Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sikkim

Cquote1.png Você quis dizer: Skyrim Cquote2.png
Google sobre Sikkim

Sikkim é o menor e mais ignorado estado da Índia, lá não tem nada, só montanhas e indianos com cara de tibetanos.

Índice

HistóriaEditar

 
Sikkim em termos gerais.

Guru Ricochete foi quem fundou Sikkim, ele era um monge xaolin andarilho que sabia levitar que por falta de mulher pra comer estava no meio do Himalaia até chegar nesse limbo que não era nem Nepal nem Butão, ali por volta do século VIII, estabeleceu o bundismo como religião oficial tornando-se mais tarde um dos estados do Tibete devido à proximidade cultural de ficarem coçando o saco meditando o dia inteiro.

Durante o British Raj Sikkim decidiu vender sua alma para os ocidentais britânicos em troca de apoio na guerra contra os nepaleses, pois todos conhecem a fama nepalesa de usar óculos de mau gosto que irritam até os pacíficos sikkianos que contaram com o apoio britânico.

Em 1947, com a independência da Índia e a evaporação de todos britânicos da Ásia, Sikkim procurou ser um país independente e até conseguiu, pois sinceramente a Índia pouco se importava com esse diminuto território, tanto que surgiu por lá o famoso ditado popular "Se Sikkim fosse o único país do mundo ele seria o melhor país do mundo", o que justificou um intenso isolamento da pequena nação por meio-século.

Em 1975, frente a decadência de seu reino, o Primeiro-Ministro de Sikkim apelou para a Índia anexá-los, mas como foi negado ele declarou guerra contra a Índia que perdeu em menos de 45 horas e assim Sikkim foi anexada com sucesso pela Índia, selado com um referendo onde 98% da população votou por juntar-se à Índia.

GeografiaEditar

Sempre quando alguém olha o mapa do Himalaia se pergunta o que diabos é aquele pequeno território que separa os pitorescos países Meu Pau (Nepal) e Cuzão (Butão), e não são os testículos, é Sikkim.

Basicamente é um pequeno território formado por muitas montanhas e muito gelo, cheios de iaques e cidade que são enormes favelas. Destaca-se o Kangchenjunga, a terceira maior montanha do mundo.

LínguaEditar

Em Sikkim se fala nada menos que 11 línguas oficiais num território menor que o quintal da casa de Eike Batista, ou seja, ninguém se entende por lá.

A língua mais usada, porém, é o nepali, uma versão do hindi, só que falada com o som de axilas.

CulturaEditar

Sikkim é o coração do Sikhismo, uma dessas crenças orientais onde as pessoas não devem fazer porra nenhuma, apenas passar a vida inteira meditando sabe-se lá sobre o quê.