Abrir menu principal

Desciclopédia β

Super Mario Odyssey

Virtualgame.jpg Super Mario Odyssey é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, um n00b faz uma Steel Longsword.

Super Mario Odyssey é dito o novo jogo da NãoIntendo para Nintendo Switch. Ao contrário de todos os outros jogos do Mario (lê-se:Super Mario Galaxy 2) Mario estará copiando Sonic saindo do Reino do Cogumelo para o "mundo real" assim como Super Mario Galaxy, porém, ele não vai poder viajar pelas galáxias, pois ele descobriu que a Princesa Gasolina Rosalina era a sua mãe, e ela descobriu que Mario estava namorando antes dos 30 anos, e botou ele de castigo de viajar pelas galáxias. Então, Mario, bastante irritado, resolve fugir da casa da mamãe e, como Mario não tinha poderes, teve que pegar um ônibus circular todo fudido e lotado até o terminal de New Donk City e de lá carregar suas malas até o créu céu rosa, onde deve atrapalhar o namoro sequestro da Princesa Peach que desta vez Bowser deixou de ser bicha e foi arrumar um casamento forçado para ela. Mario deve "dar a volta ao mundo" enquanto Sonic só rodopia lá no Japão.

Sonic Adventure A Odisséia de Super Mario
Super Mario Odyssey.png

O chapéu voador que deixou os haters doidos. Repare que ele está de olho feito BBB no quarto da Princesa Peach.

Informações
Desenvolvedor Sega Num Entendo
Publicador Num Entendo
Ano 2017
Gênero Plataforma, Mundo Aberto, Rage
Plataformas Nintendo Switch
Avaliação 10 (a pessoa que davas as notas foi possuído pelo Cappy)
Idade para jogar Qualquer um que não seja roubado enquanto joga.


Cquote1.png Você quis dizer: Sonic Adventure Cquote2.png
Google sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Você quis dizer: O Retorno dos Dias de Fúria de Super Mario 64 Cquote2.png
Google sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Ué, mas a Nintendo não estava morta? Cquote2.png
Gamer moderno sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Isso é um clone de Sonic Adventure. Fato. Cquote2.png
Seguista sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Concordo. Cquote2.png
Hater da Nintendo sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Ahá! Disseram que o Nintendo Switch era fraco, agora engole o choro! Cquote2.png
Nintendista sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Hurr Durr, especificações, Hurr Durr, Nintendo não se importa com gráficos, Hurr Durr, o Switch será um fracasso, Hurr Durr, blá blá blá... Cquote2.png
Outro Hater da Nintendo sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png eu dise, nitendo nao fais jogus, vo mesmu e joga gta no meu ps4 seus fanboy no caralhu! Cquote2.png
Hater Analfabeto da Nintendo sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Aprende a escrever, muleque. Cquote2.png
Eu sobre comentário acima
Cquote1.png Mamma Mia!É muita gordura pra queimar nessa cidade! Cquote2.png
Super Mario sobre Ele mesmo
Cquote1.png Tá vendo Mario, seus "fãs" crianções agora odeiam você, por que você me copiou! Cquote2.png
Sonic sobre Super Mario
Cquote1.png Não é justo, pra começar foi você que me copiou daquela vez, no Mega Drive, não se lembra? Chegou a minha vez de te copiar, e pelo menos eu vou comer a Princesa no casamento e você vai só ficar na mão! MUAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Cquote2.png
Super Mario sobre comentário de Sonic
Cquote1.png ...E quem foi que disse que eu vou dá para você? Cquote2.png
Princesa Peach dando um fora no Mario final de Super Mario Odyssey
Cquote1.png Esse não é nem de longe um dos melhores jogos do Mario, FAAALOOOOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUU!!! Cquote2.png
Velberan sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Sei... tanto não foi que concorreu ao jogo do ano em 2017 (pena que perdeu pro maldito Zelda) Cquote2.png
IGN sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Não assinamos contrato com a nintendo para usarem nossos parentes no jogo! Cquote2.png
Rabbids sobre a família coelho de aparece como chefes no jogo
Cquote1.png Só me deixaram participar como ester-egg nessa porra! Cquote2.png
Pauline sobre Super Mario Odyssey
Cquote1.png Então seu novo poder é virar um encosto? Que interessante... Cquote2.png
Madame Cassandra sobre Chapéu do Mario
Cquote1.png Vou levar a princesa pra Lua e cobri-la como o meu mel! Dai sim teremos por lá uma Lua de Mel, sacô? Cquote2.png
Bowser fazendo um trocadilho horrivel
Cquote1.png RYL? Cquote2.png
Todos os demais personagens sobre comentário a cima

