Abrir menu principal

Desciclopédia β

Sonic the Hedgehog (Archie)

Pow! Paf! Tum!
AAAAA!!!
Sonic the Hedgehog (Archie) é algo relacionado a Shounen

Esse artigo tem a ver com animes/mangás onde os personagens vivem brigando, lutando, metendo porrada e resolvendo as diferenças na base do cacete!
Provavelmente o protagonista dessa joça apanha mais que todos os demais.

Cineprosa-viagem-tempo2.jpg

OMG! Avancei no tempo... Malditos sejam!

Este artigo trata de algum indivíduo, bugiganga, energia ou qualquer outra porcaria
com a capacidade de viajar no tempo e transitar entre as realidades

E enquanto você lê, Link toca a Song of Time.

Sonic Archie Comics
正體中文
Sonic cast.jpg
Sonic in FREEDOM FIGHTEEEEEEERRRRRRSSS!!!
Gênero Ação, Aventura, Épico, Correr pra Caralho, Shōnen, Viagem no Tempo, Multiversos, Luta, Explosão, Hentai.
Mangá
Autor Yuji Naka.
Divulgação Archie Comics.
Onde sai Em qualquer banquinha vagabunda
Primeira publicação Em Móbius.
N° de volumes It's over 9000!!!
Anime
Dirigido por ???
Estúdio DIC.
Onde passa Bom Dia & Cia (ou não).
Primeira exibição Ah, sei lá!
N° de episódios Muitos.
Filmes 0
OVAs -0

Cquote1.png Você quis dizer: Sonic versão HQ? Cquote2.png
Google sobre Sonic the Hedgehog (Archie)
Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Freedom Fighters? Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Sonic the Hedgehog (Archie)
Cquote1.png Não tem jeito mesmo! Até em enredos não-gamísticos eu continuo sendo muito foda! Cquote2.png
Sonic sobre Archie.
Cquote1.png Pelo menos aqui eu não preciso ficar na cola do Sonic... Cquote2.png
Tails sobre Archie
Cquote1.png Ae, mano! Ainda tô nos Chaotix, bixo! Cquote2.png
Knuckles sobre Archie.
Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Mighty sobre Archie.
Cquote1.png He-he! Quero ver a maldita Sega me tirar daqui agora! Cquote2.png
Fang sobre Archie.
Cquote1.png Quem disse que as histórias não tem nada haver com os jogos?! Cquote2.png
Nerd sobre as primeiras edições da Archie.
Cquote1.png SnooPING AS usual, I see! Cquote2.png
Dr. Eggman Robotnik sobre Archie.
Cquote1.png Adorei os personagens... principalmente as garotas! Cquote2.png
Otaku punheteiro sobre Archie.

SonicMHstanding.gif

Sonic Archie Comics, mais conhecido como Quadrinhos do Sonic ou ainda Sonic e os Freedom Fighters, foi a primeira e única série de mangás/HQs/comics do Sonic e sua turminha, e que, por incrível que pareça, estaria vendendo pra caralho até os dias de hoje... Se não fosse cancelada em 2017.

Índice

Sobre a ArchieEditar

 
Como dá pra ver, as histórias de maior sucesso são aquelas em que Sonic mais aparece, ou seja, quase todas.

A Archie Comics é uma empresa americana que criava mangás de todas as espécies e gêneros só para conseguir atrair o máximo de otakus fregueses possíveis para suas banquinhas de péssima qualidade. Depois de um certo tempo sem criatividade para historinhas de quinta (cá entre nós, a Archie é só mais uma plagiadora de HQs em todos os sentidos) ela resolveu, numa tentativa desesperada, assinar contrato com a Sega afim de comprar o Sonic e sua guangue turma para participar de historinhas fajutas em todos os gêneros possíveis (em sua grande maioria hentai). O resultado foi um sucesso total das revistinhas apesar do completo desrespeito aos enredos gamísticos. Com isso nasce a série Sonic the Hedgehog - Archie Comics que se dividirá em várias outras subséries no prosseguir de uma nada comprometedora lucratividade que ganhou até versão em desenho animado (totalmente americana e infantil... QUE MERDA!), sendo que na verdade a série de TV veio bem antes, mas quem hoje em dia se lembra disso? Vale lembrar que essa é a única mídia que teve a pachorra cara de pau de entupir as histórias com rixinhas a lá novelas mexicanas (achando que violência gratuita não seria o suficiente para manter essa joça no mercado) além de estúpidos triângulos dodecaedros amorosos para deleite (ou seria desgraça alheia?) dos fanboys shippadores de plantão.

Principais personagens desta budegaEditar

O mangá tem simplesmente uma porrada de personagens principais, semi úteis, secundários, antipáticos, retardados entre outros. Destacaremos apenas os de suma importância:

