Abrir menu principal

Desciclopédia β

Some Kind of Monster

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.png Aposto que esse monstro sou eu. Cquote2.png
Hulk sobre "Some Kind of Monster"

Some Kind of Monster é mais um lixo musical do álbum Santo Lixo do Mamália. A canção está na posição n° 1 na lista de piores músicas de 2003.

ComposiçãoEditar

A música foi composta pelo produtor, baixista e féla de uma quenga Bob Rock que foi um dos principais responsáveis pelo resultado desastroso do Santo Lixo. Por isso que não se pode dizer que as músicas do álbum foram "compostas" e sim cagadas.

Letra e traduçãoEditar

These are the eyes that can’t see me
Esses são os olhos que são cegos por natureza
These are the hands that drop your trust
Essas são as mãos que lavam as outras deixam sua confiança cair
These are the boots that kick you ‘round
Essas são as botinas que lhe dão chutes no traseiro
This is the tongue that speaks on the inside
Essa é a língua que fala dentro da boca

These are the ears that ring with hate
Esses são os ouvidos que trilitam com ódio
This is the face that’ll never change
Esse é o rosto que nunca mudará
This is the fist that grinds you down
Esse é o punho que te derruba no chão
This is the voice of silence no more
Essa é a voz do silêncio que se calou

These are the legs in circles run
Essas são as pernas que correm em círculos
This is the beating you’ll never know
Essa é a batida eletrônica que você nunca conhecerá
These are the lips that taste no freedom
Esses são os lábios que não provam liberdade
This is the feel that’s not so safe
Esse é o sentimento que não é tão seguro

This is the face you’ll never change
This is the god that ain't so pure
Esse é o deus que não é tão puro
This is the god that is not pure
Esse é o deus que não é puro
This is the voice of silence no more

We the people!
Nós somos o povão!
Are we the people?
Nós somos o povão?
We the people!
Are we the people?

Some kind of monster
Alguma espécie de monstrengo
Some kind of monster
Some kind of monster
This monster lives
Esse monstrengo está vivinho da silva

This is the face that stones you cold
Esse é o rosto que esfria sua pedra nos rins
This is the moment that needs to breathe
Esse é o momento que precisa respirar
These are the claws that scratch these wounds
Essas são as garras que mexem nessas feridas
This is the pain that never leaves
Essa é a dor que nunca te deixa

This is the tongue that whips you down
Essa é a língua que enrola na gengiva
This is the burden of every man
Esse é o fardo de todo homem
These are the screams that pierce your skin
Esses são os gritos que atravessam sua pele
This is the voice of silence no more


Yeah, yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah, yeah

This is the test of flesh and soul
Esse é o teste da alma e carne
This is the trap that smells so good
Essa é a armadilha que não cheira muito bem
This is the flood that drains these eyes
Essa é a enchente que enxuta esses olhos
These are the looks that chill to the bone
Esses são os olhares que te fazem tremer na base

These are the fears that swing overhead
Esses são os medos que dançam pela aí
These are the weights that hold you down
Esses são os pesos que te puxam para baixo
This is the end that will never end
Esse é o fim que não terá fim
This is the voice of silence no more

We the people!
Are we the people?
We the people!
Are we the people?

Rarr!

Some kind of monster
Some kind of monster
Some kind of monster
This monster lives

This is the cloud that swallows trust
Essa é a nuvem que engole a confiança
This is the black that uncolors us
Esse é o preto que nos deixa sem cor
This is the face that you hide from
Esse é o rosto do qual você se esconde
This is the mask that comes undone
Essa é a máscara que não vem pronta

Ominous, I’m in us
Sinistro, estou em nós
Ominous, I’m in us
Ominous, I’m in us
Ominous, I’m in us