol solitário de Bale (que recebeu a assistência de Radja Nainggolan e Gales conseguiu subir para o décimo lugar no ranking da FIFA. Venceu o Chipre por 1-0 em Nicósia com Bale marcando de cabeça, depois empatou sem gols com Israel em Cardiff. No penúltimo jogo, mesmo perdendo de 2-0 para a desesperada Bósnia, como Israel conseguiu perder para o Chipre por 2-1 em Jerusalém, Gales conquistou a classificação inédita para uma eurocopa, para cumprir tabela venceu Andorra na última rodada por 2-0, Bale e Ramsey fizeram os gols, terminando em 2° no Grupo B com 21 pontos atrás da Bélgica.

Eurocopa 2016Editar

O primeiro gol da seleção em eurocopas foi marcada por Bale de falta contra a Eslováquia em Bordeaux, que ainda empatou com Duda mas num chute bem cagado Robson-Kanu fez o gol da vitória. No segundo jogo enfrentou a vizinha Inglaterra, Bale abriu o placar de falta com um frangasso de Hart, mas Vardy e Sturridge viraram para o English Team. No último jogo da fase de grupos enfiou 3-0 na Rússia com Ramsey (o gol dele vitimou Benoîte Groult, escritora francesa), Taylor e Bale e se classificaram em 1° no Grupo B. Nas oitavas venceram na sorte na Irlanda do Norte com um gol contra de Gareth McAuley (ainda do West Bromwich Albion na época) e protagonizou um jogo maluco com os belgas nas quartas-de-final, depois da Bélgica abrir o placar num chute de fora da área com Nainggolan (com uma falha terrível de Hennessey), o zagueiro Ashley Williams empata de cabeça e no segundo tempo o espírito de Johan Cruyff baixa em Robson-Kanu que faz uma jogada no estilo do holandês e vira o jogo, e Gales ainda fez 3-1 com Vokes de cabeça (é o único jeito que ele sabe fazer gol) num cruzamento de Bale. E o conto de fadas galês acabou na semifinal, derrota de 2-0 para Portugal com um gol de um tal de Cristiano Ronaldo e outro de Nani, Gales terminou em 3° lugar, nem o mais iludido otimista torcedor galês imaginaria uma zebra como essa, quase que foi campeão.

Eliminatórias Copa do Mundo 2018Editar

A medíocre seleção teve a grande chance de se classificar para o mundial da Rússia em 2018, o time vinha embalado com a cagada de ficar em 3° na eurocopa, e Bale teve a melhor chance de jogar uma copa do mundo na vida, mas...

Começou com um 4-0 tranquilo sobre o lixo da Moldávia, aí depois veio um 2-2 com a Áustria de Alaba e as coisas começaram a ficar preocupantes com um empate suadíssimo com a Geórgia em casa por 1-1 e a Geórgia ainda meteu uma bola na trave (o que deve ter feito uns 33 torcedores galeses no Cardiff City Stadium infartarem). O time vencia a Sérvia por 1-0 com um gol de Bale mas aos 40' do segundo tempo a maldição dos empates continuou e Mitrović empatou para os sérvios, e não parou por aí, 0-0 com a Irlanda e outro 1-1 com a Sérvia, 5 empates seguidos! Finalmente os cabaços voltaram a vencer, 1-0 sobre a Áustria, depois um 2-0 suado sobre a Moldávia em Chişinău, depois um 1-0 sobre a Geórgia em Tbilisi. E então veio o jogo de vida ou morte com a Irlanda em Cardiff na última rodada, se o time empatasse iria pelo menos a repescagem. O dia 9 de outubro de 2017 com certeza ficará marcado pra sempre na história do País de Gales, Bale não jogou porque 'tava quebrado, e James McClean acabou com o sonho dos Dragões marcando o gol da vitória para a Irlanda, os galeses entraram em depressão depois desse jogo.

Eliminatórias Euro 2020Editar

Pra tentar amenizar um pouco da dor da não classificação ao mundial da Rússia, o mínimo que esses boçais deveriam era se classificar pra Euro 2020 para os galeses terem algum orgulho do povoado país. Pegou um grupo beeem enjoado, Croácia, Eslováquia, Hungria e Azerbaijão (Grupo E), o apuramento foi meio difícil, começou vencendo a Eslováquia por 1-0 com um gol de Daniel James (nascido na Inglaterra) logo no começo do jogo, depois cagou contra a Croácia perdendo de 2-1 e pra Hungria de 1-0, deixou os torcedores um pouco mais aliviados vencendo suado o Azerbaijão por 2-1 em Cardiff, depois empatou em 1-1 com a Eslováquia em Trnava e empatou de novo em 1-1 com a Croácia, a essa altura os torcedores já não estavam tão otimistas com a classificação, a esperança reacendeu com a vitória de 2-0 sobre os azeris em Baiacu Baku e na última rodada Gales selou a classificação com dois gols do assassino de celebridades Aaron Ramsey (vitimando Gugu) contra a Hungria na última rodada, se classificando com 14 pontos em 2° no grupo atrás da Croácia com 17. Bale foi bem mais econômico na competição, nos 8 jogos foram só 2 gols e 1 assistência, a pior eliminatória dele desde que se ficou famoso, ele estranhamente tem broxado (igual a um certo alguém) ultimamente.

 
Kieffer Moore treinando ginástica.

Ver tambémEditar