MocinhosEditar

  • Sonic - Como sempre, é o protagonista em todas as séries do mangá. É um ouriço-azul e claro, o personagem mais rápido, foda, badboy, heroico, descolado, sortudo, irado e por fim o mais overpower em qualquer uma das edições, já que aqui ele consegue não só detonar inimigos, mas tambem pulverizar planetas, galáxias, universos e até dimensões em sua Super forma. O dever de Sonic é sempre chutar o traseiro do Robotnik e Cia, ser famoso atraindo pra si diversas garotas com o seu jeito de descolado, alem é claro de comer chilli-dogs e também as gostosinhas da Sally, Mina, Bunnie, Amy, Fiona, Rouge, Lara-Su e até a sua irmã Sônia.
  • Sally - A esquila furry-gostosona da série. Tem mais do que suma importância nessa joça (tanto pra quem está nas histórias quanto pra quem acompanha) pois alem de ser o cérebro da equipe Freedom Fighters, é a namorada oficial do azulão. Sally é uma das a principal personagem hentai da série e sua função é unicamente ser uma nerd gostosa e dar pro Sonic; ela é um dos principais motivos dos quadrinhos serem um sucesso até hoje.
  • Tails - Continua sendo a mesma raposa nerd, inútil e infantil de sempre e desta vez não possui tanta importância quanto antes(já que Sonic dispensou a raposinha menor de idade com duas caudas por uma raposa-fêmia-gostosa-sem-caudas). Tails aparece muuuuuuuuuuiiiiiiiiiiito raramente nas histórias(com exeção das primeiras) e mesmo quando aparece serve apenas como refém de Robotnik só para chamar a atenção de Sonic. Com o tempo acabou conseguindo mais destaque, mas até hoje vive a sombra do seu melhor amigo, já que ele sempre fica deprimido em relacionamentos com garotas enquanto Sonic cata todas as gostosas pra si. Resumindo: é um personagem pra lá de baka!
  • Knuckles - A equidna dos manos. Aqui ele continua sendo o mesmo anti-herói antipático que só quer ficar batendo no Sonic por coisas que ele não fez. Alem disso ele é o poderoso-chefão de Angel Island e o líder dos Chaotix(as histórias se passam no tempo em que a equipe contava com a participação miguxa de Mighty, Lara Su e mais uma porrada de outros noobs personagens). A função de ManoKnux nesse puteiro é sempre ser enganado por Eggman para ter motivos pra bater em Sonic.
 
Principal motivo do sucesso.
  • Bunnie - É simplesmente a Cream no futuro. Bunnie é uma espécie de Anakin da Archie, pois perdeu um dos braços, as duas pernas os dois seios, metade do tronco e ainda está vivinha da silva, cheia de armas e equipamentos robóticos, além de continuar pra lá de gostosinha. Para deleite dos furries anti-cientificistas, ela teve um período em que voltou a ser 100% de carne, osso e pêlos após ser submetida a uma macumba de Nagus (mas também não durou muito tempo pra voltar a usar cadeira de rodas próteses mecânicas). É a melhor amiga de Sally (ou não).
  • Rotor - O primeiro nerd do grupo dos Lutadores da Libertinagem Liberdade. É também o gordinho da turma (afinal sempre tem que ter um obeso no meio da galera pra não rolar discurso moralista de "gordofobia"), que diferente da maioria dos pansudos de sua época, é um dos poucos que parte pra porrada ao invés de tentar fugir e consequentemente acabar se fudendo no final.
  • Antoine - Francêsinho de merda e bichona assumida do grupo. Tenta dar uma de soldado galanteador pra cima da Sally (completamente em vão, vale ressaltar) e ainda fica brincando com sua espada por ai pra tentar passar uma falsa imagem de hominho, mas é só aparecer o primeiro inimigo em sua frente que ele foge mais disparado do que uma gazela saltitante quando ver uma leoa barata. Bunnie até tentou leva-lo para o lado azul da força inutilmente, já que ele assumiu sua homossexualidade no final da 3ª temporada, sobrando pra coelhinha-ciborgue chorar nos braços da Sally.
  • Amy - A guria retardada de sempre que quer porque quer dar unicamente pro Sonic. Ela continua com suas constantes crises de TPM alem de ser a pior inimiga de Sally(já que a princesinha tem o que ela não tem). Com isso Amy continua sendo a mesma puta de marca maior para todos que acompanham essa desgraça.
  • Mina - Mais uma putinha que entrou pros Freedom Fighter e pra vida de Sonic. Sempre achou que tinha chance com o azulão até ter seu coraçãozinho partido ao ve-lo se fudendo beijando com Sally(dai teve uma crise emo que durou até o momento em que achou outro garoto tão emo quanto ela pra ficarem chorando). Salvou Sonic de uma bala perdida de Fang mas acabou quase morrendo por causa disso, onde enfim, ela decidiu o seu amor verdadeiro para o Ash, embora num futuro alternativo próximo ela se casará com o Tails.
  • Julie-Su - Uma das poucas gostosa que deixou o lado dos malvados pra dar se juntar aos heróis. Era uma maluca nazista que adorava endeusar Hitler Dimitre e seus exército de bofes, até que viu o quão bizarro eram os princípios desse escroto e acabou integrando nos Chaotix só pra no futuro ser acochada por Knuckles.
  • Shadow - Continua sendo o mesmo ouriço fodão (e emo) de sempre, tendo praticamente toda a sua história vista em Sonic Adventure 2 recontada nessa joça. Como já é de se esperar, trabalha pra G.U.N. liderando sua equipe trevosa composta por Rouge e Ômega nas missões mais suicidas possíveis.
  • Blaze - A boa e velha Hot Cat que é princesa do Universo Alternativo de "Dimensão 1237cVIII8dacc27457 +_9757 AJAC 732 /A/Ac/A/ \mathbb{N}*\lambda^2\pm24^2)(,", que vez ou outra se choca com a Zona Prime e sobra pra ela ter que ajeitar essa bagaça. Fora isso, é amiguinha de Sonic e sua gangue (Ou não).

