Abrir menu principal

Desciclopédia β

Super Mario Land

Virtualgame.jpg Super Mario Land é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, alguém faz mais de 300 pontos em Shooting Watch.

Smb-nes mario walk.gif
Super Mario Land é da época da Velha Guarda dos Games

provavelmente foi um dos motivos para a crise de 1983


Terra do Super Mario
Super Mario Land.jpg

De colorido, o jogo só tem a capa

Informações
Desenvolvedor Nintendo
Publicador Nintendo
Ano 1989
Gênero plataforma
Plataformas Game Boy
Avaliação 20%
Idade para jogar 10 anos (invasão alienígena)

Cquote1.png Prefiro Pokémon!! Cquote2.png
Louco que tem um Game Boy sobre Super Mario Land

Super Mario Land é um dos mil jogo de Super Mario, mas o primeiro lançado para o Game Boy. Nessa época, o Shigeru Miyamoto estava trancafiado no porão de sua casa fazendo o jogo The Legend of Zelda: Ocarina of Time e não acompanhou o desenvolvimento de Super Mario Land, ele deixou o pepino com seu fiel escudeiro, sombra e puxa-saco Gunpei Yokoi.

O jogo vendeu incríveis 18 milhões de cópias, mas longe de ser alguma vantagem do game, mas este era o único jogo decente (sem ser Pokémon) existente para Game Boy, e como a Nintendo fez um marketing agressivo na venda do Game Boy, ameaçando as crianças até de morte as vezes, o portátil que todos descobriram ser uma bosta, só servia para jogar Kirby, Pokémon e Mario mesmo...

Índice

GráficosEditar

 
O jogo oferece várias dicas de onde fica o Reino Cogumelo. Nas proximidades da Ilha de Páscoa é uma certeza...

Com cores em preto e branco com um chamuscado esverdeado, sem contar com a tela minúscula do Game Boy, Super Mario Land exibe um dos piores gráficos dentre todos os jogos da Nintendo, pior até que o Mario Bros..

JogabilidadeEditar

O jogador deve guiar um encanador italiano e bigodudo que tem um estranho fetiche sexual por armários através de 12 fases cheias de inimigos com nomes japoneses, usando apenas como armas cogumelos, flores, pulos e muita força de vontade.

Jogar Super Mario Land por períodos prolongados pode causar miopia, estrabismo ou epilepsia devido à telinha minúscula e à falta de cor e brilho do Game Boy.

HistóriaEditar

O jogo conta a história de Mario que estava tirando umas férias no reino vizinho Sarasaland (Reino da Cachaça), quando descobre que a princesa local Daisy foi raptada por um alien tarado chamado Tatanga. Então Mario deve resgatar a princesa e descobrir se ela gosta de armários.

CuriosidadesEditar

  • Luigi e Bowser não aparecem nesse jogo, e provavelmente estão se fartando com a carente Princesa Peach (que também não aparece em Super Mario Land)
  • Em compensação é o segundo jogo onde Luigi não é mencionado e não recebe salário. O primeiro foi o Donkey Kong para arcade.
  • O jogo não tem como salvar e você nunca o zerou.