Seleção Uzbeque de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Danger stick man.jpeg Credo, seu azar é contagioso!

Este artigo traz relatos de uma criatura azarenta que só se estrepa no dia-a-dia.

Faça bobagem neste artigo e mandaremos 13 lindos gatinhos pretos pra você cuidar.

Barrichello Criyng.jpg Seleção Uzbeque de Futebol é um(a) PERDEDOR(A)

E não adianta chorar, sempre vai se foder bonito.

Clique aqui para ver outros azarões.


Uzbequistão
Uzbequistão.png
Lema: Eu acredito!
Local: 'Tá quente
Confederação: AFC
MELHOR Resultado: Mongólia 0-15 Uzbequistão em Chiang Mai (05/12/1998)
PIOR Resultado: Japão 8-1 Uzbequistão em Sidon (17/10/2000)
Fornecedor: O governo
Apelido: Fregueses, Seleção do Quase, Virjão da Ásia
Ídolos: Server Djeparov, Alexander Geynrikh
Mascote: AK-47
Hino: Nunca Desista
Títulos: Nada


Cquote1.svg Nosso saco de pancadas Cquote2.svg
Seleção Japonesa de futebol sobre Seleção Uzbeque
Cquote1.svg Daqui a 4 anos vamos tentar outra vez Cquote2.svg
Seleção Uzbeque sobre as eliminações na Copa da Ásia
Cquote1.svg Olha o freguesinho aí Cquote2.svg
Seleção Sul-Coreana de Futebol sobre Seleção Uzbeque

A maldita seleção dos malditos uzbequistaneses.

Seleção Uzbeque de Futebol é considerada a segunda melhor seleção de futebol de toda a Ásia Central, perdendo em número de titulos na Copa Borat de Futebol apenas para a seleção do Cazaquistão. Pode parecer estranho mas é hoje uma das seleções asiáticas que prestam (pelo menos lá dentro), sempre batendo de frente (ou apanhando) com as melhores seleções da Ásia e vendendo caro as derrotas. O máximo que a seleção conseguiu até hoje foi um 4° lugar na Copa da Ásia de 2011, nunca classificou-se para uma copa do mundo, embora tenha chegado bem perto. Seu maior rival é a Coreia do Sul, com quem não tem lembranças tão boas.

HistóriaEditar

A Seleção do Uzbequistão nasceu quando 21 sobreviventes de um atentado terrorista praticado pela Al Qaeda na sua capital (na época existia), chutavam uma esfera de alumínio que dias depois soube-se que era uma mina de alto poder de destruição. Desde esse dia a seleção uzbeque nunca mais se apresentou porque seus jogadores ficaram impossibilitados (por motívos óbvios) a jogarem o tão destrutivo futebol.

Copa da Ásia 2011Editar

Estreou bonito contra o anfitrião Qatar metendo 2-0, depois venceu o Guaraná Kuat Kuwait por 2-1 e empatou a 2 com a China, passando em primeiro no grupo. Nas quartas de final bateu a Jordânia por 2-1 e o sonho de um feriado nacional estava cada vez mais perto, aí na semifinal meu amigo... fica até difícil falar, o sonho acabou de forma extremamente dolorosa, um 6-0 limpo e seco da Austrália, aquele 25 de Janeiro é considerado para os uzbeques um "Khalifanaço". Na disputa do terceiro lugar perdeu de 3-2 pra Coreia do Sul (seleção que seria seu futuro algoz).

