Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sobradinho (Rio Grande do Sul)

Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg

Sobradinho (Rio Grande do Sul) é mais uma cidade que coleciona títulos inúteis e fica no Rio Grande do Sul. Sobradinho é só mais uma cidade com nome de represa, com uma história que não conta nada e que também tem um comentário sincero dos moradores da cidade, este é um comentário real de um morador de Sobradinho (Rio Grande do Sul) que diz morar na cidade desde sempre:

Cquote1.png é uma bosta Cquote2.png
Genial comentário de um dos IPs locais

Cquote1.png Isso é uma cidade?! Cquote2.png
Pessoa surpresa ao ouvir alguém dizer que mora em Sobradinho

Já que é tão rápido assim, como um submarino descendo para os confins da privada, está certo...

Índice

HistóriaEditar

 
Certa vez, a população de Sobradinho fez uma oração coletiva em forma de protesto contra a prefeitura, que não queria ceder uma piscina pública à cidade. Alguns dias depois, São Pedro achou que estavam tirando com a cara dele e mandou a tão sonhada piscina para eles.

Sobradinho sempre serviu para ser usada como carga, porém ela nunca foi grnade, ela era só um "degrau" ou um apoio.

Desde o início ninguém nunca tinha pensado em morar naquela região pois só havia árvores e mais árvores e nada de fertilidade por lá, por ser só usada como ponte entre Rio Pardo e uma outra cidade ela conseguiu essa fama. Também que os tropeiros não gostavam muito do lugar pois todos os dejetos que eles jogavam na beira do Rio Pardo na cidade do Rio Pardo acabavam parando ali em Sobradinho.

A cidade cresceu quando um barão que tinha perdido o Olfato na Guerra do Paraguai foi para lá e fez uma limpeza.

Grande golpeEditar

Sobradinho era um grande município então, na verdade nem tanto. Era só um pequeno distrito. Quando houve a grande onda de Emancipações pelo Rio Grande do Sul onde várias cidades se emancipavam e elas acabavam indo a falência veio então um município todo a se emancipar e deixar de existir.

Mas, o que sobradinho não compensava em economia, puteiros ou no chimarrão compensava em um pouco de astutez. Ela pegou a maior parte daquela cidade antiga e ficou como uma cidade "boa" deixando os antigos distritos ao redor e tendo que ir para aquela cidade fazer suas coisas, por isso que a cidade é grande, ou só parece mesmo.

EconomiaEditar

 
Sobradinho de longe é boa... Só de longe...

deprimente A economia é dividida em indústrias (que são grandes porque a cidade é pequena mesmo), Comércio (deprimente mesmo, depende das cidades vizinhas para existir) e do Turismo que pode ser comentado mais posteriormente. As indústrias vão desde indústrias para iogurte até indústrias de sofás, mas os sofás são de segunda linha e já fecharam várias fábricas em Sobradinho.

A segunda é o comércio, igualmente deprimente. Por isso, par atrair clientes, os uniformes do setor masculino de lá diminuiram de tamanho e aumentou o núemro de empregados homens. Sim pois o negócio em Sobradinho é homem e não mulher. Já no turismo a cidade não possui. Ela cita o nome de várias cachoeiras de 30 centímetros cada pois NÃO TEM PONTO TURÍSTICO LÁ.

O setor hoteleiro é outro meio deprimente.

EducaçãoEditar

Ela só virou algo na educação, tem 3 colégios de prézinho e jardim de infância, 7 colégios públicos, 4 colégios privados, uma escola de ensino médio (mais conhecida como preparação para Treviso) e uma Faculdade, o orgulho de sobradinho para não dizer que é uma cidade sem futuro, seja como for, muitos preferem as outras faculdades existentes em outros municípios, não a local. O que faz as pessoas duvidarem de sua qualidade.

  Mas sem apoio a faculdade não deixa de ser uma merda!  
Reitor da faculdade de sobradinho


HidrografiaEditar

Lá em Sobradinho tem o famoso Arroio esgoto Carijinho. É nesse lixo rio que vai toda a merda que as pessoas da cidade cagam. 20 anos atrás as pessoas morriam afogadas de tão fundo que era, hoje o único jeito de morrer é se atirando lá e bater a cabeça numa pedra. A ciência já comprovou que quem entra naquela merda água fica com pereba no cu corpo e com o passar do tempo a pessoa vira um zumbi.