Abrir menu principal

Desciclopédia β

The-last-jedi-rey.jpg Este artigo trata de um protagonista

Squall Leonhart ganha bem pra caramba para fazer o que faz!

E deve ser alguém bonzinho (ou não)

Goku Ferido.jpg
Squall Coração de Leão


Squall.jpg
Nome Completo Squall Leonhart Loire
Classe Espadachim
Terra Natal Balamb
Parceiros Rinoa Heartilly (namorada)
Parentes Raine Loire (mãe morta)
Laguna Loire (papai)
Inimigos Seifer Almasy
Ultimecia
Equipamento Preferido Espadão com cabo de revolver
Habilidades Ctrl+C Ctrl+V do Cloud Strife, com direito a Omnislash


Cquote1.png Whatever... Cquote2.png
Squall sobre qualquer coisa
Cquote1.png Ouch! Whatever... Cquote2.png
Squall, ao apanhar
Cquote1.png Kurse all SeeDs Cquote2.png
Ultimecia sobre Squall
Cquote1.png aI GEnTI prefIrU U CLOud sUPE SAYAjin Cquote2.png
Emo noob sobre Squall
Cquote1.png A espada do Cloud é maior Cquote2.png
Fanboy do Cloud sobre Squall
Cquote1.png I see a poser Cquote2.png
Kefka sobre Squall
Cquote1.png Whatever... Cquote2.png
Squall sobre Citaçoes acima
Cquote1.png Esse é meu garoto Cquote2.png
Laguna ao ver Squall com a Rinoa


Ff8-07.gif

Squall Leonhart, é o herói principal de um jogo, membro daquela longa série infinita que insiste em chamar cada versão de Final, Final Fantasy VIII, lançado ainda no século passado para o extinto preisteixu 1 e que tem como principal característica, além da horrenda cicatriz na cara, o fato de que absolutamente tudo se resume a Whatever..., algo equivalente a um Que seja... do português. Ou seja, é um cara fanfarrão.

Índice

A infânciaEditar

 
Squall fazendo cosplay de Neo

Squall passou seus primeiros anos de vida em um orfanato localizado em uma grande massa de terra inútil bem no meio do cú domundo, onde brincava vivia com seus coleginhas que muitos anos depois se reuniriam novamente para uma coisa simples como badernar salvar o mundo de uma bruxa malvada.

Squall era um pivete dos mais folgados, que sempre respondia mal aos mais velhos (1 pessoa), roubava e assediava os garotos mais novos, não comia todos os legumes e mesmo assim sempre queria sobremesa, não escovava os dentes e nem lavava as mãos depois de ir ao banheiro. Ainda pequeno, ele gostava de bater nos outros apenas por diversão. Este comportamento pode ser a causa provavél para as atitudes maléficas de Edea, que segundo fontes não muito seguras, teria se tornado má devido a convivência diária com o pequeno Squall. Fontes mais confiáveis dizem que Edea foi possuída por Ultimecia, mas a versão das fontes não muito seguras parece fazer mais sentido, além de ser livre de spoilers.

Devido a seu comportamento agressivo e antisocial, Squall acabou sendo expulso do orfanato e levado para o reformatório conhecido como Balamb Garden. Foi a melhor coisa que o universo já fez.

A vida na GardenEditar

 
Nesta cena, Squall e seus colegas enfrentam um Minhocão estuprador.

O que deveria ser uma punição por seu comportamento inadequado acabou se tornando uma diversão constante para Squall. Na Garden, ele podia bater em tudo e todos e depois alegar que se tratava apenas de um "treinamento", aprendeu a usar magias que permitiam que ele queimasse coisas apenas por diversão (por exemplo), podia ficar acordado até tarde e ainda por cima, podia andar poraí portando uma espada/pistola, a famigerada Gunblade que ele podia disparar a vontade, com a condição de que ele prometesse apertasse R1 na hora certa!

Para acrescentar mais coisas ruins ao seu currículo, ele começa a se envolver com jogos de azar quando um mau elemento lhe ensina a usar o botão quadrado, que é um código secreto usado entre os membros da Máfia das Cartinhas (pra falar a verdade, todo mundo, exceto aqueles com quem você realmente quer apertar o quadrado) para iniciar um jogo de cartas. A partir de então, ele corre o mundo para satisfazer seu vício jogando cartas com o dono do hotel, com o prisioneiro barbudo, com o prefeito Laguna e com sua peguete instrutora, Quistis, que é a FODONA DAS CARTAS.