BandidosEditar

 
Quem disse que as histórias não tem vilões perversos?
  • Snively - Sobrinho de Robotnik que nada mais é do que um pau mandado de seu tio. Como qualquer capacho, a única função de Snively é levar a culpa toda santa vez que algum plano de Robotnik dá errado (ou seja, sempre!), além de só saber dar ordens para terceiros, pois não tem um pingo de talento nem pra tomar suas próprias decisões. Resumindo: é um pobre diabo infeliz que nem sequer concluiu o primário.
  • Fang - A velha doninha metido a cowboy. É um dos personagens mais machos dos mangás pois é um mercenário que sempre carrega uma 9mm no bolso e quase sempre está dando uma de gostoso pra cima de alguma mina. Por incrível que pareça, Fang é um vilão (novidade...) e recebe diariamente missões de Robotnik para acabar com a maldita raça dos Freedom Fighters (sendo que até hoje não conseguiu). Mais tarde, pra não ter mais que apanhar sozinho, faz aliança com Bark e Bean
  • Metal Sonic - Sim! Ele também aparece, em mais de 299.792.458 versões diferentes. Foi clonado só umas 9.192.631.770 vezes e a cada série aparecem mais de 6,022 × 1023 de outros Metais Sonics. Com o passar do tempo ninguém mais sabia qual deles era o original e com a aparição de mais uns 9.460.730.472.580,8, descobriu-se que eram todos falsos! No final, não sobrou nenhum pra contar a história (ou sim).
  • Kodos - Brutamonte metido a Conan o qual só apareceu pra preencher a falta de indivíduos musculosos posudos na revistinha (para a alegria dos fãs yaois). É um ex-soldado-guerreiro-carrancudo que no passada lutou ao lado dos mocinhos e hoje só quer saber de fuder geral com a humanidade. Teve uma morte tão idiota que os redatores nem tiveram o trabalho de expor quando e como foi (só sei que foi assim).
  • Dr. Finitevus - cientista albino que faz parte da turminha echidna a qual ManoKnux não vai muito com a cara. Começou pagando de "bonzinho" (embora estivesse na cara que era um pau mandado do Enerjak Dimitre), mas depois resolveu revelar sua verdadeira natureza e soltar a franga tentou fuder com o planeta todo ressuscitando Enerjak no corpo do Echidna dos mano. Também é mundialmente conhecido como membro rebelde da Terceira Ordem Illuminati e por ser um dos poucos personagens com problema gravíssimo de conjuntivite.
  • Chaos - O Cell da série Sonic também aparece aqui. Como já é de costume, Chaos fez uma ponta bem vagabunda numa saga que era apenas uma adaptação descarada de Sonic Adventure e só veio aparecer de novo depois de um reboot sem sentido. Fora isso continua sendo a mesma água-viva de sempre que só sabe promover tentaculofilia na série.
 
Anti-Sonic Scourge em sua forma mais glamurosa.
  • Scourge - É o Sonic do Mundo do Contra. No começo se apresenta apenas como uma cópia descarada do azulão, só que usando óculos de sol, coturno e jaqueta de couro preta (ui! machão...), mas depois acaba ficando verde (lê-se imaturo), com a dentadura do T-Rex e assumindo uma personalidade tão doentia e depravada quanto a do Coringa no Filme do Batimã. Parece ser tão fodão quanto Sonic, mas só parece mesmo, já que não passa de uma bicha reprimida com complexo de inferioridade (além de ser exatamente o contrário do Sonic). Chega a ter uma super forma que inspirou na criação do Goku SSJ Rose, fora que é muito popular entre os fãs de trash metal e na comunidade LGBT.
  • Mammoth Mogul - Mamute desconhecido (e ainda mais detestavel) por 98% dos leitores dessa bagaça. Se dizia um deus que nasceu com uma Esmeralda do Caos cravada no cu peito, mas que depois acabou perdendo todo o prestígio quando a população de Móbius começou a ser adepta do Ocultismo Cristianismo (é, não é fácil lidar com os poderes de Jesus não rapaz...). Depois só perdeu ainda mais atenção na galeria de vilões foderosos onde achou melhor abandonar a tirania e decidiu abrir um Cassino com badniks descartáveis. No fim da contas, acabou virando um velho bicentenário que atende como tutor do Silver.
  • Geoffrey - O maior filho da puta de todo a série e personagem mais odiado pelos fanboys dessa joça. Pra começar é um gambá (já viu um bicho asqueroso como esse ser amado por alguém?) que se dizia agente-especial em favor do Reino dos Acorn (e Rei Max babão curtia isso), sendo que mais pra frente se mostrou um grande traíra que era discípulo de Naugus, e ainda por cima tinha a pachorra de ficar agarrando a Sally na frente do Sonic (corno? não, na verdade eles enrolaram 9-"fuck"-temporadas pra começar a namorar, então... sácomé, né?). Foi o maior promovedor de fanarts de ódio na fandom, já que os deviantartius adoram desenha-lo sendo destroçado pelo Super Sonic.
  • Black Doom - cruza de um alienígena com o capeta, essa besta-fera é o papai do Shadow (que só recebeu a devida importância depois que a Archie deixou de ser pau-no-cu e começou a valorizar mais os vilões dos jogos). Continua sendo o mesmo puto de sempre metido a Darth Vader com seu complexo de dominar a galáxia o Universo. É o responsável também pela origem do Eclipse (outro sósia mal-feito do Shadow com uma aparência pior que a do Mephiles), que tá mais pro Freeza dessa série do que pra algo realmente original. No final ele, seu mascote e todo seu exército tiveram o mesmo fim mostrado no jogo do Sonic Preto.

