Abrir menu principal

Desciclopédia β

Subdivisões dos Estados Unidos

Desuniões dos Estados Unidos

Subdivisões dos Estados Unidos é como os USA se desorganiza territorialmente e administrativamente visando fins estatísticos, lavagem cerebral, melhor organizar as ligas da NFL e NBA e distribuição dos mexicanos e porto-riquenhos ilegais ao longo de seu território.

Índice

EstadosEditar

Nos Estados Unidos os estados são estados mesmo, não é como no Brasil que é tudo a mesma coisa centralizada no governo federal. Nos Estados Unidos cada estado possui autonomia para fazer o que der na telha, desde dar pena de morte para quem cuspir na rua como criar uma cidade só com atores, atrizes, diretores ou até mesmo liberar o jogo do bicho.

O estado mais importante do país é Massachusetts por ser onde está a Massachusetts Institute of Capillaries Consultations e a Massachusetts of Broken Dream Boulevard.

Totalizam 52 estados, contando com a Área 51 e o território do Iraque. O México é um território autônomo.

CondadosEditar

Cada estado está subdivido em condados, e cada condado é governado por um Hobbit armados com estilingues que ficam vigiando as fronteiras de seu território para evitar que qualquer avião carregado de capangas terroristas se aproxime. É dentro dos condados que estão os cinco níveis de zonas populacionais: Cidades (acima de 1 milhão de habitantes), vilarejos (entre 100 a 999.999 habitantes), aldeias (entre 10 a 99 habitantes), fazendas (entre 2 a 9 habitantes) e casa da tua avó (1 habitante).

Washington, D.C.Editar

Washington, D.C. é considerado um Distrito Federal, cidade, estado, província, república autônoma, tudo ao mesmo tempo, tudo o que o Distrito Federal brasileiro deveria ser, mas não é.

TerritóriosEditar

Como se sabe, os Senhores da Guerra ao longo de sua história já ganharam muito espórios de guerra em forma de ilhas que só tem areia e alguns coqueiros, como são fudidos e longínquos demais para serem estados são todos considerados territórios (exceto o Havaí que tem aquelas dançarinas de ula-ula e merece mais destaque).

Porto Rico tem um estatuto que pode votar a independência quando quiser, é claro que eles não são estúpidos de fazerem isso e se transformarem numa nova versão paupérrima de uma República Dominicana da vida.

A Samoa Americana tem autorização para ter uma seleção de futebol, para que nunca a seleção americana seja a pior do mundo.