Abrir menu principal

Desciclopédia β

Vetores.jpg Este artigo é relacionado à física.

Típico teorista

Teoria física é o nome dado para as teorias relativas à física, ou seja, são teorias cujas principais teorias são inerentes ao estudo da física. Teoria física também pode ser uma teoria sobre educação física, mas esta não tem tanta graça. Sabe-se que as teorias físicas são mentiras tão bem argumentadas que meio milhão de bobos cientistas acreditam seriamente nestas histórias. Uma dessas mentiras bem formuladas é a Teoria da Terra Redonda, que abusa do ridículo ao afirmar que o amado planeta Terra, chato que nem o topo da cabeça de um cearense, seja redondo que nem uma pokebola. Essa Teoria da Terra Redonda é facilmente destruída com a existência do metro quadrado, para medir a superfície dos terrenos. Se a Terra fosse redonda, a medida utilizada deveria ser o metro redondo, ora pois.

Índice

RealizaçãoEditar

 
Pensamento de um físico

Para criar uma teoria física de respeito, é necessário que o criador tenha em mente que, qualquer coisa que ele disser, poderá e será usado contra ele no tribunal. Para uma teoria bem planejada, o idealizador deve ser doido, naturalmente ou artificialmente. Se a pessoa não nascer com o dom da loucura, é de suma importância a utilização de artífices. Nunca abusar dos artífices, senão, ao invés de físico teorista, a pessoa se transformará em músico decadente e hippie. A ideia da teoria deve ser inovadora, tais como a criação de um narrador de futebol que não é chato ou a criação de um universo paralelo embrionário esquizofrênico genético com dimensão teleguiada na terceira dimensão, mas, logicamente, a primeira opção é muito mais útil no dia-a-dia. Para realizar a teoria, o criador deve projetar primeiro esta teoria, um pequeno escopo para o grande projeto nuclear que deverá surgir. Este é o primeiro passo, que inicia todos os demais passos. Quando o teorista cria o esboço, significa que o primeiro passo está pronto, faltando fazer apenas os 99,99% restantes da teoria.

Formulação do projetoEditar

 
Resultado de um projeto físico

Quando o futuro cientista prêmio nobel de física já tem em mente o grandioso projeto científico, o primeiro passo já é alcançado e um novo passo é inserido - o passo do elefantinho da formulação, adaptação, inserção, criação, estabilização e outros ções. É o passo mais difícil e longo, e provavelmente o que necessita de mais alucinações micológicas para o desenvolvimento. O teorista deve se imaginar dentro de sua teoria para poder anotar no seu caderno as fórmulas necessárias para provar a outros físicos que sua teoria é realmente fisiológica e capaz de ser ensinada para outros futuros teoristas, que aprenderão a teoria e haverão de criar suas próprias teorias físicas, prologando o ciclo das teorias físicas até a eternidade. O processo cíclico de teorias físicas daria um bom prêmio nobel de física para quem quiser ter um prêmio de física em seu currículo. Para alcançar o objetivo do projeto, o teorista deve se concentrar única e exclusivamente na sua teoria, logo, o teorista deve ser um grande vagabundo. O teorista precisará fazer vários cálculos para a criação das fórmulas. Mesmo que a teoria expressada seja a teoria do cachorro quente, muitos cálculos serão necessários. E você me pergunta como fazer esses cálculos utilizando um cachorro quente? É muito simples. Pegue a salsicha (no bom sentido, embora, pegar na salsicha não tenha um bom sentido) e calcule o peso da mesma. Depois pegue o pão e calcule o peso deste. Some os dois, divida pelo quadrado da hipotenusa da soma dos quadrados quadriláteros equacionais da sétima potência, some o resultado com a divisão de 42+7+666+1+23+24+111+69+3+Girafa+12+qualquer outra coisa e depois coloque tudo no papel. Feito isto, você estará pronto para entrar no próximo passo.