SériesEditar

Sonic the Hedgehog teve várias séries(tanto baseadas nos games (ou não) quanto em enredos criados pela cara-de-pau da Archie). No total foram criadas umas 24 7 séries e meia (se descontramos os crossovers) com a turminha do azulão(que, assim como nos games, começou com um sucesso miserável mas depois de um tempo entrou em decadência). A seguir as séries:

Adventures of the SonicEditar

 
Sonic versão kawaii.
Gênero: Shounen Kodomo, Shoujo, Hentai

Uma das poucas séries que ainda chegou a respeitar os games...ou não. Contava as histórias nada empolgantes e totalmente infantis de Sonic e Tails em Green Hill quando esta estava sofrendo seus primeiros ataques terroristas de Robotnik e seus dois robôs-bakas. As histórias eram extremamente infantis e só tinham graça para crianças chatas e retardadas que viviam visitando bancas de revistas em suas ruas já que não tinham coisa melhor pra fazer. Terminou sendo cancelada, mas ainda teve uma versão em desenho animado feito pela DIC (infelizmente...).

Sonic SatAM (Freedom Fighters)Editar

 
Tantas garotas no mangá só pode resultar nisso.

  Você quis dizer: Sonic Satanás?  
Google sobre Sonic the Hedgehog (Archie)

Gênero: Shounen, Seinen, Hentai, Luta

A série de maior fama da Archie(que até hoje é publicada por empresas piratas que não tem nada haver com a Archie). Foi quando a empresa-japa-americana apelou para muita briga, personagens hentais, viajens na maionese no tempo e muita, mais muuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiito sangue, explosões e gurotizações mesmo. As histórias se passam no futuro e contam as aventuras dos Freedom Fighters liderados por Sonic(é claro!) e suas constantes batalhas contra o Império emo robótico de Robotnik. Foi apartir dai que o Cabeça de Ovo começou a pegar pesado robotizando inofensivos animaizinhos transformando-os em seus escravos sexuais cybordigos. É também nessa série que Sonic vira um autentico youkai após consumir as esmeraldas caoticas com heroina, crack e vodka transformando-se em Super Sonic alem de comer em cada santa edição uma das gostosinhas-hentai do mangá. A série foi tão boa que a Archie até assinou um contrato com a DIC para transforma-lo num anime, mas como os operários da DIC são meios completamente noobs, só fizeram mais um desenho infantil que foi exibido no Bomdia & Cia por um tempinho e depois parou(MALDITA DIC!!!).

Sonic UndergroundEditar

 
Sonic e os irmão num momento relaxante.
Gênero: Shounen, Musical, Hentai

A série mais odiada até hoje pelos fãs do Sonic, pra começar por não ter absolutamente nada dos games (e as outras séries tinham?) e por exibir uma trama totalmente clichê: Uma certa vadia rainha tem seu marido morto por uma frota de robôs FDPs que acabavam de começar uma 23° Guerra Mundial. Essa rainha tinha três filhos trigêmeos, que devido a essa treta, são abandonados na porta de casas de desconhecidos. Os trigêmeos são Sonic, Manic e Sônia, e após váááááários anos eles se reencontram, formam uma banda de rock e saem mundo a fora fazendo sucesso a procura da mãe, para em fim voltarem a ser uma grande família feliz, e assim que os moleques acharam a mãe, a história chegou ao fim e depois jogada na sarjeta (infelizmente também teve versão em desenho animado...)

Dash & Spin: Super Fast SonicEditar

Gênero: Shounen, Comédia, Crise de riso, Hentai

Ignore por completo a crítica a Sonic Undergroud. Dash & Spin sim foi, sem dúvida alguma, a pior de todas as séries do Sonic criada pela Archie! Os traços dos desenhos são uma bosta digna de ser jogada na privada seguido do maior número de descargas possíveis sem falar nas histórias que são as mais bizarras possíveis como visitar um azilo de velhinhos, fazer pescaria no Rio Tietê, ajudar uma galinha a atravessar a rua, apostar uma partida de Jo-kei-pÔ entre outras idiotices. Para a sorte do ouriço e da própria Archie essa série não ganhou versão em desenho animado (graças a Deus).

Sonic UniverseEditar

 
...e cláro, também temos a história sob o ponto de vista da Princesa Sally, que segundo ela mesma foi quem fudeu com a vida do maldito que (segundo ele) quase matou o namorado dela.
Gênero: Shounen, Seinen, Expanção, Viagem no Tempo, Hentai

Uma das séries mais paradoxais do Sonic. Trata-se de uma porrada de histórias que acontecem logo depois que Sonic Rush Adventure chega ao fim; ela é dividida em tantas sagas, cada uma sendo contada segundo o ponto de vista do personagem que a protagonista, que no fim das contas chega a ser até difícil saber quem tá mentindo e quem tá falando a verdade: a partir da visão do Shadow, só ele é que é foda e meteu bronca em todo mundo; já sob a perspectiva do Knuckles, foi ele quem enganou Eggman e salvou a pátria no final das contas; já do ponto de vista do Silver, ninguem teria vencido nessa porra se ele não tivesse voltado no tempo e avisado a cambada no passado, logo ele é quem é o herói; tem também do ponto de vista de Tails, de Eggman, de Blaze, do Scourge, dos Chaotix e por fim tem tudo sob o olhar de Sonic, que mandou todo mundo tomar noku e botou moral nessa porra porque a série é dele, o protagonista é ele e o resto é resto.

