Abrir menu principal

Desciclopédia β

Tanque

Somebody set up us the bomb!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Exploding-head.gif
Ele não gosta de ser contrariado...

Cquote1.png Você quis dizer: Pia? Cquote2.png
Google sobre Tanque
Cquote1.png Experimente também: Canhão Cquote2.png
Sugestão do Google para Tanque
Cquote1.png Pro tanque! Cquote2.png
Sua mãe sobre máquina de lavar no trambiqueiro conserto.
Cquote1.png Juro que não vi... Cquote2.png
Tanque e seu condutor ao esmagar dez na parada gay.
Cquote1.png Um tanque não foi feito para esmagar frutinhas! Cquote2.png
Conselheiro Black sobre citação acima.

Tanque é algo que comporta alguma coisa. Os tanques de guerra por exemplo, substituem os canhões que acabam por virar coisas bonitas, deixando assim, de ser canhões. Não é por ser um recipiente que ele pode ser, por exemplo, o mesmo que caixa d'água, contudo, alguns tanques servem para lavar as roupas imundas ou levar a água das roupas imundas pelo ralo. Nesse caso seria apenas tanque d'água, esse tendo uma espécie de esfregadeira...

Ele anda roda...Editar

 
Até tanque tem dessas...

Uma vantagem que os tanques de guerra têm sobre o de lavar roupas é que eles andam, já que tem uma rolagem que os leva para onde forem conduzidos... Tá, chamemos o tanque também de automóvel. Ele pode ser a versão terrestre dos submarinos de guerra e tem a vantagem de não confundir e matar os golfinhos desavisados. Largando a emice por hora, os tanques fazem bem mais estragos que qualquer outro tipo de carro com suas rolagens, fodendo tudo bem mais do que o normal, não só com as artilharias, mas também com alguns bichinhos que morrem apaixonados por tanta ferocidade e poder.

Nenhum bicho, mesmo as feras, deia de sair correndo ao ver um tanque, não por não usarem roupa, mas porque os tanques de guerra assustam mais que os demais veículos mesmo, sem qualquer jeito. Barriga de tanquinho se refere às esfregadeiras dos tanques que têm em qualquer casa (exceto as dos ricos), mas deveria mesmo era se referir aos tanques de artilharia, já que são blindados e fortes. Além do mais, o emprego de lavadeira está em desuso, as pessoas só usam o tanque para jogar a água da máquina... Aliás, a água da máquina cai sozinha pelo cano até o tanque...

A maldadeEditar

 
Era inevitável... mas, quem não deixa escapar de vez em quando?
 
Os primeiros tanques deram origem às cafeteiras e ferros de passar roupa.

Uma grande malvadeza que por sinal já ocorreu mais de uma vez nas agruras da história, é passar por cima de uma pessoa com um tanque: nem o próprio tanque tem culpa, quem o conduzia sim é que sabe de onde veio.

Os tanques são mais velozes do que os canhões porque esses últimos foram projetados apenas para disparar, por isso, rodam pouco, próximo do nada se não empurrar com força, mas algumas vezes até rodam bastante, já que sempre pode ter algum desesperado que queira pagar. Os canhões também não levam pessoas dentro dele, exceto no circo.

Quando um tanque sai atrás de algo, não queira estar por perto. Se estiver, torça para não ter um psicopata o guiando, ou vai ser mais um caso para as arguras (agora escrevi certo?) da história. Se acontecer, pode saber que seu caixão não precisará mais que uns dez centímetros de altura, será uma bandejinha de carne moída.

Os tanques não são nervosos à toa, mas ficam quietinhos até que alguém os lembre de que eles têm que ficar ligados a um canhão, e olha que nem estou de machismo para com as gurias desprovidas de atributos. O fato é que tão somente quem está guiando o tanque de guerra o lembre de que tem um canhão sobre a blindagem que quer porque quer disparar, e o soldado que estiver no comando também capta esse sentimento. Se não tiver munição, há o perigo de sair atoprelando e triturando tudo.

Ver também, de longeEditar

 
Agora sim: COOOOORRAAAA!!