Abrir menu principal

Desciclopédia β

Tame Impala

Indiemo.jpg Let's see any iranian film?

Este é um artigo INDIE!

E se acha culto.

Undersk.jpg
Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Tame Impala
AT 1f1b9a3h6i9g1.jpg
Vou nem zoar eles
Origem Perth
País Austrália
Período 2007 - atualmente
Gênero(s) Indie, gay Rock Psicodélico
Gravadora(s) {{{gravadora}}}
Integrante(s) Kevin Peter Parker
Gay Watson
Júlio Barba Galo
Dom Simpres
Caim Árvere
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}

Cquote1.png É uma banda super cool, clean, despojada. Cquote2.png
Indie sobre Tame Impala.
Cquote1.png Quanto menos eu souber, melhor... Cquote2.png
Kevin Parker sobre Tame Impala.
Cquote1.png Parece que eu só dou a ré! Cquote2.png
A banda sobre música sobre a sexualidade do vocalista.

Tame Impala é uma banda gay, colorida e que faz música estranha, inspirada nos Beatles e em outras coisas feitas apenas à base de muita maconha. Os discos representam fases cornas da vida da mente pensante da banda, o tal do Kevin Parker, sempre com batidas estranhas e instrumentos colocados de modo a te fazer dormir. Possuem 2 sucessos, Parece que eu só dou a ré e Quanto menos eu comer, melhor, apesar de serem sucessos no mundo indie e ignorado pelo resto da humanidade, que às vezes escuta música boa e não essas merdas.

Índice

HistóriaEditar

Tudo começou quando Parker e Dom tinham 10 anos e começaram a sentir desejo sexual um pelo outro, e começaram a fazer o famoso troca - troca. Quando tinham 13 anos, decidiram começar uma banda após conhecerem, além das coisas gays, a maconha e os instrumentos musicais. Depois, quando fizeram 21, os outros foram chamados pra uma orgia, mas também gostavam de música e ali surgiu o Tame Impala. Depois, um empresário drogado escutou as demos deles e assim os Impalas assinaram com uma gravadora.

Primeiras apresentaçõesEditar

O costume de Tame Impala, como macumbeiros e provenientes da Austrália, era tocarem descalços no palco, sem pedal nem nada, apenas tocando suas flautas de bambu, ou guitarras e cantando sem responsabilidade nenhuma. Como o vocalista, Parker, é hippie, tenta sempre estar estranho, etéreo e central, seguindo a linha Florence + The Machine.

Faz-Tudo Kevin ParkerEditar

Como todos — ninguém sabe, já que ninguém liga pra porra dessa banda — sabem, a única pessoa que trabalha na banda é o Parker, que canta, toca bateria, baixo, guitarra, teclado, punheta, lata de lixo, barriga de grávida e representa, compõe, brinca, faz mènage, desenha e cuida de cangurus nas horas vagas. No primeiro EP da banda, intitulado Tame Impala, Parker tocou a porra toda no estúdio, escreveu todas as letras e ainda desenhou a capa do disco, o que significa: Kevin Parker é um mito.

DiscografiaEditar

Nenhum disco deles tem um nome decente.

Fala pra dentroEditar

O primeiro álbum de estúdio dos Impalas, que tem umas músicas esquisitas e foi aclamado pela crítica justamente por isso. Faixas do disco:

  • Não é assim, porra
  • Maconha vem, tequila vai
  • Alter ego
  • Luz city
  • Vai parar de viadagem?
  • Punheta cansa
  • Tempestade do Jeremias
  • Queria te comer
  • Rápido arqueiro do tempo
  • Corre, casa, favela, ICloud
  • Tô pouco me fedendo
  • Ilha andando

LonerismoEditar

O disco que veio depois daquele.

  • Bi em cima de mim
  • Brinquedo na porta
  • Previsão
  • Mente, Mischief
  • Música pra ouvir cagando
  • Fala comigo, porra
  • Parece que eu só dou a ré
  • Continuo deitado
  • Elefante
  • Ela acha que eu tô de caô
  • ...
  • Sol comendo

As contasEditar

Apesar do incrível sucesso de parece que eu só dou a ré, os Impalas gastaram tudo com drogas, bebidas e mais drogas, já que nenhum deles gosta de mulher, e Parker pensou em ir para uma favela da África do Sul junto com seu pai para viver com menos custos. Depois disso, a banda tentou se transformar numa banda de pagode para faturar e pagar suas dívidas, mas não adiantou. Então, lançaram mais um disco de merda e seguiram a vida.

  • Deixa acontecer naturalmente
  • Mangas
  • O momento da pobreza
  • Sim, estou falindo
  • Talvez
  • Gossip girl
  • Quanto menos eu souber, melhor
  • Vida de rico
  • Apóstolos
  • Porque eu sou um pobre
  • Mexendo de verdade
  • Dinheiro/Paranóia
  • Novo disco, a mesma velja merda