Sonic Boom (Sonic Toon)Editar

Gênero: Shounen, Modinha, Spin-off, Hentai

É o Universo Ultimate da série (americanos... vai entender). Até o momento, este está disputando seriamente com Dash & Spin na categoria de "ideia mais idiota que a Archie teve até hoje", isso porque está mais para uma adaptação mal feita de Palé Renjiês versão furry do que para um universo alternativo de Sonic, sem falar que o jogo foi um dos piores de 2014. Conta as histórias mirabolantes-nada-sérias-WTF?? do Time mumificado Sonic, composto por Sonic com pernas de pau, Tails com a maior quantidade de bugigangas mecânicas penduradas no corpo, Amy Rose em roupas de personal-trainer e Knuckles depois de ter tomado bombas, esteroides e anabolizantes enfrentando o nada-ameaçador vilão Dr. Eggred Eggman, em aventurinhas que consistem em estragar seus planos de dominar o mundo ser a pedra no sapato do rato de gel. Alem disso temos uma nova personagem, a Sticks, que nada mais é do que um plágio muito mal feito da Marine só pra tomar o lugar da Cream como "melhor amiga da Puta Rosa". E sim! Essa bosta também ganhou versão televisiva no Cartoon Network.

As sagas mais importantes (ou não)Editar

Em qualquer mangá tem que preste sempre aquela saga que chama a atenção de otakus fazendo-os dizer a famosa frase: It's Over 9000!!! Essa pra mim foi a melhor saga de todas as séries. Claro que as melhores sagas da Archie estão na série Sonic SatAM e se destacam por serem as mais violentas, excitantes, explosivas e sangrentas de todos os mangás. Foram registradas mais de 8000 sagas em nível bom, no meio das quais só 42 foram classificadas como ótimas, de onde só 23 foram excelentes, onde apenas 13 eram excelentíssimas mas só 9 foram consideradas perfeitas, alem de uma saga bônus no final. Veja a seguir o resumo das 9 (ou 10) maravilhas do mundo sagas mais emocionantes da Archie:

O ataque dos Metais SonicsEditar

 
Acredite! Nessa briga Metal Sonic ainda está em desvantagem...

  Só existe UM Sonic!!  
Metal Sonic

Simplesmente a saga mais complicada e sem pé nem cabeça (mas fazer o que? Seinen que é Seinen só presta assim!). A história se desenrola quando Robotnik resolve clonar o Metal Sonic original (clonar um clone... quanta criatividade ¬¬) mas com isso acaba criando um exercito de Metais Sonics que se espalham planetas(e até dimensões) a fora.

 
As brigas entre Sonic e seus clones de metal se tornou rotina na Archie.

Depois de cada um desses clones terem travados inúmeras batalhas com Sonic e Cia e acabarem virando sucata, um dentre eles começa a dar uma de esperto, se pinta de vermelho e se auto-proclama rei dos Metais Sonics reunindo todos os demais para uma nova suruba. Nisso começa uma guerra feia pra caralho onde os Freedom Fighters vencem. Certo tempo depois Robotnik cria um exercito de Neo Metais Sonics para começar outro quebra pau, mas Sonic e Shadow dão um jeito de botar ordem na casa. Depois de muita lutinha velha e sem graça, TODOS os Metais Sonic do Universo enfrentam a gangue inteira dos Freedom Fighters, onde apanham feio e finalmente viram sucata pra mão-de-obra barata.

Juizo Final em RobotropolisEditar

Foi mais uma suruba pra lá de sangrenta, onde Sonic e Cia precisavam encontrar as Chaos Emeralds pedras do apocalipse que, dependendo da forma como são unidas, podem lhe conceder 3 desejos seu maior sonho ou causar o caos e a destruição(mais um plágio de Dragon Ball... ou talvez nem tanto). Com isso, os Freedom Fighters viajam pelo passado, futuro, pretérito e o caralho a quatro em busca das duas pedrinhas. No final das contas, uma é achada no próprio presente em Móbius e a outra em Robotópolis, onde desejam que Robotnik seja devorado por um Leviatã. Com isso o império robótico do Cabeça de Ovo é condenado a 1000 anos de caos e terror enquanto Sonic e sua trupe desfrutam dos prazeres da vida em Green Hill Móbius.

Mundo do ContraEditar

 
Freedom Fighters contra sua versão maligna.

Considerada a saga mais paradoxal do Sonic(é mesmo? Não me diga...). Tails abre acidentalmente um portal no tempo-espaço onde descobre o Mundo do Contra; ele consegue evitar que impedir que alguns indivíduos de lá passassem pra cá, porem a versão do contra de Sonic(chamada Scourge) escapa e começa a aprontar altas confusões no mundo real, até que Sonic(o original) aparece e o manda de volta pro fim do mundo. Depois disso, por inúmeras vezes, Scourge e sua gangue(os Anti-Freedom Fighters) conseguem escapar do mundo do Contra só para ferrar Sonic e os Freedom Fighters, mas sempre levavam a pior, com isso Scourge apela pra Chaos Emeralds e começa a tentar dominar o mundo como Super Scourge(o que também não dá certo). No final Super Sonic destruiu o tal portal e mandou Scourge e toda a sua laia direta pro Inferno.