Finalmente o Bowser fez alguma coisa, se não todos iriam pensar que ele não passa de uma tartaruga inútil que só aparece pra fazer pose.

Índice

ProduçãoEditar

Sabe-se que há um grande esforço para que o Nintendo Switch seja um grande fracasso sucesso, e um desses esforços coletivos está na equipe criadora de Super Mario Odyssey, que decidiu criar o pior melhor jogo de Mario de todos os tempos para a sua nova plataforma da Nintendo. Como ter ideias para jogos ruins requer muita inspiração, os criadores foram geniais em se inspirar no pior melhor jogo de Sonic de todos os tempos, o Sonic 2006 Sonic Adventure. Sendo assim o Mario foi jogado numa cidade grande, e a ideia é basicamente um jogo repleto de muita vergonha alheia e situações constrangedoras.

O jogo começou alguns trailers, mostrando um dinossauro qualquer com bigode do Mario, achando que fosse um daqueles videos toscos e fumados feitos em Gmod ou qualquer bosta similar, ou até um mod de outro jogo, até que mostra Mario saindo do nada da cabeça do dinossauro e fazendo sua velha pose e uma dancinha meio gay. Além disso, antes do jogo, tiveram outros trailers mostrando a música principal do jogo, que é uma das várias coisas que podem ser pior melhor que o jogo em si, além de gameplays de algumas fases e alguns chefes.

EnredoEditar

Nota: Se não jogou ainda este jogo, leia este artigo vá para outro artigo.
  ALERTA DE SPOILER GAMÍSTICO!

Este artigo gamístico pode conter spoilers que revoltam os nerds, como o fato de que:
Louise morre numa das últimas missões!!

Portanto, leia com cuidado.

 
Mario olhando para ver se o Sonic não está o olhando dando um rolé nas favelas do Rio.

Bowser finalmente possui as bolas para organizar um casamento cheio de corrupção com a Princesa Peach após de várias tentativas de ameaças, violência e inclusive estupro, além de mais uma tentativa fracassada de tentar dominar o Reino dos Cogumelos Alucinógenos e rapta uma parente do Gasparzinho em forma de uma tiara (chamada de Tiara que nome criativo) para possuir a coroa da Princesa Peach sem algum motivo.

Isso irrita o irmão da mesma fantasma, mas como era um fracote total, apenas foge e se junta a Mario para tentar arruinar o casamento da Princesa Peach. Durante o jogo, haverá vários reinos toscos, como reino de 2D, reino mexicano, reino dos dinossauros, entre outras tosqueiras e Cappy possui a habilidade de fazer uma possessão demoníaca em qualquer inimigo do Mario, fazendo que o encanador bigodudo se tornasse um dos personagens mais apelões em si. (ou não, já que existe outro que pode fazer isso)

 
Uma nova possessão, ótima para tirar inimigos do seu caminho.

Bowser contrata uma quadrilha de coelhos inúteis vestidos para um casamento chamado de Broodals, mas por serem os primeiros chefões do jogo, obviamente são mais fáceis que roubar doce de criança, e depois que derrota três dos quatro (já que um é preguiçoso e não quer evitar a fadiga), apenas vão embora e ficam sem nada pra fazer, com exceção de uma delas, por apenas servir para hentais.

Depois disso, Mario vai para a cidade de New Donk City, onde descobre que Pauline, depois de sua vida sendo refém de macacos raivosos, vira prefeita da cidade e Mario consegue visitar alguns dos monumentos e até fazer sua possessão em humanos de verdade. Bowser puto por contratar vários bosses inúteis, tenta fazer uma ligação para o Dr. Eggman emprestar algumas de suas criações fracassadas, o que explica vários das outros chefões aberrações do jogo na cidade de New Donk City.