Transformação do projetoEditar

 
Um teorista fracassado

Agora, com todo o projeto terminado e todos os cálculos prontos, o passo a surgir é o penúltimo e principal passo, que é chamado de passo da transformação. Neste passo, o teorista transforma cálculos comuns em armas atômicas ou salsichas verdes. Para fazer a transformações de cálculos em matéria física, o provável ganhador do prêmio nobel deverá pegar uma calculadora quântica e um moedor de carne. Os resultados conseguidos com os cálculos deverão ser calculados na calculadora quântica, que deverá transformar esses dados numéricos em dados dolabelas de 6 faces. Com esses dados transformados, o teorista deverá extrair a raiz da razão numérica utilizando o moedor. Extraindo tudo e transformando em matéria física pronta para ser moldada, o passo de transformação é concluído com êxito para seguir ao próximo e decisivo passo.

Provando o projetoEditar

 
Um teorista de sucesso

Com todos os 3 passos de produção terminados, o passo a seguir serve apenas para concluir toda a teoria. O quarto passo é o último e decisivo passo, sendo também o passo final e que concluirá tudo. Sem falar que o quarto passo é o passo que encerrará tudo. Para provar a teoria, o teorista deverá colocar em prática as aulas de logística e administração e tentar vender seu peixe melhor que os outros teoristas. O teorista deverá explicar porque o seu projeto é melhor do que os outros. Se fosse uma teoria do cachorro-quente, o teorista deveria explicar o porquê de sua salsicha ser melhor que as outras salsichas. Para conseguir provar a teoria da salsicha, o teorista deveria fazer demonstrações para os cientistas da bancada. Na suposta teoria da salsicha, os cientistas deverão analisar todas as salsichas presentes e dar o parecer final, premiando o teorista caso sua salsicha realmente seja melhor. Por ser o passo decisivo, o quarto passo é o último passo. Este passo representa 1% de 1% dos 100% teoria total, e deve gastar mais ou menos 5 minutos, mas esses poucos minutos poderão valer um grande prêmio ou uma nova teoria no lixo. O quarto passo é o passo final e deverá ser o passo conclusivo. Se tudo der certo, o teorista deverá ganhar um novo prêmio científico, ou no máximo um cachorro quente.

Grandes teoriasEditar

 
Buraco criado por uma lata de nescau

Teoria da lata de NescauEditar

Teoria proposta por alguém muito desocupado que explica a formação de um portal no universo utilizando uma lata de nescau.

A teoriaEditar

Para criar um portal no espaço, basta utilizar uma lata de Nescau vazia, mas tampada. Quando estiver no espaço, a pessoa deve mexer bastante a lata, e depois abrir. O vácuo dentro da lata irá criar um buraco-de-minhoca. A pessoa poderá entrar nesse buraco e se perder no espaço. Esta teoria nunca foi provada, mas também ninguém teve coragem de ir até o espaço abrir a lata.

Teoria da energia salsísticaEditar

Teoria proposta para solucionar o problema energético do mundo.

A teoriaEditar

Uma salsicha contém muita energia em seu interior. Se a salsicha pudesse ser descarregada, a energia produzida por casa salsicha seria equivalente a 30 baterias de carroça. A teoria da energia salsística tem como base a Força da Salsicha.

Teoria da radiação fotográficaEditar

 
Nível de radiação extremo

Polêmica teoria anunciada na Rede TV!, a rede de TV que mais cresce no Brasil.

A teoriaEditar

Uma teoria muito verdadeira (Foi o que o TV Fama e o Leitura Dinâmica disseram) que exclama que as fotografias possuem um alto nível de radiação. Cada foto que a pessoa tira joga 1 mg de urânio no sangue da própria. Fotógrafos correm sério risco de morte. Esta teoria nunca foi provada, mas como foi a Rede TV! que disse, só pode ser verdade.

Ver tambémEditar