Aventura nas EstrelasEditar

 
Sonic sendo recepsionado após voltar de sua jornada espacial... Certamente aproveitou a noite muito bem e com estilo.

Trata-se de uma jornada vivida apenas por Sonic enquanto ele estava perdido no espaço. Tudo começou ainda no seu insímio planetinha Móbius, onde todos estavam em mais um dia de rotina: Sonic e os Freedom Fighters estava chutando o traseiro de Eggman e seu exército, o Rei Acorn e seus aliados acompanhavam toda essa parafernálha de camarote no castelo, os Chaotix enfrentavam a Dark Legion em Angel Island enquanto Knuckles estava no Alem e os Guardiões da Galáxia não faziam porra nenhuma, e claro Rouge, Fang e mais uma caralhada de contrabandistas e mercenários eram contratados para fazerem seus trabalhos sujos de sempre; tudo parecia normal (ou nem tanto), quando do nada o planeta começou a ser atacado por uma raça alien chamada Xoxota Xordas que revelaram que Móbius era o antigo planeta Terra e, devido a uma rixinha do passado, eles iriam destruí-lo. Dai todo mundo de Móbius ficou amiguinho pra impedir esses Zé-Ruelas, mas no final Sonic foi quem acabou se sacrificando para impedir que o planeta se escafedesse. Nisso todo mundo acha que Sonic morreu, fazem funeral a lá Superman pra ele, levantam um monumento em memória e etc.
Só que Sonic na verdade estava mais vivo que dependente químico depois de tomar estasis, no entanto se encontrava à 849.000 anos-luz de distância de Móbius, isso porque durante o processo pra parar a tal Onda Quântica de Energia Genki Dama dos Xordas, o infeliz acabou sendo arremessado pelo tempo-espaço até parar no cú do Universo, e essa saga narra exatamente toda a aventura do rato-de-gel tentando voltar pra casa, passando por diversos planetas, sabendo da existência de outros Chaos Emeralds tipos de Crack que existem universo a fora, fazendo e reencontrando amigos, rivais e inimigos (que todos achavam terem sido destruídos) até finalmente pisar no seu planetinha natal (embora depois fique sabendo que já se passou 1 ano desde que ele "morreu", mas enfim... o resto é história pra boi dormir).

Sonic Bros. & KnucklesEditar

Para a alegria (ou não) de alguns que não gostaram da série Undergroud, a Archie resolveu colocar Knuckles para participar em uma das sagas dessa joça. Na saga os três maninhos precisam da ajuda da Master Emerald para desenvolverem seus poderes, e claro, achar a vadia da mãe. Para isso vão até Angel Island falar com ManoKnux mas descobrem que a Master Emerald não está lá. Daí os 4 vão atrás da rochinha transgênica antes que o Dr. Fuckyounik encontre-a primeiro. No final acabam tendo que se aliar com o cientista balofo para encontrar a dita cuja, mas como Sonic e seus manos são mais espertos, dão uma rasteira no Cabeça de Ovo e acabam ainda mais foderosos que antes, porem não acham a mãe(que azar...).

25 á 30 anos DepoisEditar

 
Rei Sonic e a nova cambada dos Freedom Fighters prontos para chutarem umas bundas.

Tambem conhecida como a Saga do Futuro, é a história que mostra o que vai acontecer num possivel futuro nada apocalíptico (ou não) depois que Sonic mando Eggman pro saco. Nesse futuro, Sonic se casou com Sally virando Rei de Móbius e teve filhos gêmeos com ela: Manik & Sonia; Tails se casou com a Mina tendo tambem dois filhos e Knuckles tambem resolveu acochar a Julie-Su e nisso acabam trazendo Lara-Su pra essa porra de mundo, que acaba se tornando a nova guardiã da galáxia Master Emerald. Mais uma vez todos os nossos heróis se envolvem em tretas temporais, onde Sonic volta ao passado pra tentar impedir uma catastrofe no futuro, só que ele acaba sumindo do futuro e seus filhos tambem, e nisso Shadow retorna para o futuro, se casa com Sally se tornando o novo rei, só que Sonic consegue voltar ao futuro e nisso começa a rolar uma porradaria entre ele e Shadow, sendo que no final Lara-Su manda Shadow pra puta que pariu e Sonic gratina novamente com Sally para refazer o seus filhos; dai Silver aparece dizendo que o futuro deles tá fudido porque deu alguma merda naquele tempo que fudeu com tudo; com isso a cambada dos Novos Lutadores da Liberdade se reunem pra impedir Tikhaos, sendo que no final os filhos do Sonic salvam o mundo e tudo volta ao normal no presente... ou futuro.. ou seria futuro do presente.. ehh.. enfim, tudo fica zen.