Depois de derrotar todas as aberrações vindas de um jogo de Rayman, Mario finalmente aparece em uma filial da IURD, onde Bowser e a Peach estão se casando, e como óbvio, rola aquela cena clichê de interromper o casamento na hora H, até que Mario e Bowser começam a tirar na porradaria, enquanto Bitch Peach fica novamente de refém (que novidade...), até que o excesso de peso de

 
  Um jogo de tirar o chapéu.  
Raul Gil sobre Super Mario Odyssey

Bowser, que achou que estivesse em uma piscina para fazer uma "bola de canhão" leva os três para o centro da Terra, e dá um ataque epilético na tartaruga gigante que solta fogo, e como Mario não queria que ninguém comesse capim pela raiz, teve a ideia de usar a força do mesmo para conseguir, onde realizou mais uma possessão demoníaca junto com uma fusão e do nada chegam até a Lua.

Mario e Bowser tentam se tirar no xizum, mas Peach apenas manda os dois tomarem refrigerante japonês e dá um friendzone nos dois onde ficam meio segundo chorando entre si mesmos, até que observam Peach tentando fugir em seu barco voador com os dois chapéus-fantasmas na sacanagem e Mario consegue chegar até Peach, onde deixa Bowser apodrecendo na Lua sem arrependimento, copiando até o famoso Banimento para a Lua.

MundosEditar

Os mundos de Super Mario Odyssey chamados de reinos, contém uma coisa chamada preguiça, são reinos de proporção grande, mas normalmente desérticos pela falta de criaturas que vem te atacar, são inspiradas na bunda da mãe natureza e nas cidades de interior do Brasil. É nelas que Mario se aventura para brincar de pique-pega procurando compulsivamente 999 luas para acabar com o casamento de Bowser e Peach.

Diferente de outras regiões de outros jogos do Mario, os reinos desse jogo tem luas espalhadas até no cu dos NPCs, além de conter moedas regionais roxas de pura radiação que servem para comprar adesivos e outras frescuras para a Odyssey. Moedas comuns também estão no jogo, ainda podendo comprar luas infinitamente no posto mais próximo.

Foto Nome Nota Luas
 
Habitante do reino do Chapéu.
Reino do Chapéu / Cartolandia Este é o primeiro reino, é onde Mario cai depois da grande batalha sem sentido com Bowser na primeira cutsene, aqui Mario acorda e acha que está no céu, mas logo mais descobre que só teve um leve derrame e que está no purgatório.

Esse reino é inspirado em Londres, mas que mais parece com algum lugar de O Estranho Mundo de Jack, seu abitantes são apenas defuntos-fantasma que usam uma cartola. O único pedaço de chão que tem nesse lugar é a vila de Bonneton que tem um farol que serve para indicar que a Morte está vindo com um novo residente. Outros seres desse reino abandonado são Goombas, Spinies e sapos (aquele mesmo que o Mario roubou a alma).

31 (os primeiros 10 são fáceis, já o resto é uma dor de cabeça)
 
E lá vai mais um.
Reino da Cascata / Acre Primeira viagem de Mario, esse lugar é um montureiro de pedras e elementos do período em que a sua ainda era viva. O lugar foi inspirado no Foz do Iguaçu e um pouco da cultura do Acre, país esse que tem diplomacia direta com os dinossauros. O reino além de ter a ilustre presença do T-Rex, também está infestado de Chain Chomps e Goombas amarelos radioativos, além de uma coelha gorda que você tem que enfrentar assim que chegar no topo do mapa. 42 (os primeiros 15 são fáceis e úteis, já o resto é pura encheção de linguiça)
 
Bem-vindo ao nada.
Reino da Areia / Saara Um reino que se a semelha ao inferno, mas que tem raízes do mexicanas e das regiões pobretas do mundo, a putaria desse reino está em Tostarena o lugar mais caliente do jogo, aqui se vende burrito como água, e sempre tem mariachis tocando atoa. Durante sua passagem por essa área, não exite em ficar correndo pra lá e pra cá, já que você precisará de muita paciência para fazer isso, pois enquanto meia duzia de luas estão escondidas em algum canto do mapa, as outras estão enterradas na areia.

