Abrir menu principal

Desciclopédia β

Stone Sour

Davesolo.gif

Bono Vox deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Stone Sour
1280x7201.jpg
Origem Des Moines, Iowa
País Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Período 1992 - atualmente
Gênero(s) Cú Metal
Death Metal Emocore
Gravadora(s) Roadrunner Records
Sony BMG
Integrante(s) Corey Taylor
Josh Rand
Roy Mayorga
Johny Chow
Christian Martucci
Ex-integrante(s) James Root
Site oficial StoneSour.com


Durante o hiato de Corey Taylor, foi o maluco do Simply Red quem assumiu o vocal, devido a semelhança entre eles.

Cquote1.png Você quis dizer: Slipknot Part II Cquote2.png
Google sobre Stone Sour
Cquote1.png S2 Cquote2.png
Guria retardada sobre Stone Sour
Cquote1.png Caraleo!! Os caras são muito feras meow!! Cquote2.png
Paulista sobre Stone Sour
Cquote1.png Prefiro ir ver o filme jingle do Pelé!! Cquote2.png
Chaves sobre Stone Sour
Cquote1.png Bota essa máscara que tu é moleque!! Cquote2.png
Capitão Nascimento Joey Jordison sobre Corey Taylor
Babel fish.gifTraduzindo: Pedra Ácida
Babel Fish sobre Stone Sour
Cquote1.png Isso é música?! Baixei achando que era pornô! Cquote2.png
Punheteiro sobre Stone Sour
Cquote1.png \,,,/ Cquote2.png
Maggot sobre Stone Sour
Cquote1.png O Slipknot acabou?! AAAAAAAAA!! Cquote2.png
Noob sobre Stone Sour
Cquote1.png I'm looking at you through the glass... Cquote2.png
Corey Taylor cantando a única música conhecida e que é uma merda da banda

O Stone Sour é a banda antes-e-durante Slipknot de Corey Taylor e James Root, que quando ganham um pouco de personalidade tiram suas máscaras de filme da Sessão da Tarde e tocam como homens honrados. O som é um pouco menos porradal que a versão powerizada da banda, mas agrada os maggots que cansam de girar o pescoço e mostrar o dedo do meio durante os shows do Slipknot!!

Índice

HistóriaEditar

 
O logo do Stone Sour.

Tudo começa na adolescência de Corey Taylor e seu amiguinho de infância Joel Elkman, metido a tocador de bateria, quando por timidez não pegavam ninguém e buscavam algum jeito de sair da seca. Daí surge a ideia da criação de uma banda, de garagem é claro. Começaram cantando clássicos do rock, como Sweet Home Alabama e Highway to Hell, mas logo os dois acordes que tiravam no violão tornaram-se enjoativos e foram atrás de alguém que mandasse bem na guitarra pra dar uma força.

Foi aí que nasceu a pior época da banda: a busca pelo guitarrista perfeito. Esse Corey Taylor deve ser um veadinho perfeccionista, porque passaram mais de oito mil tocadores pelo grupo e ele não se decidia. Acabou escolhendo um cara que mal mostrava a cara, conhecido por aí como #4, que tocava num tal de Slipknot. Daí pra tocar baixo existem às pencas, e era formada a pseudo-banda!!

Quando tudo estava ok, Elkman que ajudou a levantar a porra toda se apaixonou por uma mulher feia e saiu da banda, formou família e viveu feliz pra sempre como nos contos de fadas. Mas encontrar outro baterista também foi fácil, era maggot e pagava pau pro Joey Jordison, atendia a todos os pré-requisitos!!

O problema é que a fama não chega se você não alienia milhares de outros jovens retardados e faz eles verem arco-íris cheirando gatinhos por meio de versos subliminares em suas músicas. Foi o caso do Stone Sour. Os caras fizeram a banda e simplismente jogaram ela no canto. Foi nessa época que o Slipknot começou a ganhar sucesso. Obviamente, a outra bandinha obrigatoriamente deveria ser alanvacada, porque se não o Corey parava de brincar de cantor. Foi por volta disso aí que o Stone Sour começou a plagiar criar suas músicas e sua personalidade.