O retorno de EggmanEditar

Também conhecida pelo nome A volta do Homem-de-Ovo!!, foi a saga que deu o ponta pé para a 2° temporada da série Freedom Fighters, como o próprio nome já diz. Robotnik (depois de ter passado um bom tempo de jejum no submundo) consegue voltar a atuar novamente como um vilão-nerd-e-foderoso obrigando mais uma vez Sonic e seus amiguinhos a fuderem com ele, só que como todo retorno de chefão tem porque tem que ser foda, o balofo de vermelho trouxe alguns amiguinhos que ele fez na outra-vida(isso inclui Metal Sonic(o original), Hitler, Freeza, Galáticos, Darth Vader, Chapeuzinho Vermelho, Mewtwo e o próprio Satanael). Essa saga foi tão pancada que foram lançadas 5 176 revistas seguidas apenas com a continuação da mesma história e nada a mais. No final, como sempre(e também como já era de se imaginar), Sonic e os Freedom Fighters vencem a guerra e mandam todos os capangas de Robotnik de volta para o seus antigolar,contudo o cientista bigodudo escapou com vida e foi morar numa caverna localizada em algum lugar perdido no mapa.

Irmandade dos EchidnaEditar

 
Os antigos Maias Echidnas também fizeram sucesso... ou não.

Não é apenas uma, mas na verdade uma porrada de sagas baseadas nas gerações passadas de ManoKnux, onde contam histórias no tempo em que Chaos era bonzinho e cuidava de Angel Island, Tikal era virgem e gostosa e protegia a Master Emerald e os Chao eram criaturas miguxas, chatas e irritantes(e por acaso isso mudou atualmente?). Os enredos eram algo do tipo a lá 300 de Esparta, pois a comunidade era formada por criaturas que fazem parte da decendencia de Knuckles, ou seja, maconheiros-cabras-omis-com-pavil-curto-que-que-resolviam-suas-diferanças-no-método-massaranduba. O Rei Leônidas do grupo era o pai de Tikal e quase sempre as histórias eram do gênero Seinen: muita porrada, guerra, sangue,lutas mano-a-mano, hentai(nos episódios-dueto de Tikal e Chaos proibidos para menores de 18 anos), suruba, seres que apareciam do alem, alienígenas com tentáculos, mais sangue, batalhas entre estranhas raças bárbaras, animais em modo berserker, sangue, sangue, sangue, sangue, sangue, e tamile sangue, sangue, sangue, sangue, sexo(com sangue), sangue, sangue, sangue, sangue, yuri, sangue, sangue, sangue, sangue e mais umas trocentas toneladas de puro sangue... e... deixe-me ver... Ah sim, e muito, muito sangue mesmo.

Shadow contra-atacaEditar

 
O ouriço obscuro também teve vez nessa joça.

Lógico que no meio das maiores sagas uma teria que ser do ouriço emo sombrio: Shadow the Hedgehog. Nesta saga, Shadow faz várias viajens pelo tempo-espaço numa única missão: matar robôs. Durante as tretas ele contava com a ajuda de Rouge, Sonic, Blaze, ManoKnux entre outros furries da série. Nessa saga foram destruídos cerca de 672137896127648726438716894383928921703486483264...8792878978 robôs localizados em diferentes lugares no tempo-espaço, dentre os quais merecem destaque Metal Sonic(só mais um clone, não o original), E-102 Gamma, E-123 Omega, R2-D2, C-3PO e Megaman. Esta é a saga preferida de guris retardados que jogam diariamente GTA, adolescentes perturbados que querem matar colegas de escola e homens-jovens-virgens de 40 anos que ainda moram com a mãe.

Onda Gênesis: O Reboot!Editar

 
E assim ficou o mundo depois de tanto estuprarem os Multiversos.

  Você quis dizer: Novos 52?  
Google sobre Sonic the Hedgehog (Archie)

Quando tudo parecia estar chegando ao fim, com Sonic sendo rei de Móbius e já casado com Sally (e ainda tendo dois filhos com ela), Tails sendo o principal cientista e comandandante do exército de Sonic e casado com Mina (tendo tambem dois filhos com essa guria), Knuckles sendo o novo chefe da nova geração Echidna e casado com Julie-Su (com quem teve uma filha), Eggman morto e Shadow pagando como novo vilão renegado que quer usurpar o trono (mas sempre sendo impedido pelos Novos Titãs Freedom Fighters), eis que a Archie resolve fazer a mesma cagada que a Marvel e na tentativa de não evoluir a série pra uma nova geração de heróis liderada por Silver 200 anos no futuro após a aposentadoria dos primeiros Lutadores da Liberdade, lasca um belo de um reboot em toda a história á fim de que Sonic e seus amiguinhos permanessam jovens e sarados chutando a bunda de Eggman por toda a eternidade.

Para isso, tudo começa com Eggman ainda vivo depois de ter tomado um belo cacete pela 16314ª vez. Com isso ele cria uma máquina que com o poder das esmeraldas do caos tem o poder de criar uma poderosa onda capaz de reescrever toda a história da humanidade desde o Início dos Tempos; a essa onda ele a batizou de Genesis Wave ou Onda Genesis pros PT-BRs em homenagem ao primeiro console da Sega que veio a prestar: o Sega Genesis e nessa saga aconteceu uma baita suruba de viagens temporais: Eggman consegue fazer o mundo voltar ao ano de 1400 e lá vai pedrada, os Freedom Fighter são obrigados a se reconhecerem para voltarem ao ano de 1900 e guaraná com rolha, a linha do tempo do reboot se funde com a linha cronológica do Megaman, o universo entra em colápso, Sonic desperta o poder do Super Saiyajin-Lendário-Deus e dá fim a toda papagaiada reescrevendo a Bíblia, Amy e Sonic repovoam a Terra novamente, os multiversos se alteram, Móbius-Prime some e volta depois pra desaparecer de novo, a linha do tempo beta se junta com a gama pra criar delta, os Anti-Freedom Fighters nunca existiram, novos entidades fanchars aparecem, a coisa fica mais doida que o Universo Ultimate e a Saga do Clone juntas e misturadas em Dias de um Futuro Passado.No final das contas só se sabe que tudo voltou ao ficar na mesma linha temporal dos jogos... ou não.