Diferente dos primeiros reinos, esse tem alguns segredos muito úteis por incrível que pareça. Existe o leão Jaxi que serve como transporte para levar a bunda do Mario a qualquer lugar do reino, mas apesar dele poder te levar até o cu do mundo (se preciso), não é o suficiente para derrotar o rei dos maias que se acha um lutador de boxe.

93 (recomenda-se pegar as 20 primeiras que ver, compre outras 73 no buteco para compensar)
Reino do Lago / Fossópolis Inspirado na Grécia e na moda gay da França, faz com que esse reino seja o mais colorido e viadamente gay do jogo inteiro, afinal é aqui que você pega a calcinha da Peach. O principal e único prédio é uma réplica da acrópole de Atenas, mas como se tivesse na situação de Atlantis, seus habitantes são da família dos gelatinosos e escamosos com cauda como peixes e sereias, além de algumas outras aberrações como carangueiros, goombas que são uma praga em qualquer reino e uma aparição de Dorrie, o monstro do lago ness de Super Mario 64. 44 (Apenas 25 são acessíveis, o resto só esqueça)
Reino da Madeira / Pica-Pau Land É uma floresta que tem uma estrutura metálica que nem mesmo quem a construiu sabia o que ia construir, o lugar é inspirado em toda e qualquer floresta aleatória dos Estados Fudidos e algumas coisas a mais do Canadá, está infestado de bichos robóticos que não servem para nada além de te incomodar o tempo topo rodopiando e talvez dançando, sla. Apesar de ter uma área completamente feita de mato, a área que mais vai ter luas é a chata Steam Gardens, tipo aquela fase de Super Mario Galaxy que tem a melhor música do jogo, só que com metal com tétano e plantas que te comem vivo, sem contar no boss que nem forma tem, muito menos se sabe o que ele é. 80 (é melhor que não pegue nenhuma, só corra para o chefe saia desse mundo o mais rápido possível)
 
Chegar ao céu é assim, assim que chega logo volta pra baixo.
Reino da Nuvem / Cumulonimbus Ville O reino de Cloud de Final Fantasy é apenas um reino de passagem, apenas sendo uma desculpa para cair no pau com Bowser. O reino é completamente branco onde o único solo é uma mesa redonda feita de nuvens que chega a dar dó de quem teve que fazer esse estágio. Obviamente inspirado no céu de algum lugar com algumas frescuras a mais para deixar o campo mais gay, só não é tão gay quanto o reino do lago, porque esse reino é o mais vazio do jogo, só faltou parecer um unicórnio para completar a festa. 9 (Nem lua dá pra pegar aqui ao chegar pela primeira vez, volte depois de destruir o casamento do Bowser)
 
Urubu sabendo que vai comer mais tarde.
Reino Perdido / LOST Assim que você batalha com Bowser, mesmo você arrebentando ele, Bowser te manda para o quinto dos infernos ao lançar uma bola de boliche no seu balãozinho de papel chamada Odyssey. Você acaba caindo na ilha de lost e tem a missão de adentrar no matagal para encontrar 10 luas, que provavelmente te custarão a metade do tempo total do jogo.

Esse reino é um grande pantanal que só tem insetos e é rodeado por veneno. É o mapa radioativo do jogo, pois é o que dá mais agonia de estar nele, aqui você vai testar suas habilidades de pulo, pois apesar de ser uma ilha, é uma ilha que está caindo aos pedaços e sendo engolida pela água da morte. Seus únicos habitantes são os que conseguiram sobreviver a radiação que tem lá, são: Lagartas coloridas do tamanho do Mario e de 10 metros de largura, moscas com mãos de tarado, e um dodo que só espera alguém morrer e apodrecer para ele se alimentar.