Características da bandaEditar

  • Por serem comumente feios na vida social, todos os integrantes buscaram alguma forma de além de feios, tornarem-se toscos e chamarem mais a atenção.
  • O sonho de todos eles é fecharem a banca e ir todo mundo filar uma vaga no Slipknot.
  • No fundo, todos eles sonham em gravar uma música do Chico Buarque ou do Ray Charles.
  • Embora puxem mais pro lado do grunge, sempre dão um jeito de soltar um grito aleatório no fim das músicas.
  • Nunca serão escolhidos na Garagem do Faustão.

IntegrantesEditar

Depois da passagem de um caminhão de guitarristas mal sucedidos pela banda, eles finalmente firmaram num time decente pra pelo menos começar a estrada. Eles permanecem até hoje, sempre à sombra do Slipknot e outras bandas do gênero.

Corey TaylorEditar

 
  Ora, que melhora piora!!  

Quando Corey cansa de ser empregado do Slipknot e/ou quando sua garganta pede um descanso, ele volta para o Stone Sour pra relaxar um pouco. Se ele considera o Slipknot como sua melhor terapia, podemos dizer que o SS é então seu playground favorito!!

A falta da máscara de $1,99 deixa o vocalista um pouco acanhado, daí a necessidade de soltar uns gritos no meio da música sem necessidade nenhuma, ou cair nos vícios do Slipknot de mostrar o dedo do meio pro público. Em geral ele manda bem, e sempre fica aquela pergunta no ar:   é ele mesmo aquel maluco mascarado?!   Um dia alguém responde, até lá aproveite da boa vontade da barbie americana do Rock n' Roll!!

Acostumado a pular igual ao Homem Macaco nos shows do Slipknot, Corey precisa ser comportado pra agradar seu público, bastante diferenciado. Saem os metaleiros bate-cabeça e entram os posers fãs de Nirvana e Smells Like Teen Spirit. É por isso que antes dos shows do Stone Sour, Corey Taylor usa alguns tranquilizantes de cavalo diretamente na veia, e que isso não seja considerado como uso de dorgas, ok?!

James RootEditar

 
Outro caso perdido.

Nem mesmo com 2,14 metros de altura, Jim Root conseguia chamar a atenção dentro do Slipknot. É a maldição da guitarra base, que sempre estará à sombra da cobiçada guitarra solo!! E foi em busca de vôos mais altos que João Rota aceitou o convite de Corey Taylor para entrar para o Stone Sour.

Tirar a tal máscara de estimação foi um trabalho difícil para ele, sendo tão grande e desengonçado fica impossível se esconder, ou fazer de conta que não é com ele. Por isso durante as apresentações da banda ele fica sempre pelos cantos, além de se esconder dentro do cabelo como fazia Slash na era de ouro do Guns N' Roses.

Impedir que Zidane Josh Rand tome sua vaga de foderoso da guitarra não tem sido um trabalho tão difícil. É por isso que se dá ao luxo de sair do palco no meio dos shows e obrigar o Corey Taylor a segurar as pontas no violão. Que puta preguiçoso!!

Josh RandEditar

 
Zidane, após se aposentar do futebol, arrepiando no Stone Sour.

Conhecido dentro da banda como Zinedine Zidane (não só pela aparência, mas também pelo temperamento explosivo, vide Zidane Round Head Strike), Josh Rand faz o serviço pesado na guitarra, mesmo não sendo reconhecido por isso na maioria das vezes.

Josh foi o felizardo depois da passagem de tantos guitarristas meia-boca pela banda, e assegurou a vaga porque além de guitarrista é macumbeiro, afastando qualquer olho gordo de sua carreira. Toca guitarra desde os 14 anos, quando descobriu que podia usar a velocidade de suas mãos em outra coisa mais produtiva, abrindo mão da putaria!!

