Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sigourney Weaver é uma atriz de nome que ninguém consegue escrever e/ou pronunciar corretamente. Na verdade, ela chama-se Susan, mas prefere ser chamada dessa maneira horrorosa porque assim fica mais fácil negar os boatos escritos a seu respeito nas revistas de fofoca, já que sempre escrevem errado seu pseudônimo artístico.

Susan Alexandra Weaver
Tenente Ripley.jpg
Mais macho que muito macho!
Nascimento 8 de outubro de 1949
Nova York
Nacionalidade Estadunidense Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Sigourney Weaver tendo que lidar com um fã babão.

Mas algo que ela nunca poderá negar é o fato de que até hoje nunca conseguiu ganhar um prêmio importante no cinema como o Oscar, no máximo algum Globo de Ouro, e não foi por falta de indicações. Para alguém que atua desde 1976 isso deve ser bem frustrante...

NascimentoEditar

Nasceu tanto no estado como na cidade de Nova York. Seu pai era produtor televisivo e sua mãe já era atriz, portanto conchavos não faltavam para que a pequena Susan também seguisse para o meio artístico. Desde criança, já era metida a estrela e detestava o próprio nome, que achava brega demais para uma pessoa tão "importante". Então, aos 14 anos leu um livro em alguma língua demoníaca desconhecida e rebatizou-se com a palavra Sigourney.

AdolescênciaEditar

Na universidade de Artes, Sigourney foi colega de Meryl Streep, que sempre tirava notas melhores e era bem mais gostosa, tornando-se atriz profissional antes mesmo da formatura.

Sigourney, por sua vez, não conseguia trabalho nem depois de formada, então matou a própria mãe e fugiu para Israel com o dinheiro da velha, onde conheceu e seduziu um diretor teatral que serviu como porta de entrada para sua carreira em Hollywood e com quem acabou casando e constituindo família.

CarreiraEditar

O casamento de Sigourney não poderia ter sido mais interesseiro acertado: seu primeiro papel cinematográfico foi logo em um filme de Woody Allen. Tá certo que ela interpretou uma figurante sem nome, mas estreou em grande estilo.

Dois anos depois viria a personagem que consagraria sua carreira e a perseguiria para sempre, a Tenente Ellen Ripley da franquia com mais de 8000 filmes Alien. Sigourney foi a tenente de 1979 a 1997 e recebeu indicações a vários prêmios, mas nunca levou nenhum porque as premiações são todas uma marmelada e só mocinhas frágeis e indefesas de dramas e romances faturam essas merdas.

Todos os outros papéis de Sigourney Weaver foram porcarias pouco lembradas em lixos de baixo orçamento como 1942, Dave, Os Caça-Fantasmas e Wall-e. Até que ela cansou de tanta humilhação e jurou para si mesma que só voltaria a atuar se fosse novamente como a Tenente Ripley, fato que tornou-se realidade recentemente quando James Cameron convidou-a para participar de Avatar, um spin-off que mostra o que aconteceria caso os Aliens acasalassem com os Smurfs.


v d e h