35 (O jeito é pegar as 10 e únicas luas que estão disponíveis nesse primeiro momento)
 
Metrô de New Donk City em sua inauguração.
Reino do Metrô / Nova York O reino totalmente plagiado de Nova York, se passa em New Donk City que apesar de Pauline (a baranga do DK) ser a presidente e com quem mais teve relações sexuais com DK, o próprio macacão não aparece em nenhum canto dessa cidade, exceto por uma aparição bugada em 8-bits. A cidade é feita obviamente de prédios, pessoas enroupadas onde a temperatura média é de 30 graus e muitos becos, assim como qualquer outra cidade que se considera a mais importante do reino.

Neste reino, o principal evento é um show de jazz sendo que todo mundo gosta de pop sendo que ela mesma é a vocalista e que além de mandar em todo mundo ainda quer ser a patricinha da cidade. Na primeira vista New Donk City parece não ter luas, isso porque elas estão muito bem escondidas, estando até no lixo da cidade. Durante sua cansativa procura das luas, Mario pode usar uma lambreta para percorrer os 10 metros de rua que a cidade tem, fazer parkour para subir os prédios e até mesmo se transformar em pessoas, táxis e numa tampa de bueiro de esgoto.

85 (50 estão perdidas por aí em algum beco desse reino e 35 guardados nos peitos de Pauline)
 
O urubu das neves, o mais temido do lugar.
Reino da Neve / Antártida A sibéria do jogo, lar do Papai Noel e do Pé Grande, o reino das neves é um buraco desértico de gelo e neve. A parte principal do reino é a cidade Shiveria, única que tem um aquecedor em funcionamento, seus habitantes são ursos polares que apesar de aquentarem o frio, usam um casaco de pele (provavelmente deles mesmo), indicando que o lugar está tranquilamente abaixo dos 100 graus, uma verdadeira geladeira russa.

Segundo a Wikipédia, esse reino vive de bolos de gelo de flocos de neve e corrida de trenó, outros animais incluem pinguins, primos do pé grande, doentes do Noel e só. Uma pesquisa feita com os habitantes de Shiveria (também pela Wiki) revela que em média 364 dias ao ano são tão congelantes que congelam até os pelos do cu. [carece de fontes]

57 (Além de frio é um reino chato, recomenda-se vazar o fora daí assim que possível)
 
O maior inimigo de todos, o polvo.
Reino à Beira-Mar / Copacabana Reino visivelmente inspirado em Copacabana, mas por decisão unanime decidiram por se inspirar em Côte d'Azur na França, já que Copacabana está igual a um aterro sanitário. É uma praia que não tem muita gente, mas só está infestada de caramujos, peixes que voam e um lulanoide tarado. Apesar do foco estar só em terra firme, passamos mais tempo nos afogando do que aproveitando o resort.

Esse reino é o mais bizarro de todos em questão de missões e fatos que ocorrem aqui: Podemos ver os mamilos polêmicos de Mario, namorar uma Goomba, encontrar uma esfinge debaixo d'água e se irritar tentando pegar Cheep Cheeps para não morrer afogado.

73 (Só doido completa essa mapa)
 
Reino do Almoço.
Reino do Almoço / Zuzubalândia Reino do Almoço é um reino gay, ou seja, colorido e é aberto a todos os gordos e famintos do subúrbio de São Paulo. Foi inspirado no País da Pizza, terra do Mario e de seu irmão verde. Como dito antes, o reino é uma obra de arte de tanta cor intubada aqui, desde o chão em que se pisa até as paredes do reino são gays, inclusive a água é iogurte de morango.

Além de cor pra todo o lado, também existem algumas bizarrices, como: Blocos de queijo de 2 metros que por algum motivo viraram casa de Hammer Bros, caldeirões de sopa por todo o lado, sem contar nos habitantes em forma de garfo também coloridos, uma galinha gorda como chefe e tomates mutantes que são mais comuns do que Goombas nesse reino.