Viciado em jogo de azar, gasta todo o (pouco) dinheiro da banda em briga de galo, futebol americano, basquete e demais frescuras de americano. Daí vem a cabeça raspada: os demais integrantes ficam putos com ele e mandam a navalha nele!!

Josh é também o menos estiloso da banda. Enquanto os outros se destacam na multidão, ele pode facilmente ser confundido com um garçom, um pastor ou um alienígena. É também o mais humilde, pois a falta de grana impede que ele compre rebites, correntes e coisas de boiola igual ao resto.

Roy MayorgaEditar

 
Stone Sour?! Porra cara, jurava que você era do Linkin Park!!

Roy é o arrumadinho da banda. É o único que perde tempo antes dos shows na frente do espelho retocando a maquiagem seu cabelinho espetadinho de criança, e é claro pintando com papel crepom (como eu fazia na minha infância pobre).

É resultado da união de um equatoriano e uma cubana durante as Olimpíadas no México. Misturar tanta cultura só poderia dar merda!! O pior é que jogou tudo isso fora e se tornou um típico playboy americano. Foi assim que em uma viagem ao Brasil entrou pra o Soulfly, banda tão conhecida quanto ele!! (a banda não morreu, pois Max Cavalera não traiu o movimento!!)

Roy foi obrigado a sair fugido do Brasil após se meter com alguma mulher de malandro, e voltou para os Estados Unidos. Ficou mofando por um bom tempo, até o Stone Sour perder seu baterista para uma mulher de família. Então, na falta de opção, receberam Roy Mayorga como o novo baterista do Stone Sour!!

Ele é ao menos consciente que nunca será tão rápido e adorado pelos maggots como o Joey Jordison, e fica na dele sem fazer muito barulho. Deixa o Corey aparecer, a banda é dele mesmo...Com tanto que não confundam ele com o maluco do Linkin Park tá tudo certo!!


Shawn EconomakiEditar

 
Shawn, durante um orgasmo musical.
Você sabia que...
  • ......Shawn só entrou na banda porque é amiguxo de Corey Taylor?!

Considerado o mais belo da banda por albinos e nórdicos, o baixista da banda diariamente cuida da (bar)bicha, passando horas dentro de água de salsicha. Usa as mesmas roupas do Corey Taylor, talvez por puro patrocínio ou merchandising, talvez por idolatria ao real dono da banda!!

Por falta de informações sobre esse grande artista, vamos pedir a ajuda de seus fãs para nos falar mais sobre ele:

 


Ele é um barbudo que bota medo se vc,caro punheteiro de merda, achar esse caro num beco escuro,se vc,punhetinha de ouro,ver no vídeo Trough glass ficará assustado com a barba do indivíduo

Algumas tentativas de sucesso da bandaEditar

  • Through Glass: (Também conhecida como Through GLS) A mais famosinha no Youtube é também a música mais tranquila do disco Come What(Ever) May. Eles cuidaram de colocar um grito tradicional no fim da música, pra ter certeza que você não vai se converter pro lado emo da força!!
  • 30/30-150: Candidata a aparecer no Guitar Hero é a primeira faixa do disco Come What(Ever) May, e propositalmente tem a cara do Slipknot pra aumentar sua vendagem. Já concorreu ao Grammy na categoria "Melhor Porradal Ao Vivo do Ano", mas acabou perdendo pra Before I Forget. MWAHAHAHAHAHA!!!
  • Zzyzx Rd. A sigla indecifrável é na verdade o nome de uma rua, típico plágio dos Beatles (ver Penny Lane). Porra, isso tá dando sono, cadê seus gritinhos Corey?! Vá se foder...aliás, foda-se essa merda de banda também!!

Veja tambémEditar