Abrir menu principal

Desciclopédia β

Telepatia

Telepatia é somente um embuste científico. Acreditar nisso é igual crer em fonte da juventude, poço dos desejos ou na inocência de Lula..
Clique aqui e veja outras enganações!
Um telepata. Ou não...


Telepatia é um bagulho de parapsicologia que seria similar a conseguir captar pensamentos, desejos, impulsos e vontades de outras pessoas sem elas exprimirem nada, usando unicamente a força do seu próprio pensamento. Essa habilidade então seria por exemplo capaz de dizer onde caralhos está alguém, onde você deixou um determinado objeto que foi perdido e em que você gastou sua grana sem avisar a ninguém (logo, respectivamente pelo dito anteriormente, seu chefe, sua mãe e sua mulher são telepatas à nível profissional).

HistóriaEditar

Fenômenos telepáticos aparentemente veem desde Inri Cristo em sua primeira passagem pela Terra. Ele vivia dizendo o que os outros estavam pensando ou respondendo do nada sem ninguém ter dito absolutamente nada ainda (tá na Bíblia, procura lá o cheat code do sujeito). Diferente da adivinhação e outros métodos similares (que é pura sorte), da dedução e indução (puramente forçação pra ver se acerta), da mediunidade (que usa espíritos fofoqueiros) e da necromancia (que é com a ajuda de zumbis fofoqueiros), a telepatia é simplesmente algo que nasce com a pessoa, e ela pode desenvolver com o tempo. Vide os X-Men e outras equipes mutantes da Marvel Comics, que têm uns 5 telepatas por equipe por pura falta de criatividade dos escritores ou com medo de ter criatividade idiota demais da conta...

 
Chico Xavier, o mestre telepata brasileiro.

Então ao longo do início do século XIX uns seres psicóticos de uma tal Society for Psychical Research (Sociedade de Pesquisa de Psicopatas) começaram a ir a fundo nas pesquisas de fenômenos doidos que acontecem sempre quando as pessoas estão sob efeito de dorgas. Assim em 1882 o chefe desses doidos, Fredric W. H. Myers, criou o termo pra definir os casos de pessoas que sabra dios conseguiam descobrir tintin por tintin o que passava na mente de alguém só em olhar pra pessoa. Ele percebeu esse conceito após observar que ele mesmo sempre descobria de antemão só em olhar pra cara feia de seus companheiros de sociedade qual deles ia peidar e sempre escapava fedend... ops, sem feder na verdade.

Com o passar dos anos começaram a tentar desvendar essas técnicas. Seria a glândula pineal a responsável por isso? Outros começaram a criar teorias como a mutação humana, aquele negócio de intuição feminina, intuição materna, ou simplesmente pura cagada mesmo (afinal em muitos dos casos não era necessário muito esforço pra desvendar o que alguém tá pensando, pois se eu tô num bar tomando todas e mais algumas e minha mulher chega com uma cara maior do que o planeta Terra, eu já sei que fodeu Bahia sem precisar de poder telepático - ou será que o etanol quem me deu essa habilidade de repente? Ô LOCO!!!)

Até alguns físicos começaram a viajar na maionese e colocaram tudo isso na conta da física quântica, afirmando que fenômenos como o princípio da incerteza, o embaraço quântico e a tua sogra saber só em olhar pra tua cara que você não vale porra nenhuma eram visivelmente reais, mas fugiam dos conceitos da física clássica, sendo entretanto pura telepatia. Sendo assim, há quem afirme que realmente é possível ser um telepata. É só você treinar muito.

Como tornar-se um telepataEditar

Se você não nasceu um ou teoricamente não manifesta suas habilidades prescientes, aí vão umas dicas:

  1. Pratique espiritismo ou quaisquer outras formas de macumbaria;
  2. Use LSD (mas de leve). Maconha também pode servir, mas vai feder muito, não recomendamos. Álcool teoricamente serve, mas dá uma ressaca da porra depois...
  3. Comece a fixar sua mente, seus pensamentos em uma pessoa do sexo feminino (se você for homem ou sapatão, se for mulher ou viadão serve pensar num homem - se bem que mulher gosta é de dinheiro, então pensar em homem não vai funcionar...);
  4. Se você imaginou ele/a pelado, não funcionou (a não ser que seja alguém feio, aí funcionou sim, pra sua desgraça), mas se imaginou ele com outra pessoa, funcionou perfeitamente - já que com você ele/a não ficaria nem se você mostrasse seus poderes fantásticos...

Ver tambémEditar