Cláro que houveram ainda várias sagas tão bizarras quanto essas como a Crise nas Infinitas Móbius, Guerra Eggvil, Reinado do Mega Drive, Legados Ouriçados e Era de Metal, alem de uma série de crossover que só serviram mesmo pra encher linguiça e os bolsos das editoras (lê-se: caça-niquel).

A saga finalEditar

 
Um final digno de Oscar facepalm.
 
Enfim, é aqui onde tudo acabou! (que se dane se teve mais historinha de origem depois disso...)

Depois de uma séries de tretas, surubas, viadagens viagens no tempo, mudanças de lado, vandalismo, porradarias, explosões, hentaismos, parafilias, tiros, estrangulamentos, robotizações, transformações e muita correria do caralho, Sonic e os Freedom Fighters iriam contemplam na edição de número 1000 numa edição qualquer a maior guerra de suas vidas, onde teriam que enfrentar um exército de Robotniks vindos de todas as eras e dimensões possíveis que lideram um exército de Legiões Sombrias, clones de Metais Sonics, Shadows, versões do mundo do Contra e até a Carreta Furacão carreata gay da paz de amiguinhos que ele fez na outra vida. Assim, para finalizar com estilo, Sonic e sua gangue coletam as 8 Super-Mega-Ultra-Hyper-Perfect-Chaos Emeralds(sim! As 8!!), viram Super Saiyajins Nível Super Deuses seguidos de de Super-Hyper-Mega-Ultra-Master-Perfect-Saiyajins-Gods e assim, depois de uma treta que entrou pro Guinness, matam todos os caras malvados de todos os Multiversos, onde Móbius enfim estaria a salvo de quaisquer ameaças e todos viveriam tranquilos com muito sexo, drogas e rock'n roll no "Good Future" (também conhecido como Light Móbius).

Contudo, devido a um antigo editor-filho-da-puta que toda a fandom odeia ter metido o pentelho onde não devia, a Archie foi obrigada a terminar toda a historinha na edição 290 287, na qual Sonic e os Freedom Fighters contemplam a última treta mais improvisada de todos os quadrinhos na face do Multiverso, onde tem que enfrentar uma terrível ameaça chamada Dark Gaia, o deus das trevas que acordou de seu sono de beleza depois do Robotnik ter jogado um raio no planeta Mobius; bem aquele que amaldiçoou transformou o coitado do Sonic em Lobisonic (sim! é uma cópia adaptação da história do Sonic Unleashed caso você não tenha se tocado...). Isso fez com que o planeta inteiro rachasse e se dividisse em vários pedaços repleto de portais dimensionais que estava ferrando com todo o Multiverso. No meio de toda essa confusão os Freedom Fighters conhecem Chip, que ajuda os heróis a derrotar o Dark Gaya e seu vetriloco maluco.

Pra azar de cientista pansudo, Dark Gaia se rebela contra ele (que novidade...) mas para a sorte de Sonic, pois retirou a maldição dos mil pelos fazendo-o voltar ao normal. Daí Chip revela ser Light Gaya, o deus da luz e parte pro cacete contra sua versão do contra. Assim Sonic e sua gangue, que tinham coletado as 7 Super-Hyper-Ultra-Master-Perfect-Chaos Emeralds para ele, chegam na batalha final e Sonic se transforma em Super Hyper Ultra Mega Turbo Perfect Sayajin Deus e depois de uma treta que demorou mais que os cinco minutos mais longos do universo, dá um fim não só em Dark Gaia, mas em todos os vilões de Móbius, fazendo todo o planeta voltar ao normal. Assim todos os caras malvados do planeta se fodem, o mundo passa a gozar de paz e tranquilidade e Sonic (que ficou com o crédito de ter salvo o mundo) é adorado como uma divindade, sendo recompensado com várias noitadas com as mais gostosas gatas do lugar.

Depois disso, a Archie Comic quis começar outra histórinha de origem pro Sonic (sim! outro maldito reboot... ou não). Infelizmente nunca iremos descobrir como isso iria continuar já que a Sega rompeu com a editora cancelando a série migrando pra IDW (certamente visando crossover de Sonic com My Little Pony. Cristo do céu... enfim). Pelo menos todos já sabem que no futuro alternativo Sonic se casa com Sally (além de montar o seu próprio harem) e vira rei de Móbius, Tails se casa com Mina e se torna o novo Bill Gates, Knuckles se casa com Julie-Su e a filha dos dois se torna a nova lider dos Lutadores da Liberdade que agora é composta pelos filhos dos integrantes da primeira geração (é! todo mundo se casou nessa bagaça e teve filho pra continuar a tradição). E fim. O que mais você queria? o mangá durou cerca de 24 anos ( ͡° ͜ʖ ͡°)! Isso por si só já é um feito impressionante pra caralho.

  Valeu Desciclopédia!!  
Sonic sobre Desciclopédia

Ver tambémEditar

  Conheça também a versão oposta de Sonic the Hedgehog (Archie) no Mundo do Contra: