Abrir menu principal

Desciclopédia β

Tataco

Leaotarado.jpg ANIMAAAAAAAL!!!

Este artigo trata de algum animal, ou alguém que pareça um animal, ou alguém com nome de animal, ou alguma bosta que te faz se sentir um animal, ou ainda um ANIMAL. Não cheire gatinhos!



Cquote1.png Ih, ih, ih, ih! Cuidado com o Tataco, que o Tataco vem aí... Cquote2.png
Coral e banda do Ratinho sobre a mãozona estranha.


Tataco nos tempos de garanhão, quando sua mão agarrava coisa boa.

Tataco é uma mãozona de gorila gigantesca, tipo King Kong que surge no Programa do Ratinho sempre que vai alguém aberrante fazer alguma apresentação ainda mais aberrante. Atualmente, esse quadro tem o singelo nome de "Vem Quem Quer".

CaracterísticasEditar

O braço é um braço peludão, estilo Tony Ramos gorila mesmo (com pelos pretos), e a mão vai preparada já com os dedos curvados, para que os mesmos puxem a pessoa que está agredindo o público com alguma bizarrice. A mão é de um primata, digamos, inferior mesmo, não possui polegar opositor e é bem grosseira na palma, quase uma pata, não deixando de ser uma mão (um mamão não, uma mão). Quando essa mãozona puxa, não costuma ligar pra aparência da pessoa, pega o que for, isso também faz bem pra quem está muito acalorado(a) mas por algum motivo, não seja há algum tempo pego(a) por ninguém. Nesse caso, podem se sentir a musa loira do King Kong (ui).

Não se sabe quem foi que inventou isso de Tataco, mas, ao menos quem criou teve muito bom senso, já que tem horas em que não é mais possível aturar algum sem noção ou lesado que apareça por lá, ainda que o quadro seja humorístico, mas até humor tem limite. Isso por sinal a maioria dos humoristas não sabe que existe. Quem vai lá se apresentar ao menos sabendo (ou não) é obrigado a entrar na sistema do limite, pelo grande Tataco. Não se sabe também quem batizou com esse nome.

Donk SongEditar

 
Tataco, já meio véio pensando em aceitar participar do programa.

Junto com o Tataco tocam uma musiquinha bem simples mas que diz o que precisa: Ih, ih, ih, ih! Cuidado com o Tataco, que o Tataco vem aí! entoada por aquela bandinha e coral do Programa do Ratinho, que lembra o sexteto do Jô Soares, mas sem a parte vocal (de certa forma ainda bem que não tem o vocal). Esse quadro é bem melhor do que exame de DNA por exemplo, porque ao menos se o número não for bem nem tiver graça nenhuma, ao menos sabe-se que o primata mais racional por ali vai surgir com sua mão quase à imagem e semelhança de Deus, e vai tomar a divina providência.

 
Tataco treinando para aconselhar quem for puxado.

Aquela mão não é sintética, claro, o único King Kong que existe é o Goku, o Vegeta, e seus filhos, que se transformam caso ninguém corte seus rabos. Resumindo essa papagaiada só para citar um anime/mangá que eu gosto, não existe um gorila ou qualquer outro primata daquele tamanhão, mas o Tataco foi inspirado em um gorila real que era o dono da quebrada em seu bando, melhor que o conhecido clã do orangotango. Esse gorila que inspirou o Tataco era o fodão, fortão que conseguia todas as fêmeas e mantinha ordem no bando, não deixava ninguém sair da linha, e, quando um gorila fazia algo sem noção, o Tataco verdadeiro puxava ele pro canto com sua mão de providência divina e conversava ao modo dos gorilas claro, ou mesmo dava uma ajuntada, uma intimada, ou mesmo umas porradas... tudo dependia do caso em questão.

No Programa do Ratinho, a mão inspirada nesse gorila não puxa ninguém para dar umas porradas, muito menos quem a maneja, se não acredita, vá lá com sua cara de mongo e faça essas bobeiras que você faz para os seus pais, irmãos, primos, colegas, amigos, vizinhos... é, essas bobeiras mesmo. Daí você vai descobrir se não acontece nada além de ser puxado... mas pode até ser que depois de puxar eles forneçam um companheiro, nesse caso você até sai no lucro.

Ver tambémEditar