Seleção Letã de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Cquote1.svg ¡¿Como esse time conseguiu jogar a Euro de 2004?! Cquote2.svg
Qualquer torcedor impressionado com essa zebra inacreditável
Cquote1.svg Seis... Cquote2.svg
Torcedor austríaco fazendo o sinal de 6 com as mãos para um letão
Cquote1.svg Seis... Cquote2.svg
Torcedor holandês fazendo o sinal de 6 com as mãos para um letão
Cquote1.svg O time é ruim, o goleiro é pior Cquote2.svg
Comentarista esportivo sobre Pāvels Šteinbors
Cquote1.svg Essa é a seleção do Soteldo Cquote2.svg
Carla Perez sobre a Seleção Letã
Cquote1.svg Dos bálcãs você é o pior time Cquote2.svg
Seleção Lituana de Futebol sobre a Seleção Letã

A Seleção Leitão Letã de Futebol, ou seja lá o esporte que esses jogadores horríveis praticam, é um time extremamente competitivo, no quesito quem perde mais jogos na Europa, tanto que hoje se você sair na rua com uma camisa da Letônia 🇱🇻, você é humilhado por causa da bosta que esse time é.

HistóriaEditar

 
'Tá aí o maior jogador da história da seleção, Māris Verpakovskis, pensando na morte da bezerra vida.

A seleção foi criada graças a ferreiros russos que trabalhavam num metrô em Riga e não tinham muito entretenimento, então resolveram chamar os parças pra bater uma bola num campo de batalha na Primeira Guerra Mundial usando uma bola de couro e se divertiam muito enquanto ouviam tiros e aviões passando. Daí um deles teve uma ideia brilhante, dizendo que eles poderiam representar seu país através do futebol, montando assim uma seleção. Eles realizaram um teste contra alguns jogadores eslovenos num campo de barro (partida não-oficial), mas levaram a maior surra perdendo de 14-2 (isso com o goleiro adversário sendo um boneco) e terminaram com as roupas imundas e rasgadas e resolveram abandonar a ideia de jogar futebol e que seria melhor voltar para o metrô, porém o metrô foi explodido por uma bomba de soldados alemães e não restou outra alternativa a não ser continuar com o futebol.

A primeira partida oficial foi contra os rivais bálticos, Estônia 🇪🇪, em 24 (olha a malícia!) de Setembro de 1922 em Riga, dessa vez os jogadores letãos tinham treinado mais e o jogo terminou 1-1. Durante a Segunda Guerra Mundial, não conseguiram jogar muito já que os soldados nazistas estavam confiscando as bolas e motivou os jogadores a entrarem no exército letão para terem condições de recuperar aquelas bolas.

 
O frangueiro Pāvels Šteinbors.

Eliminatórias Euro 2004Editar

Até hoje muitos se perguntam como a Letônia conseguiu chegar até a repescagem das qualificatórias da Eurocopa de 2004, num grupo que tinha Suécia 🇸🇪, Polônia 🇵🇱, Hungria 🇭🇺 e San Marino 🇸🇲 (que não conta), conseguindo vencer a Polônia e Suécia fora de casa por 1-0 e a Hungria por 3-1, fechou o grupo com 16 pontos em 2° lugar atrás da Suécia e foi para o play-off com a Turquia 🇹🇷, depois de uma vitória por 1-0 em Riga (gol de Māris Verpakovskis), no jogo da volta em Istambul, a Turquia vencia por 2-0 (gols de İlhan Mansız e Hakan Şükür), a Letônia diminuiu com Juris Laizāns e Māris Verpakovskis foi decisivo de novo e fechou o placar sacramentando a zebra e levando a pequena Letônia a sua primeira competição importante (fora a Copa Báltica).

Euro 2004Editar

 
Porradaria dentro de campo.

Não foi aqueeeeela campanha surpreendente, estreou perdendo de 2-1 pra República Tcheca 🇨🇿, depois conseguiu um 0-0 com a Alemanha 🇩🇪 (que também não passou da primeira fase) e fechou a competição perdendo de 3-0 pra Holanda 🇳🇱, concluindo assim sua humilde campanha em Portugal. E até hoje a Letônia está esperando o Krusty.

Eliminatórias Euro 2016Editar

A Letônia jogou no Grupo A junto com República Tcheca, Islândia, Turquia, Holanda, Turquia e Cazaquistão, resultado: não venceu nenhum jogo, 5 empates e 5 derrotas e lanterninha do grupo, e ainda tomou um 6-0 da Holanda que nem se classificou.

Eliminatórias Copa do Mundo de 2018Editar

Jogando contra Portugal, Suíça, Hungria, Ilhas Faroé e Andorra no Grupo B, foi outro fiasco, somou só 7 pontos e foram apenas contra Andorra e Ilhas Faroé, terminando em 5° jogando feito um monte de moças.

Jogadores mais ou menos importantesEditar

  • Māris Verpakovskis
  • Juris Laizāns
  • Marians Pahars
  • Deniss Ivanovs
  • Artjoms Rudņevs
  • Vālerijs Šabala
  • Eduards Višņakovs
  • Aleksandrs Koļinko
  • Kaspars Gorkšs
  • Andris Vaņins
  • Aleksandrs Cauņa
  • Jānis Ikaunieks
  • Dāvis Ikaunieks