Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sharon Lee

Sharon Lee (2 de Agosto de 1988) é uma rara asiática de rabo grande, de buceta que não se parece com um matagal abandonado e cujos pornozões não são pixelizados de forma a se parecerem com um daqueles jogos antigos de Final Fantasy. A explicação é que ela não é, de fato, uma asian raiz, e sim uma descendente que nasceu na França. Podemos dizer que essa é uma combinação que deu certo.

Sharon Lee
Sharon Lee.jpg
Uma raba de respeito pra uma asiática
Nascimento 2 de Agosto de 1988
Bandeira da França França
Ocupação Puta paga
Altura 1,70m
Signo Leão
Cabelo Castanho

HistóriaEditar

 
Sharon fazendo um bico como doméstica, e seu patrão tendo que lhe ensinar como se limpa uma vidraça devidamente.

Nasceu na França, após uma orgia entre um dos irmãos perdidos do Keni Styles com uma francesa gostosa aleatória por aí que apoia a imigração.

Na infância, sentia-se sozinha, já que os menininhos franceses não se interessam muito por meninas, só por perfumes, árabes e viadagem.

Na idade adulta, mesmo tornando-se uma rara asiática com peitões e bunda grande, Sharon continuou solteira, mas o seu potencial, e bota potencial nisso, foi reconhecido por um caça-talentos da Brazzers, que estava visitando a França principalmente em busca de atores para contracenar com James Matarazzo em uma produção só para machos virgens que seria gravada no Brazil.

Após um teste do sofá que fora repetido 24 vezes, apenas para garantir que a moça era mesmo qualificada para o mercado pornô, Sharon finalmente conseguiu ser comida por homens de verdade, como pode ser observado em seus filmes.

CarreiraEditar

Os filmes de Sharon são uma pedida para os caras que tem um fetiche com os olhinhos puxados das asiáticas, mas acham uma porra os filmes japoneses, que além de pixelizados, apresentam atrizes com um monte de mato na buceta e atores meio aviadados que demoram meio século pra meter a rola nas minas.

Além de atuar em pornôs ao estilo ocidental, Sharon possui peitões que não se pode desconsiderar, além do rabão e da buceta rosada e raspada, o que a torna uma das favoritas dos punheteiros tradicionais.

Ligações externasEditar