Eliminatórias Copa do Mundo 2014Editar

Estreou na competição na terceira fase do torneio, pegando um grupo (C) com Japão, Coreia do Norte e Tadjiquistão. E não é que os danados passaram em primeiro no grupo (embora não tenha vencido o Japão), com 16 pontos, 6 a frente do segundo colocado Japão. Na quarta e decisiva fase, com direito a 5-1 no Qatar e vitória contra o todo-poderoso (dentro da Ásia é claro) Irã por 1-0 fora de casa, a seleção ficou a um pentelho de se classificar para a copa do 7-1 do mundo no Brasil, mas terminou em 3° com os mesmos quatorze pontos da Coreia do Sul, mas com um mísero gol de saldo a menos que os mandou pra um play-off contra Jordânia pra ver quem iria pra repescagem internacional, depois de 1-1 nas duas partidas, o Uzbequistão perdeu num quase infartante 9-8 nos pênaltis e deu adeus ao sonho da classificação inédita.

Copa da Ásia 2015Editar

Vencer o torneio na Austrália era a chance de tentar esquecer o "Khalifanaço", mas como se tratava do Uzbequistão é óbvio que a missão era bem improvável, pois a seleção é amaldiçoada. Estreou batendo a Coreia do Norte por 1-0, depois perdeu de 2-1 pra China e se classificou em 2° no Grupo B vencendo a Arábia Saudita por 3-1 e eu te pago uma caixa de cerveja se você adivinhar quem eliminou o Uzbequistão nas quartas de final... só podia ser a Coreia do Sul, depois de um 0-0 no tempo normal Son Heung-min fez dois gols na prorrogação e o Uzbequistão foi mais cedo pro aeroporto.

Eliminatórias Copa do Mundo 2018Editar

Estreou na segunda fase e passou sem a menor dificuldade no Grupo H com 21 pontos jogando contra Coreia do Norte, Filipinas, Bahrein e Iêmen (o único jogo que perdeu foi o 4-2 pra Coreia do Norte). Na terceira e decisiva fase, a seleção de novo bateu na trave, literalmente, e adivinha quem ficou no caminho dos uzbeques mais uma vez? A maldita Coreia do Sul, no confronto final entre ambos o jogo terminou 0-0 e a Coreia passou em segundo com 15 pontos e o Uzbequistão terminou em 4° com os mesmos 13 pontos da Síria (que foi pro play-off com a Austrália), e nesse o Uzbequistão meteu uma bola na trave, certeza que os torcedores quebraram a televisão de raiva. Puto e entristecido, Djeparov se aposentou da seleção.

Copa da Ásia 2019Editar

Competição nova, história velha. Dessa vez sem Djeparov, disputou o torneio no Qatar. Estreou vencendo Omã por 2-1, depois enfiou 4-0 no Turcomenistão e perdeu de 2-1 pro Japão, passando em 2° no Grupo F. E é sempre a mesma coisa, passa na fase de grupos e cai no mata-mata, dessa vez pro velho algoz Austrália, depois de um 0-0 no tempo normal e prorrogação 4-2 nos pênaltis pros cangurus e o Uzbequistão até hoje continua sendo o virjão das seleções asiáticas, o catimbó que jogaram nele é realmente forte.

A seleção do Uzbequistão hojeEditar

Na atualidade, o governo anarco-socialista de extrema direita do Uzbequistão tem contratado jogadores dos times da 3ª divisão paraibana para se infiltrarem em suas fronteiras e assim ensinarem os filhos e netos a jogarem bola. Com uma proposta irrecusável de P$ 2000,00 (Dois Mil Pikos - Moeda Uzbeque que equivale a US$ 10.000), por cada gol feito pelos jogadores uzbeque-paraibanos, muitos de nossos "cabeças chatas" acabaram ficando por lá, constituiram família, e todos os sábados a noite fazem o tradicional forrozinho uzbeque, com sanfona, triângulo e zabumba.

Possivelmente essa seleção se apresentará nos jogos beneficentes da FIFA, quando o Brasil estiver prestes a sediar a copa do Mundo, só pra perder pra Seleção Brasileira, pra levantar a moral popular.

Grandes JogadoresEditar

  • Server Djeparov
  • Alexander Geynrikh
  • Eldor Shomurodov
  • Odil Ahmedov
  • Maksim Shatskikh
  • Mirjalol Qosimov