Além de todas essas vantagens, ele ainda aprendeu diversas malandragens de mercenário, dança, canto, sapaetado, espanhol, polonês e acriano. Além de dar uns pegas na instrutora Quistis.

Ele ainda, vejam só, recebia algumas missões de vez em quando, que envolviam descer a porrada no máximo possível de oponentes e causar uma grande destruição gratuita e desnecessária. Nada de mais, sabendo-se do fato que ele já fazia isso no seu dia-a-dia na Garden, mas essas missões tinham o grande brinde de serem pagas! É se divertir e ainda receber por isso!

A treta com SeiferEditar

 
Squall depois de apanhar! MWAHAHAHAHAHA!

Squall é um cara folgado. Seifer é um cara folgado. É de se esperar que quando duas pessoas desse naipe se encontrem, a porrada role solta. E isso ocorria! Sempre que se encontravam, seja no corredor, no banheiro, no corredor a caminho do banheiro, na sala de aula, nocorredor a caminho da sala de aula, no dormitório, no corredor a caminho do dormitorio, no refeitório, no corredor a caminho do refeitório, no mictório, no mictório ao lado... etc, eles começavam a tretar, sem nenhum motivo aparente. Em uma das diversas tretas, e em uma das raras ocasiões em que a disputa ela válida por um treinamento oficial, Seifer conseguiu arrancar um belo pedaço da cara de Squall, formando sua famosa cicatriz medonha e assustadora. Squall sempre fingiu estar incomodado com isso, mas na verdade ele adorou a cicatriz por que ela o deixava com uma cara de mal e ajudava a impor respeito!

Mesmo depois que eles saíram da Garden e partiram para conquistar o mundo, eles ainda se encontraram em diversas ocasiões, e em vários corredores, ai a porrada rolou em todas elas, dessa vez com a bela desculpa de salvar o mundo. Mas obviamente Squall lutava apenas pela luta, mas como agora ele estava tentando dar uma de sensível para pegar a Rinoa, a desculpa de salvar o mundo lhe dava um ar mais "gente fina".

O relacionamento com RinoaEditar

 
Squall demonstrando as técnicas de Carlinhos de Jesus

O primeiro encontro dos dois foi durante um baile qualquer ainda na Garden. Depois de ter sido incomodado até as últimas consequências, ele finalmente cedeu a pressão de Rinoa e dançou com ela durante alguns momentos, usando as técnicas ensinadas por Carlinhos de Jesus. Pouco depois, já em Timber, Squall se encontra com Rinoa novamente e desde então ela tem sido a coisa mais próxima de "colega" que Squall já teve. Ele ainda não sabe o que é ter amigos ou namoradas, mas ele é folgado e antisocial, e na verdade quer que tudo isso se foda!

Embora Squall seja extremamente folgado, ele ainda é um homem, e homens sempre tentam pegar garotas. Embora ele ainda seja muito frio com Rinoa, essa frieza ainda é muito menor do que com todos os outros. Squall chega até ao ponto de se jogar no espaço para salvar Rinoa.

Limit BreaksEditar

 
Squall resistindo à Rinoa, graças ao poder ocúlto da sua Gunblade.

Todo Final Fantasy que se preze tem que ter os tais limit breaks, um nome diferente e mais bonitinho para especial de porrada, e como todo herói principal (exceto Zidane Tribal) de Final Fantasy tem que usar uma espada e descer a porrada absoluta nos inimigos (depois de apanhar muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito para encher a barra, claro), Squall também possui tais técnicas que surgem após uma saraivada de R1(s) para cima do oponente:

  • Rough Divide - Técnica mais podre fraca de Squall. Ele corre pra cima dos oponentes como um verdadeiro idiota e dá um golpe que faz um pilarzinho de fogo surgir.
  • Fated Circle - Ainda mais fraca que a anterior, mas pelo menos atinge todos os oponentes. Squall gira 360º no ar, fazendo uma onda de fogo atingir os infelizes.
  • Forçação Máxima Blasting Zone - Squall, tentando se mostrar, faz com que sua espada fique, realmente, imensamente, gigantescamente grande, e a transforma em um sabre de luz(a espada fica com um shockinho azul) antes da agressão. Não tira metade do dano que você imaginaria que fosse tirar depois dessa cena toda.
  • Omnislash-II Lion Heart - Squall avacalha completamente os oponentes, acabando por completo com a raça deles, em uma sessão de espancamento nunca antes vista. Pena que você só pega isso no finalzão do jogo...