Sergio Leone

Cowboy.gif Howdy, pal, este artigo é do Velho Oeste!

Ele anda de diligência, maneja um 3oitão com perfeição e seu bando é
o mais procurado da região. Entre, peça uma bebida e aprecie a beleza das
dançarinas do saloon. Mas se vandalizar este artigo, vai parar num duelo!

Sergio Leone

Sergio Leone foi um diretor de faroestes espaguete. Ele foi o criador do Chuck Norris do Velho Oeste.

Seus filmes monótonos e ridículos dos anos 60 fizeram sucesso porque o público gosta mesmo é de porcaria, tipo créu, hambúrguer, American Pie e a famosa trilogia dos dólares

VidaEditar

PrimórdiosEditar

MEXICANO IMPACIENTE (a dublagem não está sincronizada com o vídeo): Hola, amigo! O que puedo facer por você?

BRANCO DE MORAL AMBÍGUA (a dublagem está sincronizada com o vídeo): Conte-me sobre a vida do diretor italiano Sergio Leone.

MEXICANO IMPACIENTE: Infelizmente eu não sei nada sobre isso.

BRANCO DE MORAL AMBÍGUA: [saca a arma] Conte-me sobre os primeiros anos da vida de Sergio Leone!

MEXICANO IMPACIENTE: Eu não sei nada sobre—

[click- BANG!]

[o chapéu do mexicano leva um tiro]

BRANCO DE MORAL AMBÍGUA: O que você sabe?

MEXICANO IMPACIENTE: Ele... ele nasceu em Roma... Seus pais eram... envolvidos com o cinema!

BRANCO DE MORAL AMBÍGUA: O que mais?

MEXICANO IMPACIENTE: Ele tentou uma carreira de advogado antes de virar diretor! E seu primeiro filme de longa metragem foi O Colosso de Rodes!

BRANCO DE MORAL AMBÍGUA: Hmmm...

[O Branco de Moral Ambígua sai da cena ao som de sua vinheta pessoal feita de uma guitarra, uma flauta de boliviano e um coro de homens gritando “Ah-yah ah-yah ah-yah!”]

No cinemaEditar

Todos os seus filmes surgiram quando ele descobriu o personagem Lucky Luke, a versão norte-americana do Papaco. Ele contratou um desconhecido pra se passar pelo herói e deu a ele o poder de fingir ser Chuck Norris. Chuck estava de bom humor na época, então a equipe do filme escapou ilesa.

Depois dos faroestes, Leone se dedicou a uma cópia do Poderoso Chefão, já que viu que fazia sucesso.

MorteEditar

Nunca se sabe como ele morreu. Seu cadáver foi encontrado entre duas covas abertas num cemitério abandonado com sinais de duelo.

  • Ele também foi o criador do chuveiro de água quente. Só que ninguém sabe porque um certo brasileiro matou sua família e fugiu com a invenção. O ladrão foi encontrado morto, anos depois, jogado atrás de uma estação de trem com uma gaita na boca.
Este artigo é um esboço.
Ele é tão minúsculo quanto sua cabecinha.
Desligue a TV e vá ler um livro!!!