Abrir menu principal

Desciclopédia β

Serpent

Virtualgame.jpg Serpent é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, alguém está usando algum Life Bottle ou Apple Gel.


Cquote1.png Você quis dizer: Jogo da cobrinha Cquote2.png
Google sobre Serpent

Cquote1.png Você quis dizer: Snake Cquote2.png
Google sobre Serpent

Cquote1.png Você quis dizer: Transformers com Serpentes Cquote2.png
Google sobre Serpent

Cquote1.png SOU UMA SERPENTE PORRA, UMA SERPENTE! NÃO UMA COBRA GAY QUE COME O PRÓPRIO RABO!!! Cquote2.png
Serpent sobre confundirem elE com uma cobra

Serpent
1293385668-00.jpg

Classificação: E

Informações
Desenvolvedor Natasha Naxat Soft
Publicador
Ano 1990
Gênero Ação
Plataformas Game Boy
Avaliação 10
Idade para jogar Qualquer um que sinta falta do seu Nokia pode jogar.

Serpent é um jogo com gráfico um pouquinho melhor que sua prima: Jogo da cobrinha. Basicamente, o jogo foi criado porque as crianças observavam (chupando o dedo) seus pais jogando o jogo da cobrinha no seu Nokia tijolão. Graças à isso, o índice de Nokias quebrados cresceu muito em pouco tempo. Os pais stressados com a situação mandaram a seguinte carta para a Nokia: "Nós amamos o jogo da cobrinha tanto quanto vocês, não tem nada melhor para matar o tempo no trabalho mas se isso for motivo para nossos filhos destruirem nossos celulares, nós vamos procurar outra empresa que venda celulares." Lógico que a Nokia não podia ficar quieta, naquela época ela ainda era rica. Então, invés deles removerem o jogo do seus aparelhos, eles contrataram uma empresa chamada NaXota Naxat Soft para criar um jogo "semelhante" para o Game Boy (que era o video game mais pop da época). Assim as crianças deixariam seus pais em paz e poderiam jogar também.

Índice

Elementos do jogoEditar

EnredoEditar

 
  Encosta tua cabeçinha no meu ombro e chora. E conta logo a tua mágoa toda para mim.  
Eu sobre você chorando de frustação por causa de mais um Game Over.

No futuro, o mundo é uma merda, claro existe um esporte ao estilo de Jogos Vorazes onde dois idiotas jogadores controlam serpentes (não confundir com cobras, por favor) de metal. Por hobby, por dinheiro ou até por comida. Só que no seu caso, você é mandando para a guerra onde o exército batalha com serpentes de metal e não mais com tanques de guerra. E claro, você ganha o papel do novato, soldado humilde que quer ser reconhecido e salva o mundo no processo.

Jogabilidade e objetivoEditar

A jogabilidade é mais bugada e complicada do que a jogabilidade de um simulador de avião. Você provavelmente ainda vai chorar muito de frustração com a quantidade de Game Overs que vai receber por não saber que botão faz o que. Seu objetivo é deixar seu inimigo enrolado (literalmente). Para que assim, a serpente metalica dele fique confusa e exploda. Caso você faça a cagada de vencer 7 das 13 partidas, você é será conhecido como o "Rei das Serpentes Metálicas" e todas as menininhas vão dar para você.

PersonagensEditar

 
Serpent fazendo um papel secundário em outro jogo famoso.

O jogo não apresenta nenhum personagem. Mesmo o protagonista não tem seu próprio sprite. Tudo que aparece no menu são cobras serpentes, tudo que aparece no jogo são serpentes e tudo que aparece na tela de Game Over é uma serpente chorando. Então, se você não curte uma serpente, fica longe desse jogo.

DificuldadeEditar

O jogo possui três dificuldades, mas todas são igualmente dificeis. É só um enfeite para dar a sensação que o jogo está mais fácil, mas não está. Ou seja, você tá fudido mesmo. Tem que jogar no hard e pronto.

Trilha sonoraEditar

Tão viciante quanto o jogo em si. Você vai ficar procurando piano version e orchestra version dessas músicas no YouTube pelo resto da sua vida.

RecepçãoEditar

O jogo foi bem recebido afinal, era um jogo da cobrinha no hard mode. Todas as crianças que jogaram esse jogo cresceram viciadas e se tornaram os gordinhos críticos que avaliam os jogos que falamos. Esse jogo obviamente recebeu 10 puramente pelo fator nostalgia. ...Mas e a Nokia? O número de tijolões quebrados continuou crescendo mesmo com a criação o jogo Serpent. Os pais stressados cumpriram sua palavra e mudaram para outra empresa. Por isso hoje em dia, você não conhece ninguém que tenha um celular nokia, a não ser seu pai, sua mãe e sua tia gorda.