Abrir menu principal

Desciclopédia β

Seleção Marfinense de Futebol

Costa do Marfim
Cote dIvoire FA.gif
Lema: União, disciplina e elefante
Local: Costa do Marfim
Confederação: {{{Confederação}}}
MELHOR Resultado: {{{MELHOR Resultado}}}
PIOR Resultado: {{{PIOR Resultado}}}
Fornecedor: {{{Fornecedor}}}
Apelido: The elephants
Ídolos: Drogba
Mascote: Drogba
Hino: Um elefante incomoda muita gente
Títulos: {{{Títulos}}}


Seleção Marfinense de Futebol é aquela seleção laranja lá da África que todo mundo fala que é bom, que é grandes coisa, mas até hoje a Costa do Marfim não viu a cor da bola em copas do mundo. São conhecidos como Os Elefantes devido a seus dirigentes gordos e imprestáveis.

O hino do time é a marchinha: "Um elefante incomoda muita gente", pois o time só incomoda mesmo, durante anos nunca ganhou nada, só de uns tempos pra cá conseguiu ganhar algumas coisinhas inúteis.

Seleção Marfinense antes de DrogbaEditar

  A seleção marfinesa esteve presente nas Copas do Mundo de 2006 e 2010. Nas duas participações a seleção de Costa do Marfim foi eliminada na primeira fase. Os marfineses venceram a Copa das Nações Africanas de 1992. Na Copa do Mundo de 2010, mais uma vez foi eliminada na primeira fase, novamente no "Grupo da Morte"enfrentando, no Grupo G, Brasil, Portugal e Coreia do Norte, obtendo uma vitória, um empate e uma derrota.

Seleção Marfinense depois do DrogbaEditar

 
Costa do Marfim em mais uma longa disputa de pênaltis... Não deu pra segurar...

Didier Drogba, menino das florestas, tal qual Mogli unificou a nação marfinense, dividida por uma guerra civil, devolvendo esperança para aquele povo sofrido. Drogba sempre marcou os jogos em casa da Costa do Marfim nas cidades que eram focos de rebeldes, mas o objetivo não era bem a paz, mas intimidar as seleções adversárias que sabiam que não saíriam vivas dali se ganhassem por acaso o jogo, muito menos o árbitro.

A Costa do Marfim se destacou na África por protagonizar duas decisões de penalidade com duração de mais de 2 horas, vencendo por 12 a 11 Camarões, e 11 a 10 Gana válidas por aqueles torneios boca-telha africanos.

Em 2006 participa de sua primeira Copa do Mundo, e cai justo no grupo da morte, onde incomoda a Argentina e Países Baixos, mas perde ambos jogos, e ainda tem que cumprir tabela e vencer a então fraca Sérvia, depois de passear e comer uns chucrutes na Alemanha, a Costa do Marfim volta pra casa mais cedo.

Para a Copa de 2010, a Costa do Marfim pegou grupos facílimos e nenhum adversário de tradição como Burkina Faso e Malawi... Mesmo assim consegue a grande competência de ficar empatando com Madagascar, Botswana e Moçambique mostrando que pretende ser eliminado na primeira fase da Copa.

Na copa conseguiram um empatezinho com Portugal , perderam pro Brasil num jogo de capoeira e só ganharam da porcaria da Coréia do Norte , foi sua melhor atuação desde então.