72 (Só gordo completa esse mapa)
 
O reino depois de se livrar do dragão.
Reino Arruinado / Reino Mal Cuidado O reino arruinado é um outro tapa buraco para speedrunners que são apressados. Aqui Mario novamente quebra sua Odyssey e deve procurar por 3 malditas luas, que foram abduzidas de tão difíceis que são encontra-las. Esse reino são só ruínas de um castelo que no final o Ender Dragon te espera para uma batalha com apenas bugs. 12
 
veículo usado para se locomover no centro de Bowser Kingdom.
Reino do Bowser / China E finalmente chegamos no reino do Bowser, genericamente esse reino deveria estar borbulhando de quente já que deveria ser dentro de um vulcão, mas a Nintendo vendo que esse negócio de lava era pura preguiça dos desenvolvedores em fazer algo novo, resolveram por recriar uma pequena chinatown de veneno infestado de passarinhos e bombas.

Ao chegar nesse reino o jogador já ouve os tambores e as batucadas de uma música agonizante oriental, uma fumaça colorida cobre toda a visão te deixando cego por todo o caminho que percorre. É definitivamente uns dos piores mapas do jogo, ele é divido em várias sessões conectadas por um cabo de luz, no final você derrota novamente os coelhinhos fofinhos só que agora em um robô em uma batalha demoradíssima.

64
 
Chegada de Mario para a festa.
Reino da Lua / O casório O reino da lua é o reino mais decadente do jogo, nele o Mario anda que nem uma tartaruga (ou melhor, pula em câmera lenta), tendo que ficar preso aqui por horas para encontrar uma misera lua. Tecnicamente é aqui que o jogo termina, já que o Bowser resolveu construir uma igreja na lua só para casar com estilo, o seu objetivo é invadir o casório e terminar com a putaria, ainda ter que fugir no corpo do Bowser em um fuga épica antes que a lua exploda (por algum motivo que não existe).

Com o sucesso do Super Mario Galaxy, ocorreu um repeteco das seções de gravidade e resolveram fazer o mesmo aqui, colocando um mapa inteiro com essa gravidade zero fudida. Teoricamente a lua era para ter um ambientação realística, mas assim fica difícil, pois nem mesmo música de fundo essa área tem, nem mesmo colocaram alguns sons do inferno. A lua mais parece um palco de orgias do que qualquer outra coisa, pois aqui tem sapos, polvos e mais outras aberrações que nunca foram catalogadas.

38
 
Mario fica mais a vontade quando está em casa.
Reino do Cogumelo Esse é um reino extra para aqueles fãs enlouquecidos que não se contentaram com os outros reinos, é uma versão remasterizada sem muita novidade. Assim como toda a versão do Reino de Peach, esse não é diferente, pois tem trilhões de bichos espalhados por aí. Em toda a área do castelo, existe quadros com a cara dos chefes para você derrota-los (novamente) e ganhar estrelas, que existem mais de 100 nesse reino, sendo a metade você consegue pegar com a Toadette que dá a você por algumas daquelas missões ridículas de coletar tantas luas ou de possuir tantos bichos. 120 (lembre-se, apenas 70 são necessário para passar)
 
A face do lado negro da lua.
Lado Negro Esse é o ultimo mapa do jogo, nele tem uma boss rush com os coelhos, mais a coelhona gorda. Ainda você pode tentar encontrar mais outras luas, mas essas nem valem a pena. Depois de passar pela tortura de batalhar com os coelhos, Mario vai ter que subir todo o prédio principal de Metro Kingdom para pegar a última lua. 26 (O jogo acabou, saia daí e vá jogar outro jogo)

BichosEditar

Pela primeira vez na história nos jogos de Super Mario, Bowser agora não só sequestra a Peach para ter uma noite de puros pecados, mas para ter uma noite de núpcias, digno de filme pornô brasileiro. Assim como essa bela história e pelos vários mundos temáticos que Mario passa para acabar com essa bosta toda, os bichos trazidos do cu do Bowser também tem uma grande importância para a trama do jogo. Shigueru Miyamoto trabalhou tanto criando inimigos para combater Mario que acabou se empolgando e esqueceu de criar uma história decente, é por isso que hoje existem mais bichos tentando matar Mario do que pokémons.

Agora veja os obstáculos vivos que você terá que pular em cima para matar:

VeteranosEditar

NovosEditar

ChefesEditar