Abrir menu principal

Desciclopédia β

St. Anger

DesBoleros em Ingrêis.png Este artigo se trata de um álbum

E a Carla Perez já completou o dela com figurinhas da copa.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

A capa do álbum. Acha feia? Relaxe, eu te garanto que é a coisa mais bonita do mundo perto das músicas...

Cquote1.png Mas que porra é essa? Cquote2.png
Você sobre St. Anger
Cquote1.png Que lixo de disco! Cquote2.png
Pessoa sensata sobre St. Anger
Cquote1.png A ressurreição do Metallica! Cquote2.png
Propaganda enganosa sobre St. Anger
Cquote1.png O que vocês fizeram, filhos da puta? Cquote2.png
Cliff Burton se revirando no caixão sobre St. Anger
Cquote1.png HahaHAHAHaHahahaHAha!!! Cquote2.png
Dave Mustaine sobre St. Anger

Santa Raiva, Batman é o oitavo álbum de estúdio da banda americana de pop metal Merdálica, lançado em 2003. Adquiriu muita notoriedade pelo uso de caixas de tinta Suvinil no lugar da bateria, técnica até então nunca utilizada. Todos achavam que seria a ressurreição do thrash metal, inclusive a MTV e a imprensa "especializada", mas foi um álbum tão ruim, mas tão ruim, mas tão ruim e pitoresco que nem a própria banda ousa sequer lembrar que esse disco existe. Até hoje, quinze anos depois, as pessoas se perguntam como o Metallica conseguiu se afundar tanto assim na merda.

Índice

Repercussão negativa (pra caralho)Editar

Como todo mundo sabe, o Metallica acabou depois do Black Album. Depois disso, lançaram álbuns mais voltados para o pop mainstream, mas ainda se consideravam uma banda de metal. Mas, até então, não tinham atingido o ápice da escrotidão. Eis que Lars Ulrich, o anão bêbado, teve a brilhante ideia de trocar sua bateria acústica por um conjunto de latas de tinta Suvinil e alguns potes de molho de tomate. Roberto Tijolo, o baixista, ainda chora no banho todos os dias, perguntando-se por que ele deixou que Bob Rock tocasse o baixo nesse álbum. Mas não é só isso! O Kirk Whammett, em sua vagabundagem, não se deu ao trabalho de colocar um solo decente de guitarra! E o James... bem, nem se fala.

  Uau! Disco novo do Metallica!  
Público sobre disco novo
  Que porra é essa?  
Público sobre disco novo após ouvir a primeira música

Há algumas partes em que as latas de tinta são trocadas por latas de lixo, o que mostra que o Metallica tentou voltar as suas origens: o trash metal.

CuriosidadesEditar

  • Dave Mustaine foi um dos primeiros a escutar o álbum. Quase morreu de infarto, de tanto rir;
  • Cerca de 5.000 fãs do Metallica viraram fãs doMegadeth;
  • Lars Ulrich disse que sua bateria, na verdade, estava desafinada, e ele acabou gostando tanto do som que decidiu deixar assim mesmo na gravação (pobre Lars, acha que está numa banda de black metal, onde isso até daria certo);
  • O álbum é patrocinado pela Suvinil;
  • Se você tentar comprar esse CD pela internet, o banco recusa a transação do cartão, alegando que você deveria comprar algum disco do Megadeth;
  • Kirk Hammet teve que tomar antidepressivos por dois meses.

"Músicas"Editar

  1. Frango (Eu Sou)
  2. Santa Raiva, Batman
  3. Alguma Coisa Monstruosa (Quebrou Minha Unha)
  4. Janela Podre
  5. Garoto Invisível (o Filho do Homem Invisível)
  6. Meu Mundo (Cor-de-Rosa)
  7. Enfie em Mim De Novo
  8. Doce André
  9. Um Sentimento Sem Nome (Huuuuuuuuuum Boiola...)
  10. Putifica (sim, É PUTIFICA mesmo)
  11. Nas Minhas Mãos (única música não tão emo, fala de Onan)
  12. Adocica (faixa-bônus disponível apenas no Youtube)

"Músicos"Editar